Márvio dos Anjos: “Perseguir o líder é pensar jogo a jogo, e não técnico a técnico”

Há quem me acuse de ter uma condenável simpatia pelo Corinthians de Fábio Carille, esse relógio suíço extremamente adiantado em relação a Grêmio, Santos e Flamengo. Com o empate do Grêmio no Morumbi, a vantagem corintiana sobre o segundo lugar subiu de seis para oito pontos, o que não é exatamente uma novidade no Brasileiro: já o vimos mais longe.

E isto fala um pouco do imenso peso psicológico que o Corinthians joga sobre os seus rivais. Quando empatou seguidamente com Atlético-PR (2 a 2) e Avaí (0 a 0), alguns pensaram que o Brasileiro voltaria a ter uma disputa franca pelo título. Bastou uma rodada em que o Corinthians voltasse a ganhar (do Flu, no Rio, por 1 a 0), que o Grêmio, marcado para atuar no dia seguinte e premido pela necessidade do resultado, não continuou sua sequência de vitórias e empatou com o São Paulo em 1 a 1.

Imagine-se jogador do Grêmio prestes a entrar em campo na noite de segunda-feira, no Morumbi. Seu time precisa vencer, erros podem ser fatais e, mesmo que vença, não há uma recompensa imediata: encurtar a vantagem será um trabalho para a próxima rodada. “Mas qual é a próxima rodada?”, você pergunta a um colega. Corinthians x Fla (em quarto) e Grêmio x Santos (em terceiro). Nossa, o Santos? Melhor evitar um cartão amarelo ou uma expulsão, você pensa, porque o Santos tem crescido na disputa e deve vir forte. Afinal, você se esforça para crer, o Flamengo pode ter alguma chance de vencer o líder.

Fica exemplificada aí a diferença entre pensar jogo a jogo, o mantra de Carille, e pensar em chances de campeonato, que é o que move Grêmio, Santos e ainda o Flamengo. Os corintianos se dedicam à partida que têm à frente, enquanto os rivais lidam com a obrigação de não falhar, com ansiedades e com projeções. Se não se comprometerem logo com a estratégia mental de vencer jogo a jogo e viver no presente, serão devorados pela vantagem corintiana, que se abre e fecha como um tubarão de Spielberg.

Sem essa fortaleza psicológica, perseguir o Corinthians será sempre uma tarefa extenuante, principalmente quando se joga depois dele. Relembremo-nos: há três rodadas, o Corinthians jogou sozinho no sábado, empatando à noite com o Atlético-PR. No dia seguinte, o Grêmio entrou motivado contra a Ponte, tomou o gol no início, mas virou para 3 a 1.

Na rodada seguinte, uma quarta, o Grêmio visitou o Vitória às 19h30, antes do Corinthians, que enfrentava o Avaí na Ressacada às 21h – um peso a menos para o time de Renato Portaluppi. Os gaúchos só precisariam pensar no líder depois, secando-o, e assim construíram uma vitória fácil no Barradão, por 3 a 1. Teria o Corinthians, incomodado com seu próprio empate em Curitiba e com a vitória do vice-líder, jogado sob dupla pressão contra o modesto Avaí? Difícil dizer, mas o empate em 0 a 0 faz pensar nisso.

E aí chegamos à situação da rodada passada, algo que vai se repetir no próximo domingo: Corinthians e Flamengo se enfrentam às 16h do domingo, e esse resultado estará ecoando no vestiário do Grêmio e moendo os ânimos dos mais ansiosos, antes do embate com o Santos, às 19h.

Isso acontecerá até o fim do turno, porque:

– na 18a. rodada, na quarta, o Atlético-MG x Corinthians começa às 21h, enquanto Atlético-GO x Grêmio larga no intervalo, às 21h45;

– na 19a rodada, no sábado, o Corinthians recebe o Sport, enquanto o Grêmio enfrenta o Galo no domingo.

DEMISSÃO É SOLUÇÃO?

