Bandeira fala sobre uso das categorias de base: “Está no nosso DNA”

A base rubro-negra foi campeã da Copa São Paulo de Futebol Jr., a principal competição da categoria. Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, falou aos repórteres sobre os Garotos do Ninho e destacou o investimento feito.

Não existe nada mais importante do que cuidar da base, principalmente no Flamengo. A base está no nosso DNA. Na nossa gestão, ainda tive que aturar gente falando que base era perda de tempo e de dinheiro. Isso é uma heresia, uma grande besteira. O investimento na base se faz agora para colher os frutos em alguns anos. A fase de colheita está só começando. A base vai muitas alegrias pra gente -, disse o mandatário.


VEJA MAIS:


O dever está mais do que cumprido. Para muitos jornalistas, o Flamengo era o menos favorito para levar o título e, para alguns torcedores, a grande meta era revelar nomes para compor o elenco, como é o caso de Pepê, Jean Lucas, Vitor Gabriel, Wendel e outros que se destacaram.

Veja também

  • Agora é colocar a molecada para jogar no time principal.
    SRN!

  • Parabéns à nossa diretoria pelo investimento na nossa base

  • O trabalho da base está sendo muito bem-feito pelos playboys. Mas, para quê? Para exportação, somente usando o Flamengo como vitrine? O que resta saber é se eles vão seguir vendendo todo mundo e, assim, continuarem a desonrar nossas tradições. O que adianta ter bons pratas da casa se os caras contratam perebas para forçá-los goela a baixo da Nação, pô???

  • Agora tratem de deixar de conversa mole e cumprir a promessa de utilizar mais os garotos, porque passamos 4 anos vendo perebas atuarem com o manto e os garotos serem emprestados ou ficando no banco vendo Gabriel, Vaz, Márcio Araújo tendo um milhão de oportunidades.

    • Certíssimo. Um dos injustiçados é o Léo Duarte. Se considerar a atuação dele no último jogo e nos jogos em que entrou, é, no mínimo, questionável por quê foi preterido em favor de Rafael Vaz. Tem coisas que não dá pra entender. Aí vem esse pamonha desse Bandeira com esse discurso, mas na verdade não foi bem assim. A base quase nunca teve chance. Precisou vir um técnico estrangeiro para colocar garotos da base para jogar, porque os técnicos brasileiros bundões não o faziam. Exemplo disso foi o Zé Ruela que além de não utilizar jogador da base, tinha preferência por Márcio Araújo e Rafael Vaz, e ainda liberou o Cuellar para ser emprestado pro Vitória. É f0d@.

      • empresário, duvida?

  • Trabalho vem melhorando muito a cada ano!! A base tem um CT,está recebendo investimento,e além de formar jogadores,está também sendo inserido uma maneira de jogo intenso e coletivo desde o sub 15, que já vemos os garotos colocar em prática no profissional.

    • depois que terminarem o ct moderno dos profissas, o atual ficara para os moleques isso eu nunca imaginaria

  • No que se refere a aproveitar a base no profissional, é Piada isso, só pode! Jorge só foi utilizado porque armero e Anderson pico foram uma lástima. Vinícius Jr. Só está sendo utilizado porque foi vendido. Ronaldo, nem se fala… Vizeu era a terceira opção até bem pouco tempo é só terá oportunidade porque o guerrero não pode jogar. Paquetá só jogou por falta de opção também. E o Léo Duarte? Preterido pelo Rafael Vaz… É sempre assim… Pou quando jogam, entram na fogueira. Com vários foram assim. Não foram bem aproveitados. Espero que não repitam os erros do passado A base tem que ter mais chances! Chega de contratar esses medalhões mercenários!

  • Quando se trabalha sério, com organização e honestidade, o resultado aparece. No profissional batemos na trave 2 vezes no ano passado, por pouco não vencemos. Mas o trabalho está sendo muito bem feito. SRN

Comentários não são permitidos.