Lincoln ou Adriano? Joia da base tem aproveitamento melhor na Seleção

Lincoln tem apenas 17 anos e começa a escrever sua história no futebol. Convocado para a Copa do Mundo sub-17, tem brilhado na competição. Já marcou três gols em três jogos, se transformando no principal jogador da equipe.

O desempenho do centroavante flamenguista leva a comparar com outra joia rubro-negra que impressionou o mundo: Adriano.

O Imperador, em 1999, disputou o mesmo torneio que Lincoln, 18 anos depois, está brilhando. Na ocasião, chamado apenas de Adriano e vestindo a camisa 18, a então promessa não brilhou. Começou o torneio como reserva. A disputa era acirrada. Os titulares eram Souza “Caveirão” e Léo Macaé. Nas primeiras partidas, contra Austrália e Mali, nem saiu do banco. Contra a Alemanha, última partida da fase de grupos, ganhou oportunidade aos 40 minutos do segundo tempo, também não marcando.

No mata-mata, entrou aos 24 minutos do segundo tempo contra o Paraguai, também saindo em branco. Na semifinal (contra Gana) e final (contra a Austrália), Adriano foi titular. Terminou a competição como campeão, mas sem balançar as redes.

Na atual edição, Lincoln tem um aproveitamento muito superior ao do Imperador. Camisa 9, responsável pelos gols, vem correspondendo às expectativas. Contra Espanha, Coréia do Norte e Níger, foi fundamental, marcando gols importantes, que resultaram em três vitórias da seleção brasileira.

Depois de vencer o Mundial, em 1999, Adriano despontou para o mundo, conquistando a alcunha de Imperador, pelo desempenho assombroso com a camisa da Internazionale de Milão. Caminho que Lincoln, uma década depois, procura fazer.

“Eu quero continuar trabalhando duro, forte, sempre mais. Para poder um dia me tornar um jogador de nível mundial”, afirmou o camisa 9.

Considerado diferenciado desde categorias menores, Lincoln é motivo de muita atenção no Mais Querido. Tanto que, no final de 2016, a diretoria conseguir renovar o contrato do atleta, aumentando a multa rescisória para R$100 milhões.


Veja mais:


Ainda é cedo para saber se Lincoln irá superar Adriano. Mas, em um dos poucos atributos que dá para fazer esta comparação, a atual joia vem goleando o Imperador.

Veja também

  • Lincoln tem que ser vendido logo. Antes que os lixos da nossa torcida comecem a queimar ele como estão fazendo com o vizeu, fizeram com o Adriano em 2001, e outros incontáveis exemplos. Torcida do Flamengo, queimando a base desde 1991, deveria estar escrito no ninho ao invés de craque a gente faz em casa.

  • Lamento mas, se o Lincoln virar um atacante artilheiro, ele infelizmente não ficará no Brasil, todos sabem disso, então quanto mais gols ele fizer na seleção Sub 17, menos tempo ele ficará na Gávea, triste mas é realidade.

  • Não pode aparecer uma promessa que já começam a criar espectativas. Não consigo entender como comparam um garoto de 17 anos com o Adriano, se esse moleque não tiver personalidade para encarar a pressão está ferrado. Quando esse garoto chegar no profissional já vai chegar com status de craque sem ter feito nada.

    • Futebol é feito de comparação meu amigo… se ele se tornar fizeram uma boa avaliação….se não se tornar é pq não conseguiu se desenvolver como esperava….acontece!!
      Linconl é execelente….e ele não tem 17 anos como a matéria diz…tem apenas 16….faz 17 no final de Dezembro!!

  • Como ñ crescer o flamento tem os garotos e ñ dar oportunidade fica contratando jogadores caro q rescebem e ñ dar o lucruo o retorno. Neymar no santos era titular vinicius jr ja seria mas ñ aproveita. Se o real for esperto paga um diferencial e chega a um acordo e leva logo pq ai vai ficar perdido. Os garotos joga 1 jogo e ñ se entrosa banco pro resto da vida. Matheus savio seria um futuro 10 desde a libertadores nada mas so banco vinicius ate tem uma oportunidade de vez enquanto leo duarte é ou era bom zagueiro mas ñ teve chance e o linco se destaca mas volta e banco. Se tira uns cinco titular e dar vaga pros moleques vam fazer muito mas vai dar show. Mas o flamengo de hoje é isto compra nomes pra vender produltos pq futebol ñ tem nada é um futebol q o jogador badalado ñ vai bem mas ñ tem corage de tira e coloca um outro ele permanesse nem q perde e quando faz as troca é pelos os mesmo reservas como o erverto ribeiro por berrio e berrio por erverto ribeiro ñ ver o resto do elenco grande cheio de perça e nada futebol. O cruzeiro era briga na parte baixo e fla la encima e veja hoje é vergonhosa a campanha 2017. Ta mas facil ze leva o vasco pra libertadores de que o fla ir. Ñ vejo o treinador capaz de fazer mudanças futebol do ze dentro campo era melhor toque de bola hoje fla desesperado sem trabalhar a nola so no lançamento. Hohe pode ate ganga mas ñ diminui o vexame.

    • Neymar demorou um ano pra se firmar como titular.

  • Os empresários já estão loucos para vendê-lo…

  • Queria saber quem detém os 20% do passe do Lincoln que não pertence ao Flamengo.

Comentários não são permitidos.