A situação exposta acima torna-se ainda mais esquizofrênica quando se fala de Flamengo e sua torcida que discute a ejeção de Zé Ricardo a cada rodada. No sábado, na Ilha, o time venceu sem brios o Coritiba, e enorme parcela da torcida pedia a cabeça do técnico em nome das chances de título.

O raciocínio é manco, primeiro porque cogita um hipotético messias que o mercado não tem. Os que falam no colombiano Reinaldo Rueda se esquecem de que o técnico deixou o Nacional de Medellín neste ano para cuidar de dores na coluna, que tornavam suas viagens uma agonia. Não há qualquer nome que encha os olhos: os melhores estão empregados, opções como Roger Machado soam a tiros no escuro, e muitos desempregados de agora, como Oswaldo de Oliveira, já foram demitidos pela atual gestão.

Segundo, porque trocar técnico seria um “projeto de título” que, dadas as probabilidades atuais, tem tudo para ser admitido como fracasso ao fim do campeonato. Não é realista, quando se está a 12 pontos de um time invicto, e o mais provável é que o hipotético messias seja sacado em dezembro.

Realista é pensar que, mesmo com seus muitos defeitos, Zé Ricardo ainda não deixou o G4 desde que entrou nele. Por seu volume de investimentos, o Flamengo precisa estar na Libertadores no ano que vem. Se, ao fim da temporada, o conjunto for insatisfatório, sem salto de desempenho nem títulos, aí cabe chegar a um nome para 2018. Trocar agora será ansiedade ao cubo, e um risco que pode inflamar feito gasolina.

 

Veja também

  • Alguem reamente acredita que se trocarmos de treinador chegaremos pior do que o quarto lugar?

    Alguem realmente acredita que seremos campeões com o ZR?

    • Não meu amigo.
      Pessoas como esse cara que escreveu o texto, são tão medrosas que já não conseguem enxergar que o Flamengo só chegou onde está por causa do talento individual de alguns jogadores acima da média que o time tem.
      O Zé não tem nada a ver com as boas atuações que o time só faz de vez em quando.
      Aceitar a permanência do Zé é o mesmo que obrigar esses jogadores acima da média a salvarem o time, já que o Zé não contribui de nenhuma forma.
      Nós não temos técnico.
      Será que todos só vão perceber isso quando o ano estiver perdido ?

    • Eu não digo que acredito, mas pode ter certeza que muitos responderiam que sim. O meu sentimento é que eu só não tenho a convicção de vocês de que o técnico só prejudica e que se ele sair o time não piorará com outro técnico.

      • Eu agora sou contra trocar de tecnico, queria no começo do ano e depois queria muito após o vexame da libertadores, mas duvido muito que esse time chegasse em menos do que quarto no Br17, independente de treinador.

        E embora torça muito, não acredito em sermos campeões brasileiros com ele.

  • Todo mundo fala que o ZR tem totais condições de levar o Fla a frente. Que totais condições?! O cara nunca teve um segundo de paz para colocar o que ele acha que é certo, ele mantém o MA, pq dá certo, o cara cobre bem a zaga. Ele não tem tranquilidade para testar o Rômulo pq se perder, a gritaria volta. Ele mantém o time que deu certo (basicamente, a proposta do Muricy) porque se ele mudar, ajustar e perder, a cabeça dele volta a ser pedida. Mesmo ganhando (as 4 vitórias consecutivas), a cabeça do cara era pedida. Para mudar, é preciso tempo, pros jogadores se adaptarem, não dá pra sair do 4231 pro 4141 em um jogo, vai levar meses para consolidar a proposta (eu particularmente prefiro o 4141, com dois meias e dois alas). Pensem nisso, é impossível fazer um bom trabalho, ser arrojado, se uma derrota tira seu emprego e, acredito eu, ele quer continuar empregado. No final das contas, acho que mesmo ele ganhando uma Libertadores e goleando o Barça na final do mundial, vão pedir a cabeça dele pq ganhou com o MA em campo.

