‘Garotos do Ninho’ empolgam e Fla suspende busca por zagueiro

O Flamengo começou o ano atrás de zagueiro jovem e veloz no mercado. Alguns nomes foram especulados pela imprensa, até que o clube carioca oficializou proposta por Pablo, Campeão Brasileiro pelo Corinthians em 2017. Com tudo acertado com o atleta, o seu clube, Bordeaux-FRA, entrou em cena e melou o negócio. O Mais Querido voltou ao mercado em caráter de urgência, pelo menos era assim que a cúpula diretiva do clube enxergava a situação. Contudo, todos foram pegos de surpresa com o bom desempenho de Thuler e Léo Duarte, utilizados neste início de temporada.

Carpegiani gostou do que viu, e solicitou à diretoria que freassem a busca incessante por zagueiro. O Mengão conta com seis jogadores da posição em seu elenco principal, são eles: Juan, Revér, Rhodolfo, Rafael Vaz, Léo Duarte e Thuler.

Juan não deve participar de todos os jogos na temporada. A previsão é de que jogue apenas um jogo na semana e justamente as partidas dentro de casa. Assim, Réver formaria dupla também com Rhodolfo em um número de jogos razoáveis durante 2018. Rafael Vaz não faz parte dos planos, apesar de treinar normalmente com o restante do elenco. A diretoria já liberou o atleta para negociar com outras equipes. Léo duarte, no profissional desde 2016, animou a todos com suas boas atuações e ganhará maiores sequências até o final do Campeonato Carioca e também na primeira fase da Copa Libertadores. Enquanto Thuler, de apenas 18 anos, deve permanecer no elenco e ser utilizado conforme as oportunidades forem aparecendo.

Muitos nomes foram oferecidos à equipe rubro-negra, mas diretoria e comissão técnica conversaram e decidiram trazer apenas nomes que somem, incontestáveis. Assim, dando maiores oportunidades aos zagueiros da base. Inclusive, alguns jogadores oferecidos eram de jovens zagueiros, que foi prontamente recusado. Léo Duarte recebeu algumas propostas de clubes do exterior e da série A do Campeonato Brasileiro, mas o Fla recusou, por já ter em mente utiliza-lo com maior frequência este ano. Por enquanto, o zagueiro está aproveitando bem a oportunidade.

– Flamengo, pelo gigante que é, não pode ter o elenco fechado. Mas entendemos que temos atletas de boa qualidade em quase todas as posições. Estávamos em busca de mais um zagueiro. Mas os meninos foram bem, como é o caso do Léo Duarte – explicou o diretor-excecutivo, Rodrigo Caetano.

Para a Copa Libertadores da América, a lista de inscritos não deve contar com Rafael Vaz. Muito porque os garotos Thuler e Léo Duarte devem ser premiados com a inscrição na maior e mais importante competição Sul-Americana. O Fluminense sondou Rafael Vaz, contudo, o negócio não foi adiante. Pois, o Flamengo deseja que a negociação seja boa para ambas as partes: zagueiro e clube.

Além dos meninos já citados, a comissão técnica, monitora outros jovens da base para fazer parte do elenco principal. Os campeões da Copinha Patrick e Dantas estão no radar e já fizeram uma partida este ano pelos profisionais. Aos poucos, será solicitado para treinarem com os profissionais no Ninho do Urubu.

O Flamengo se prepara para o confronto deste domingo, em Brasília, contra o Nova Iguaçu, no Mané Garrincha. Carpegiani deve usar força máxima. Para a defesa, deve levar Réver, Juan e Rhodolfo. Os dois primeiros farão a estreia em 2018.

Veja também

  • Arruma um jeito de trazer Alan costa ele tem 27 anos e só não vai ficar no inter por causa do salario alto apertem o fla

  • Vlw Carpegiani, já ganhou meu respeito.

  • E as laterais? ?

  • Léo das Artes vai nos dar muita alegria

  • Tragam o caique SA de velocidade ou Apodi para mim o time do flamengo devia ser por enquanto César no gol uma linha de três com rever Juan e rhodolfo. Os alas kleber na direita do lado o volante jonas e o ala esquerdo Everton nas pontas vinicius junior e moreno meia Diego e na frente dourado sendo um. 3 4 3

  • Trás o Alan Costa do internacional é um zagueiro bom de boa estatura e de bom passe e tempo de bola se for para deixar os da base como quinto reserva .entrem nas redes sociais e o peçam ele no elenco zagueiro de 27 anos que pode assinar contrato longo o rever vai embora Rafael Vaz embora e Juan aposentar precionem a diretoria ate trazerem um reforço para a posição que é carente de um camisa 3

  • O melhor zagueiro do Flamengo, incluindo os medalhões é o Patrick.

