Sou mulambo, com muito orgulho!

Nos dicionários, “mulambo” ou “molambo” remete a “pedaço de pano, geralmente velho e em mau estado” ou a “pessoa suja ou mal arrumada.”

Os torcedores de times adversários, em pueril tentativa de nos aborrecer ou de demonstrar vão preconceito, unem-se para chamar-nos de “mulambos” ou de “mulambada”.

Porém, a palavra, de origem africana, que poderia soar pejorativa, foi acolhida orgulhosamente pela Nação, pois define, de vários modos, a nossa alma rubro-negra.

Até porque, sempre que vestimos o Manto, quando invadimos as arquibancadas nos quatro cantos do Brasil, quando içamos uma bandeira vermelha e preta na janela de casa, quando vibramos, quando rangemos os dentes, nos crispamos ou vibramos na frente da televisão, não há espaço para fleuma ou impassibilidade.

Somos intensos, somos bagunçados, somos carismáticos, a emoção nos norteia, o time com raça nos incendeia, conseguimos amar, xingar, sorrir, odiar, confraternizar e abraçar, até estranhos e desdentados, tudo isso dentro de um único minuto.

Somos uma torcida diferente, uma massa chamada “Nação”. Na hora de torcer, focamos 100% no Flamengo, na vitória do Flamengo, sem preocupação de estarmos bem trajados (até porque basta o Manto), de não dar socos no ar ou de falarmos baixo para parecermos polidos. Não somos “mauricinhos” ou “patricinhas”, não poupamos jogadores que não se doam pelo nosso Clube e não fazemos tipo para ninguém.

Nossa torcida é branca, negra, amarela, brasileira, carioca, nordestina, colombiana e africana, rica e pobre, tem gente feia e gente bonita, gordos e magros, mas o certo é que, quando se junta em uma união de vozes apaixonadas, os mulambos formam a massa torcedora mais linda e temida do futebol mundial.

Quando o Mengão vibra em campo, faz gols importantes, promove frisson nas arquibancadas e conquista títulos, até os rubro-negros mais tímidos e abastados se tornam ensandecidos mulambos, com todas as descrições e qualificações inerentes a tal condição, felizes, soltos e ébrios como se estivessem na melhor das festas em uma favela.

É isso, amigos! Somos mulambos, somos autênticos, temos a alma toda pintada de preto e vermelho, muita gente humilde compartilha nossa paixão, temos muito orgulho disso e, torcendo com tanta intensidade, nas alegrias e na tristeza, ainda empurraremos o Mengão para mais jornadas gloriosas. O mundo voltará a ser nosso! Uma vez Flamengo, sempre Flamengo!

Cláudio Sampaio

Veja também

  • Todo mundo mais ou menos estudado sabe o significado. Os únicos que não sabiam e ainda se sentem orgulhosos são os mulambos.

  • massa!!!!!!

    o video do junior capacete em resposta ao neto cuzão tambem ficou legal.

  • ????????????

  • Não aguento esses textos… Clichê! Muita gente se enquadra como mulambo, humilde, mas na hora H fica só no texto…

  • Perfeita síntese do q é ser mulambo…sou mulambo sou da massa sou mengão com muito orgulho porra…

Comentários não são permitidos.