    • Se ele nao tivesse sido eliminado na libertadores ele teria paz.

      Sabe quando vai ver um treinador no Flamengo com paz?

      Quando ele tiver 8 pontos na frente do segundo colocado. Pressao nao e desculpa.

  • Pelo visto o colunista defende que o Flamengo caia na real, assuma que o titulo ta perdido e lute para ficar no G-4. Não parece absurdo, e nem seria um fracasso total. Mas a galera que ainda acredita numa arrancada prefere correr riscos com a troca de tecnico. Só depende do time e do proprio ZR, se não tiver resultado, será que ele vai querer continuar?

    • não. Ele defende que o Fla pense apenas nos seus jogos, no próximo, para ser mais específico e esqueça a distância pro Líder, que pressiona demais o time. O líder vai oscilar e se os jogadores tiverem calma e não pensarem que cada gol tomado é o apocalipse, a chance de dar certo aumenta. Vê o desespero de Santos, Gremio e Fla quando tomam gol, isso é fruto da pressão que eles se colocaram, por achar que tá tudo perdido.

    • Na minha opinião, todo o projeto deveria se focar em estar entre os 4 para garantir a vaga na Libertadores. À partir da 30a. rodada, é que deveria ser feita uma análise da situação do time: se estiver na liderança ou ao menos encostado no líder, a disputa pelo título se torna obrigatória; se estiver entre os 4 (mas distante do líder), manter a colocação e pensar na possibilidade de conquistar outro título (Copa Brasil ou Sulamericana). E por aí, vai… &;-D

      • Boa opinião, pode dar certo! Vamos torcer pra ganhar os 2 proximos jogos, ai fica mais facil avaliar. Precisa ter metas claras e não iludir a torcida. E se não atingir as metas…

  • Sou a favor de manter o ze até o fim do ano.
    E iniciar contatos com Reinaldo Rueda, para que o mesmo estude o futebol brasileiro e a língua.

    • Quanto a manutenção do estagiário eu já estou até concordando também, pois acho que numa eventual troca agora o tiro pode sair pela culatra (sempre defendi que a troca deveria ter ocorrido há pelo menos uns 45 dias).
      Agora, minha preferência pro ano que vem seria o Abel, pois acho que um estrangeiro leva muito mais tempo para adaptar-se.

      • Abelão tá mandando bem no Flu, faz 7 jogos que não sabe o que é vencer, mesmo com um bom time.

        • Observe que neste período ele perdeu jogadores importantes de um time formado quase que exclusivamente por jogadores da base.
          São parâmetros diferentes de comparação (em relação ao estagiário).
          Apenas o acho mais conhecedor dos clubes do Rio e todas as suas nuances, isto poderia encurtar um novo período de adaptação.

      • Por isso o contato com o mesmo deve ser feito agora, para ele estudar o futebol brasileiro, o carioca vai ser pra isso!

        • Com este tempo todo seria o ideal. Mas vi alguma reportagem, que ele tinha parado para tratar de um problema na coluna.
          Não sei se a diretoria já projeta um novo técnico com toda essa antecedência, até porque se o estagiário conquistar algum dos títulos ainda em disputa, não sei se o EBM fará a alteração mesmo assim.

    • O Portaluppi parece que tá doido pra dirigir o Flamengo. Pode vir a ser uma boa ano que vem.