    • E verdade

  • Se fosse pra trazer zagueiro teria que trazer pra ser titular, pra compor elenco, sou mais o LEO DUARTE, aposta no garoto vai que dá certo como Samir, LEO tem que jogar não só no carioca, mas em outras competições como Copa do Brasil e BR pra ir ganhando confiança, na libertadores é JUAN.

  • Zagueiro bom é aquele que faz o simples, joga sério e que tem noção de espaços. Nos jogos do Fla esse ano a zaga do Fla tem se destacado não por ter feito gols ou lamabacas. As vezes ela fica até de coadjuvante, como deve ser. Essa sim a melhor zaga. Aquela que é lembrada por não ter sido decisiva , seja pra o bem ou para o mal. O zagueiro tbm precisa de que o time tenha um bom sistema defensivo para render. Se o time tem, basta fazer o simples e não inventar , como o faz esse tal de Vaz perna de pau.

  • Se for mesmo apostar nos zagueiros da base que sejam colocados como titulares em jogos decisivos do Carioca.

  • Precisamos de zagueiro que seja titular, não adianta apostar nos garotos se essa aposta for deixar eles como quarta e quinta opções, isso não vai mudar o patamar do time titular que é o que o Flamengo precisa.

  • Ponto positivo pra o Carpegiane, não há sentido nenhum em ter mais de 3 zagueiros medalhões, já basta o que temos aqui.
    Agora esse Rhodolfo não me convence pra ter uma alta frequência de utilização, é comum, zagueiro que depende da sua estatura e só.

  • Ano passado nós sofremos um pouco pq nossos laterais e o Arão não marcavam,dai sobrecarregava a zaga. Temos bom zagueiros e os meninos estão bem demais. Negócio é procurar reforços para outros setores mesmo.

    • Continuamos com o mesmo problema esse ano (Arão e os laterais). Apenas no caso do Arão vejo outras alternativas dentro do próprio elenco.

  • Léo Duarte já está pronto e firme, joga sério e Thuler está amadurecendo mais rápido, o segredo de ganhar experiência e maturidade é jogando, Thuler já tem potencial para jogar qualquer partida, é um jovem zagueiro muito atento e bastante seguro, está no caminho certo.

    Essa decisão do Carpa vai trazer esperança e uma entrega maior dos garotos da base, eles agora podem realmente sonhar em jogar no profissional, pois é o objetivo de todo jogador de base de um clube, ser campeão tbm na equipe profissional e eles sabem muito bem q a cobrança, responsabilidade é maior!

  • Leo duarte contra o vasco foi muito bem, embora seja um time ruim é um time de serie A, acho que os garotos merecem mais espaco, ate porque esta sobrando bons zagueiros na nossa base.

  • Para trazer qualquer um é melhor ir com a base. O mercado não tem muitas opções em conta. O Palmeiras comprou o Juninho e o Luan do Vice, e os dois estão muito mal ainda…Vale a pena o investimento no Miranda depois da Copa, apesar da idade. Deve jogar fácil até os 36, 37 como o Juan, que está com 39…

  • Gostei muito das atualizações do zagueiro Thuler . Zagueiro jovem veloz e não tremeu na estréia do carioca.

  • Se destacaram enfrentando Volta Redonda, Cabofriense e Bangu, é isso ?
    Esse Caetano é um malandro, não tem competência para buscar zagueiros de qualidade no mercado, então coloca o peso nas costas dos moleques.
    A torcida como se ilude com quase tudo que vem da base, não o critica pela falta da contratação. Mas para frente se não der certo, resta ao “executivo” chorar a sua incompetência e buscar outras opções medíocres no meio do ano.

    • Pois é, mas como eles vão se destacar contra vasco, fluminense, atletico e etc se eles nunca jogam esses jogos? Tem que testar os garotos sim senão não faria sentido gastar 20 milhões com a base todo ano… Único que eu queria pro Fla agora é o lateral Zeca de resto usa a base

      • Uma coisa é testar os garotos e ir lançando aos poucos, outra é vê-los como certeza e colocar tudo nas costas deles se o pior acontecer, como aconteceu no ano passado no último jogo do brasileiro contra o Vitória, onde não podíamos contar com nenhum dos três medalhões, e o Rueda se viu obrigado a colocar o Léo Duarte e ressuscitar o Vaz, que supostamente tava machucado e deve sair esse ano. Se o Rafael Vazco já estivesse fora do Flamengo, teríamos que levar dois garotos pra um jogo decisivo, e poderia piorar se o Léo Duarte se lesionasse pela milionésima vez.

