Com risco de invasões, polícia prepara esquema de segurança no Maracanã

Os jogadores e torcedores argentinos do Independiente que desembarcarem no Rio devem sentir a pressão nas ruas e nos hotéis desde esta terça-feira (12) até a hora do jogo, às 21h45, quarta-feira, no Maracanã.

A hostilidade com que a torcida e delegação do Flamengo foram tratados na Argentina alertou a necessidade de precaução para o segundo jogo. O esquema de segurança já está definido no Maraca para limitar o encontro de torcidas. Segundo o Grupamento Especial de Policiamento em Estádios, o Gepe, os visitantes ficarão bloqueados e torcedores sem ingressos não poderão passar do local de isolamento determinado.

“O setor visitante vai ter o bloqueio, para não deixar quem não tem ingresso se aproximar. A torcida do Flamengo não vai poder transitar”, explicou o major Silvio Luis, comandante do Gepe.

Ainda está sendo analisado se serão isolados os acessos aos setores do Flamengo com o fechamento de ruas. O Estado Maior definirá até hoje o efetivo de policiais do entorno. A preocupação maior é a concentração de torcedores fora do estádio que não conseguiram ingressos. A carga destinada aos argentinos foi de quatro mil bilhetes e eles ainda tinham esperança do aumento de ingressos para os visitantes, porém, não vai acontecer.

De acordo com o comandante do Gepe, o torcedor argentino que quiser transitar nos setores do Flamengo vai correr risco. Além disso, sabe-se que o nível um do setor de visitantes ficará fechado para maior controle no interior. O esquema será semelhante ao da final da Copa do Brasil, e há temor de nova tentativa de invasões.

Fonte: O Globo

Veja também

  • Ou seja,terá um clarão na arquibancada,…
    Alguma informação sobre mosaico??

  • Isola mesmo. Lugar de baderneiro é na “gaiola”. Eles trataram muito mal a gente lá, nos expondo a riscos, não se importaram com ninguém…que eles sintam medo mesmo, foda-se. Tem que organizar foguetório, barulho e que não se abra o Maracanã para eles treinarem. vamos parar de ser otários e dar de bonzinho. Agora não pode ficar todo preocupadinho com eles, e se os mal-educados quiserem criar caso, pau neles e cadeia. Simples. E no campo é meter o ferro e não entrar na provocação deles. Jogando bola o Fla ganha. A NAÇÃO TEM QUE GRITAR ALTO E INTIMIDAR ESSES BABACAS. Sem violência claro, mas tem que se impor. SOU MAIS MENGÃO.

    • Tem que provocar dizendo que as Malvinas são da Argentina.

      • São ?????

        • Ops Inglaterra hahahahahahahahahaahh

  • O ônibus com a delegação Argentina, deveria entrar no portão próximo ao Museu do Índio e fazer eles caminharem até o acesso dos vestiários, que fica próximo a UERJ, para irem sentindo a pressão logo na chegada!!!! Vai pra cima deles Mengão!!!!

  • a melhor coisa seria a torcida argentina entrar com 2 horas de antecedencia…Poderia ter essa regra pra todos visitantes de qualquer jogo… acho que evitaria muita confusão … e os que não conseguiram ingresso que assistem o jogo em um clube, sei la, compete ao time visitante estipular um local para que os gringos pudesse assistir o jogo la fora

  • Uma coisa fique clara , dentro de campo não teve catimba , agressão , ofensa… os caras jogaram bola e o Flamengo não jogou nada mais uma vez.

  • contratações “possíveis” pra temporada:
    zeca, 23 anos, santos – LD/LE
    dodô, 25 anos, sampdoria – LE
    pablo, 26 anos, livre – ZAG
    gil, 30 anos, shandong – ZAG
    miranda, 33 anos, inter de milão – ZAG

    mas antes disso vamos reforçar o elenco com as recisões de contrato ou negociar esses amebas

    • Gil e Miranda são difíceis para vir. Pablo poderia ser contratado desde que ele e seu empresário peçam menos dinheiro.

      Quanto aos laterais são bons nomes. Entre eles adicionaria Gabriel Silva, lateral do Saint Etienne.

  • Bota os argentinos numa redoma de vidro!
    La eles não fizeram isso com os flamenguistas, depredaram ônibus, agressão a membros da diretoria, ofensas racistas.
    Eles aqui vão ver o quê é terreno hostil e pelo que vi nas redes sociais não vai terminar bem a noite!
    Que tenhamos um belo jogo com o Flamengo campeão e sem violência e so festa!

  • Violência, NÃO!!! Pressão, SIM. Se queremos um time GIGANTE, vamos nos comportar com torcedores de um time GIGANTE.

  • Por medida de segurança, acho que deveria parar os ônibus vindos da Argentina e liberar apenas após os 20 minutos do 1° tempo assim a torcida do Fla já estaria toda acomodada e não teria confronto.

Comentários não são permitidos.