      • Sim, temos que ver a campanha dele esse ano, pois o mesmo so foi um técnico razoável

  • Sabemos que o ze é cabeça dura, sabemos também que o Flamengo é um time no primeiro tempo e outro no segundo, sabemos que infelizmente o ze não tem aquela visão diferenciada de um treinador bom tem do tipo fazer alterações no segundo tempo e o time jogar um grande jogo. Mas sinceramente temos que confiar no cara é não adianta vaiar é xingar porque o cara é inexperiente, única coisa que podemos fazer é torcer e muito pra esse cara ver os erros dele, não é possível que ninguém da gavea tenha comentado isso com ele, não é possível que o Bandeira de Mello tenha colocado não tenha feito algo, quem tem que fazer são os jogadores, muitos deles falam que confiam no ze e quando são substituídos por ele reclamam, acho que o time em si precisa fechar de verdade com o treinador e executar o que ele pede, existe comissão técnica pra expor os erros e acertos dos jogadores pra fazer aquela mexida na hora H e o time vencer.
    Conclusão
    O trem só funciona se tiver maquinistas, mas se o maquinista estiver apto e o trem estiver ruim no freio ou a corrente elétrica estiver com mal contato, o que o maquinista poderá fazer nessas circunstâncias.
    Acho que o time precisa fechar com ele e nós fazermos o nosso papel que é apoiar e também cobrar porque ninguém é perfeito.
    Palpite
    Fla 1×1 Santos
    Fla 1×0 nas galinhas preta, nos gambás fedoretos.
    VAMOS FLAMENGO VAMOS SER CAMPEÃO

    SRN

  • Bom dia
    Senhor Marvio.
    Falar ou comentar sobre futebol esta claro no nosso dia a dia.Qd notamos que mais e mais os empresarios esta ditando as regras no nosso futebol mediano e sem planejamento.
    Acho e Achei injusto e escroto as demissoes de:
    Mancine da chape
    Antonio carlos do inter
    E do Roger do atletico mg pelo micale(tinha que ser outro).
    Agora sobre o Ze aprendiz falei e comentei desde o ano passado na qual tenho um grupo pequeno no zap e fiz uma enquete entre outubro e novembro pra o ze sair e nao renovar ou virar assistente.Na epoca venceu pra ele ficar.Mais nao por mim e esta ai a prova por mais um erro do EBM e sua diretoria amadora no futebol.
    Agora so em 2018 novos ares.
    #forazeaprendiz

    • Erro do EBM? Erro seria não reconhecer o bom trabalho feito pelo Zé no ano anterior, erro seria não contratar tantos jogadores bons com as oportunidades de mercado que surgiram. Erro maior, é a torcida aplaudir o Diego depois de jogar 2 pontos fora com aquele pênalti, começar a vaiar o Márcio Araújo e pedir a saída do Zé. Parece que sempre tivemos o retrospecto de um Barcelona, e a torcida está impaciente como se estivéssemos na zona de rebaixamento. Com todos os seus defeitos que são muitos, o Zé tem números muito bons.

      • Entao vamos la…
        1-Erro e erros no plural sim do EBM ou vc acha que ele e algum DEUS OU MITO pra nao cometer erros sem necessidade.Posso relatar varios(nao confunda gerir alguns topicos na area de financas com planejamento e entendimento sobre futebol ok).2-Sobre o ze desde o ano passado que o time poderia e deveria mais alem(mais se vc ficou feliz com a 3 colocacao e nao ao menos com a 2 que no final perdeu para o santos e a grana tb e nd foi cobrado tenho certeza por essa diretoria ok ne parabens pra vc.Ate pq o nivel do futebol podia e devia ir mais alem se nao fosse varios empates bobos como ja acontece esse ano ja com 7 empates desse tecnico fraco e retranqueiro).3-Ja que comentou sobre diego tem que ser cobrado sim ate pq senhor sao 650 mil por mes em dia.Vaiar ate que nao porem aplaudir por um penalt perdido eu jamais faria ok.4-Sobre numeros do aprendiz de tecnico eu quero e titulo ate pq nao sou matematico.Resumo pelo jeito vc ta bem feliz.Respeito seu comformismo ok.

