Vice de marketing traça metas pra 2018 e diz: “Não estou fazendo política”

Em uma manifestação pouco vista entre dirigentes de clubes de futebol, o vice-presidente de marketing, Daniel Orlean, surpreendeu a todos ao revelar através de sua conta oficial no Twitter, as metas dentro da sua pasta para o ano que vem.

O dirigente enumerou o que chamou de “metas centrais”: Corrigir distorções do ST, Aprimorar o atendimento, Viabilizar a volta do torcedor popular e Off-rio.

O post já conta com bastante interação da torcida. Em seguida, o vice-presidente se manifestou novamente:

Ainn.. Você não deveria expor os problemas”. Dane-se. Não tô fazendo política. Minha missão é melhorar, sempre“, disse em outro post.

O post com as metas não deixou de ser uma auto-critica. A iniciativa foi elogiada por alguns e criticadas por outros que consideraram a manifestação com objetivo político, o que foi negado por Daniel.

Confira os posts:

Veja também

  • Parabéns

  • Se já percebeu os erros, é um avanço. Mas demorou então pra abaixar o preço dos ingressos. Vai esperar 2018? Tem todo o segundo turno do brasileiro.

  • O Daniel Orlean foi o responsável pelo maior contrato de patrocínio do futebol brasileiro ainda assim é um cara que não se acha.
    Postura de quem mostra que respeita a instituição e sua torcida, é um dos dirigentes que dá para confiar, tomara que em 2018 ele corrija os erros do programa Sócio Torcedor e a falta de público nos estádios.

  • Bom gestor! Mas em relação seu trabalho com o ST precisa melhorar e muito.

  • MKT nem precisa justificar, excelente trabalho o q preocupa é a pasta de futebol

  • Nao acho politica… mas se foi, dane-se mesmo !! Daniel sera execelente presidente, esta mais que preparado p assumir os 2 proximos trienios (2019-20-21 & 2022-23-24). Com mais 1 ano de Bandeira e mais 6 anos do Daniel, Flamengo nao tera adversarios no hemisferio sul, sera soberado dentro e fora de campo… quem viver vera !!

    • Acho que ele não será candidato a presidente, tem apenas um ano na gestão do Fla.
      Acho que será o Wrobel, que também é um excelente nome

      • Também acho que o melhor nome seja o Wrobel, mas qualquer um dos vice presidentes atuais seriam bons candidatos, assim como alguns que eram da chapa azul original.

        • Não sendo Wallim e Bap, pra mim tudo certo

          • São exatamente esses dois que eu tenho o pé atrás. Podem até ser competentes, mas mostram estar mais preocupados consigo mesmo que com o Flamengo.

          • Tenho os mesmos receios, acho o Orlean mais competente que o BAP em marketing, e ele nunca foi arrogante como o Bap.

          • O Póvoa faz muita falta no Flamengo, levou os esportes olímpicos a um outro nível, o basquete foi campeão mundial com ele.
            E o Tostes que era um monstro na parte financeira.

          • Bap tá na Sky e acho que não larga por enquanto. Já o Simpson……rs

          • Ele sempre esteve na Sky, ele é o presidente la

      • Tens razao Junior, tem o Wrobel mesmo… Entao 6 anos de Wrobel + 6 anos de Daniel… desse jeito em mais 13 anos abrimos filial na Lua… kkkk vida longa aos Blues !!!

  • Esse daí é dos bons, nem precisa se justificar.

  • Publicar

  • Independente de qualquer coisa, foram belas palavras. E espero que sejam cumpridas

  • Efeito MCP!

    • Será?

      • Com certeza!

  • o flamengo tem que colocar na cabeça que não se pode jogar para um publico abaixo de 20 mil, sei que a ilha cabe 21 mil mas o flamengo não pode jogar para publico de 4,5 ou 6 mil pessoas e vergonhoso, tem que melhorar e muito o ST e o preço dos ingressos.

  • Esse Rodrigo Caetano pensa que o Flamengo é que nem o Vasco, ele foi um dos principais responsáveis pelo Flamengo ser eliminado da Libertadores na primeira fase, isso as diretorias passadas faziam também, só que em 2010 pelo menos foi nas quartas, e esse ano mesmo que fosse na semi demonstraria que ele montou um elenco quase forte só com alguns ajustes para fazer e ganhar em 2018, entretanto, montou um elenco mediano com poucos craques contratados, e quase sem os craques da base no time titular já consolidado, sem a pré-temporada no frio já que abLibertadores maior parte é no frio e o Fla tem que ae adaptar, para não sentie os efeitos, é parecido com ar rarefeito na altitude, o RJ é quente, muitos jogadores não estão acostumados à jogar no frio e tem desempenho baixo em jogos fora de casa, isso devia ser bem planejado, falo isso porque sem a pressão, pois quem deve dirigir o Fla deve sentir a pressão das exigências mas deve saber buscar lidar com isso com calma e refletir bem, buscar corrigir os erros, vê o que aconteceu de errado e anotar para acertar e tomar a melho decisão, por isso falo os fatos e realidade para buacar melhorar e a diretoria e torcida refletir, no entanto isso tudo parecido não igual que nem a diretoria da Patricia Amorim montou em 2012, e sem consolidar algum craque da base no ano de 2016 para 2017, e o Fla ainda pode ganhar o C.Brasileiro desse ano, perdeu e empatou vários clássicos no primeiro turno ao invés de golear, no segundo tem que golear, se o Fla não for campeão tem que demitir o R.Caetano, pois parece que não sabe montar elenco forte. Futebol é resultado mas também jogar bonito, futebol arte, ter alegria de jogar, ter um time forte em todos os setores ou praticamente todos, mas no Fla parece não ter volantes, laterais, um artilheiro e sem zagueiro rápido há anos e isso deve ser corrigido logo, parece que a diretoria não percebe isso porque deve sentir ainda a pressão, tem que mudar a postura para vencedor, pensar em vencer de goleada não importa o adversário… Se impor!

    • Cara… o que falta e MUITO no FLA é SIM acertar as coisas no FUTEBOL
      Mas se a cada ano REFORÇAR MAIS E MELHOR A EQUIPE…

    • Ele entrou em campo? Foi ele q cedeu escanteio com uma bola dominada?foi ele q com a bola dominada perdeu cedendo espaço para o cruzamento q resultou no fatídico segundo gol? A tá…desculpa aí..

    • ER, DA, Berrio
      Giovanio e Romulo (n vingaram)

      Saldo positivo de contratação

      • Coloca Rodolpho aí também, acho que ele vi se destacar.

    • acho que a questão mais é cobrança mesmo e não elenco, os jogadores não se sentem pressionados, obrigados a ganhar, tão tudo morno, se perder não tem problema, falta peças na comissão técnica para pilhar esses jogadores mimados. temos um plantel que talvez só se equipara com o do Palmeiras, times com elenco inferior como santos, botafogo e grêmio ainda estão na liberta.

Comentários não são permitidos.