Eduardo Bandeira de Mello nega clima hostil com Botafogo

O Flamengo disputa o primeiro jogo da final da Copa do Brasil no feriado de 7 de setembro, mas o presidente já pensa no Clássico contra o Botafogo, 3 dias depois, no domingo (10).

Em participação no programa Seleção SporTV, os dois presidentes se encontraram e negaram qualquer tipo de clima hostil entre os dois. Bandeira de Mello fez questão de deixar claro que a rivalidade entre os clubes é só dentro das quatro linhas.

Hostilidade pessoal nem pensar! Ninguém poderia sequer admitir que haja esse tipo de coisa entre o presidente Carlos Eduardo e o presidente do Flamengo, mas acho que mais do que isso, eu sempre defendi que os clubes são adversários dentro de campo, mas devem ser aliados em vários aspectos fora de campo e tem interesses comuns, responsabilidades comuns. As torcidas, por exemplo, que de vez em quando, se é que a gente pode chamar de torcida, mas desordeiros de parte a parte que se enfrentam, muitas vezes podem ser levados por frases mal colocadas, às vezes”, disse o presidente rubro-negro.

Carlos Eduardo Pereira, presidente do Botafogo, também negou qualquer tipo de relação negativa entre os dois clubes.

Quero mais uma vez frisar o que eu tenho dito em outras ocasiões no sentido de que o fato de termos, eu e o Eduardo, opiniões institucionais distintas, em momento nenhum isso significa que existe uma hostilidade pessoal. Isso é muito importante frisar e que não passa por nenhum de nós no sentido de que alguém vá admitir qualquer tipo de violência e que nossas intervenções tem sido no sentido de que o futebol seja de paz e harmonia e que os estádios sejam os locais onde famílias se reúnem“, disse Carlos Eduardo Pereira.

Veja também

  • Esse presidente do botinha é muito sínico…ele vetou o Engenhão ao Flamengo pelo caso Arão sacaneando o Fla, vive de mimimi contra o Flamengo, se aliou à FERJ contra o Flamengo…BM meu velho abre teu olho. NENHUM CLUBE DO RJ É AMIGO DO FLA…falo da rivalidade e do clubismo. Isso é fato. Claro que eu apoio o convívio respeitoso institucional e só.
    Quem começou com essa merdinha toda foi o CEP, que ficou putinho do Fla ter dado o chapéu nele no caso Arão, ai começou o choro e as intriguinhas. O lance é esse…oi, bom dia, boa tarde e até. Ponto final.

  • Bandeira está certo em negar que o Mengo como instituição seja rival do foguinho fora de campo. Mas o presidente deste tem insistido sim, numa tática duvidosa e arriscada de alçar o seu clube a posição de antagonista do principal Clube do país. Embora, continuo achando que a prática de violência entre certos “torcedores” dos dois times não guarde qualquer relação com as atitudes equivocadas do chefe do botafogo.

  • Presidente com todo o respeito, o único aliado do Flamengo é a torcida.

    A rivalidade tinha que ficar dentro de campo, mas esses mesmos dirigentes insistem em leva-la para fora.

    • Perfeito.

    • de fato!
      o presida do botinha tem sid infatil e pessoal

    • E infelizmente, esse aliado é o único que o senhor EBM insiste em desafiar o tempo todo.

Comentários não são permitidos.