        • Não é conformismo, só acho que estamos exigentes demais pra um time que há 4 anos atrás, tínhamos certeza de que brigaríamos pra não cair. Não acho nenhum absurdo empatar com o Palmeiras num jogo que poderíamos sair vencedores se não tivéssemos desperdiçado a chance no pênalti perdido. Todo mundo erra, e não tenho a menor dúvida disso. Porque com o EBM seria diferente? Porque com o Zé seria diferente? Não acho que o Bandeira precise entender de futebol não, acho que ele tem que contratar os melhores para o clube, como vem fazendo com toda sua equipe. Futebol não é ciência exata, não basta contratar os melhores. As coisas tem que encaixar e pra isso leva tempo. São várias contratações no meio da temporada, é difícil chegar e arrebentar. O ER por exemplo vinha abaixo do que pode render, mas tenho certeza que vai dar retorno com um pouco mais de paciência. Também quero os títulos e não estou feliz com a saída da libertadores, mas isso já aconteceu trocentas vezes e não lembro da torcida tão revoltada. Minha infelicidade é relacionada a resultados ruins do meu time, e não às escolhas que o presidente, técnico ou qualquer outro faz. Torço pelo Flamengo independente de quem comanda o clube, veste o manto sagrado ou dirige o time! Estamos no G4 e na briga pelo título de 4 competições.

          • Boa tarde
            Pela sua resposta e suas palavras nao da para dialogar e tentar conversar com torcedores mto fanaticos e lunatucos e clubistas ao extremo.
            Por isso que o time esta assim
            Mtos comformistas. E mtos iludidos.
            Boa sorte pra vc aqui na coluna.
            Quem viu zico e cia jogar nao se contenta com pouco e nem com salarios altissimos e pouca bola.
            Tipo
            Mancu fraco
            Berrio fraco
            Donatti ufa gracias ja foi
            Cuellar regular
            Trauco nd demais
            Guerreiro pelo que ganha custo beneficio da mto pouco ao clube.
            So nao quero acreditar que vao mais uma vez cometer mais um absurdo pagar 1.450.000,00 pra renovar com ele.
            Isso existe???????
            Putz.
            SRN

          • Parabéns pela paciência meu amigo.
            Eu não consigo ser tão educado assim com gente acomodada que se contenta com qualquer coisa.
            O que mais me irrita nesse tipo de gente é que não importa o quanto o time esteja mal e o quão óbvios sejam os culpados pelo mal futebol que o time apresenta, eles sempre vão lembrar que nós temos que ser tão medíocres quanto eles pelo fato de que à alguns anos o time brigava pra não cair.
            É deplorável discutir com pessoas assim.
            Como diz o nosso presidente:
            “Dá vontade de desistir”.

          • Boa noite
            Sou o rei da paciencia rs.
            Porem cada dia mais e mais tenho comentado pouco aqui pra nao me stressar rs.Veremos como o time vai se comportar amanha e contra o curintias e santos de novo pelo brasileiro.
            SRN

          • Kkkkk
            A minha vontade de comentar aqui também diminui a cada dia que passa.
            Meus últimos comentários estão me mandando de cansaço.
            Tirar a mediocridade da cabeça das pessoas… Definitivamente eu não nasci pra isso.
            Que Zico esteja conosco nos próximos dois jogos, porque sem técnico e apresentando um futebol muito abaixo da expectativa, só mesmo um milagre para que nós possamos sair com um resultado positivo de ambos.
            SRN

          • O levir que mtos ainda sem nocao critica…ele em 30 dias no santos ja fez o santos jogar mais do que o ze em 14 meses putz.
            Nao sei se vc gosta.
            Mais eu gosto do vagner mancine.
            Que por sinal que demissao escrota essa da chape ate hj nao entendi.
            Outra demissao escrota do zago do inter putz.
            SRN

  • Não creio nesse fator psicológico preocupando Flamengo e Grêmio, Flamengo não consegue jogar bem nem pensando no jogo atual, imagina se pensar no próximo.

    • Kkkkkkkk
      Cara Você é como um barco de inteligência e humor, em meio à um oceano de burrice é mediocridade.

  • É decepcionante ver um elenco tão qualificado não decolar.

Comentários não são permitidos.