Não é incomum: relembre outras brigas entre companheiros de equipe

Neste domingo, Vizeu e Rhodolfo protagonizaram uma cena curiosa que é comentada nas redes sociais e nos programas esportivos. Os dois jogadores do Flamengo se estranharam após um lance de perigo do Corinthians e o zagueiro chegou a atingir o atacante com um soco e uma cabeçada.

No lance seguinte, Vizeu marcou o gol e comemorou fazendo um gesto obsceno para Rhodolfo, que depois disso falou para outros companheiros: “eu vou quebrar esse moleque”. Os ânimos se acalmaram no vestiário e tudo foi resolvido.

É uma situação inusitada, mas não é incomum. Por isso, fizemos uma lista de outros casos de companheiros de equipe brigando entre si.

Romário x Andrei

Na época de Fluminense, Romário se irritou com um erro do zagueiro Andrei e atravessou o campo para dar um tapa na cara do jogador.

Obina x Maurício

Em 2009, os dois jogadores do Palmeiras trocaram socos entre si na saída para o intervalo. O episódio culminou na demissão dos dois do clube.

Muller x Robben

Durante uma partida do Bayern de Munique, em 2011, o holandês agrediu o alemão com um soco.

https://www.youtube.com/watch?v=ogw8IkX9nF4

Renato Gaúcho x Djalminha

Outro caso no Flamengo. O rubro-negro vencia o Fluminense por 2×0, levou a virada com um jogador a mais e, após um lance de bola aérea, Djalminha e Renato Gaúcho quase saíram no tapa.

Vilson x Marciel

Os jogadores do Corinthians se estranharam durante um treino após disputarem a bola de maneira mais firme. Vilson deu um soco na cara do jovem Marciel. Pouco tempo depois, ele pediu desculpa.

Veja também

  • Faltou algumas outras pelejas aí. Teve uma recentemente com os jogadores do Inter.

  • Teve no Flamengo tb,acho que Léo Moura e um zagueiro,ruim que só.

    • Fabiano Eller e Ibson inclusive foram expulsos nesse jogo por conta do lance

      • Fase negra do Flamengo, vá de retro.

Comentários não são permitidos.