Fãs de escolinha do Flamengo em Barranquila falam sobre ídolos rubro-negros

Enquanto o Mais Querido treinava no Estádio Metropolitano, com portões fechados, diversos garotos e pais, vestidos de rubro-negro, estavam na porta do hotel em que a delegação está hospedada, esperando os jogadores. Todos os pequenos torcedores, mesmo nascidos em Barranquilla, acreditam fielmente que o Mengão voltará ao Rio com a vaga na final.

Os garotos e uma garota, de idades diversas, são alunos da escolinha de futebol que leva o nome do Flamengo em Barranquilla. E, mesmo tão novos e distantes do Brasil, conhecem bastante o elenco rubro-negro.

E quando foram perguntados sobre o ídolo rubro-negro que eles mais adoram, o vencedor, sem sombra de dúvidas, foi Diego – até à frente do volante Cuéllar, que é de Barranquilla. Os pequenos torcedores rubro-negros também são fãs de Vinicius Jr. e Juan, além de conhecerem a história e falarem diversas vezes de Zico.

Técnico e fundador da escolinha de futebol para crianças, Leonardo Aley, de 44 anos, explica de onde surgiu a paixão pelo Flamengo:

– Surgiu quando eu era pequeno, quando meu pai me levou ao estádio pela primeira vez. Foi um jogo do Junior com o Flamengo, pela Libertadores de 84. Aí criei um carinho pelo futebol brasileiro e pelo Flamengo. Virei torcedor do Flamengo. Por isso, minha escola se chama Clube Deportivo Flamengo Aley. Lembro que o Flamengo ganhou, na equipe tinha Tita, Mozer, Junior, Toninho Cerezo. Basicamente a base da seleção brasileira de 82 – explicou.

Depois de esperarem tanto tempo e ansiosamente, os meninos foram todos premiados com fotos de seus ídolos, Diego, Cuéllar e Vinicius Jr. Os três desceram do ônibus depois do treino e foram até a torcida na porta do hotel.

Veja também

    • kkkkkkk, dá um descontinho pro velho, passaram-se mais de 30 anos.

    • Ele não jogou no fla naum….

Comentários não são permitidos.