        Antes que alguém não entenda o que eu quero dizer: não, não quero o Rafael Vaz no Flamengo, mas acho sim que o Flamengo precisa de mais um zagueiro, os nossos titulares além de ser velhos e lentos, são vulneráveis a lesões, sendo que o melhor entre eles não aguenta jogar três partidas consecutivas, e os garotos até agora são incógnitas.

        • Leo Duarte ja tem 3 anos no profissional prefiro apostar nele do que gastar milhões no Pablo que há um ano ngm nem conhecia… Pra mim não há nesta janela opções viáveis que mudem a zaga de patamar

        • Se for pensar assim temos q contratar pra quase todas as posições do elenco, time tem dois zagueiros experientes titulares, e mais um experiente na reserva, se os 3 se machucarem é um azar tremendo, não tem condições de manter 4-5 zagueiros de nível titular no elenco

          • Só que diferentemente das outras posições, nossos zagueiros são quase todos bichados e se lesionam por qualquer dividida. Eu também acho que normalmente não precisaríamos de mais zagueiros, se pelo menos tivéssemos um bom zagueiro mais jovem que não se machucasse por qualquer coisa, mas entre os nossos 5 zagueiros (nem conto mais o Vaz), 4 têm canela de vidro, sendo que um deles não tem mais condições físicas para jogar três jogos em sequência, então ter pelo menos dois zagueiros fora de ação ao mesmo tempo não é nada improvável, sem contar que ainda existem outros fatores pra jogadores ficarem indisponíveis, como suspensões, junta isso tudo e já vai ter vários fatores tornando provável perder três desses zagueiros. Ano passado mesmo aconteceu justamente isso na reta final decisiva da temporada, e se o Vaz não estivesse ali e o Léo Duarte se machucasse sozinho de novo? Iríamos com o Rômulo na zaga?

    • E você acha que começam AONDE ????

      • Ta de brinks ?
        Volta Redonda e Bangu não são parâmetro algum.
        Eles começam enfrentando times pequenos. Mas o que isso tem a ver se eles estão preparados ou não ? Ou se pelo menos possuem qualidade ?

        • Nos treinos e nos jogos oficiais contra o pequenos, qual a dificuldade em entender isso ? Ou você quer testar os moleques na final do campeonato ?
          E ninguém está falando de desconhecidos, são moleques que estão de 2 a mais de 10 anos no Flamengo treinando quase todo dia, não tem novidade aqui.

          • Ta fumando pedra ? Oloko!

    • Tô até vendo, se os medalhões se machucam, eles entram no lugar e entregam o ouro, provavelmente vão falar que foi um erro enorme de planejamento porque, em ano de Libertadores, deixaram um monte de zagueiro velho e bichado, sendo que os substitutos desses são dois garotos (um dos quais também aparenta ser muito vulnerável a lesões).

      Igual foi ano passado com goleiros, um monte de gente dizia que não precisávamos de goleiro, porque o nosso era de seleção, e o Thiago tinha que ser o substituto dele pra ganhar oportunidades, pois se destacou na base. Depois da Copa do Brasil, todo mundo passou a falar que foi erro de planejamento, pois em um ano de Libertadores fomos com um goleiro que não pega pênalti e outro que não havia atuado no profissional.

      • É justamente isso que acho. Essa diretoria do Flamengo é muito boa para fazer pagamentos, na hora de contratar fica fazendo corpo mole. Quero ver se a zaga não der conta da Libertadores o que é que eles irão falar !!!

    • Léo Duarte em 2016 foi bem, ano passado quando jogou também foi bem, o problema é que se machucou muito.

      • Bem no que ? Moleque faz um jogo aqui e outro ali. Pode se tornar um bom jogador ou não, fato é que não podemos apostar todas as fichas em um jogador que mal joga.
        Usar a base não é pegar o garoto e jogá-lo no titular. É um processo gradativo, colocando 15 minutos aqui, 20 minutos em outra partida. Jogo contra time pequeno, coloca de titular para ver como se comporta. Foi bem ? Coloca ele em uma partida contra um médio e na velocidade certa para não queimar o jogador e nem para ferrar o desempenho da equipe caso o jogador não tenha qualidade.

        Na fase de grupos são apenas 6 jogos. Um erro em uma partida pode nos desclassificar dependendo das possibilidades dos resultados.

    • Concordo. Estão querendo usar o lixo do estadual como referência para a Libertadores.Se não vier pelo menos um lateral direito, estamos lascados

    • Ou seja na sua cabeça, a base nunca deveria ter espaço, você quer que o moleque seja o que? 5° opção?

      • ”Se destacaram enfrentando Volta Redonda, Cabofriense e Bangu, é isso ?”
        Como que você traduziu essa frase para : ”A base nunca deve ter espaço ?”.

        Só aleguei que esses times fracos não são parâmetro algum para medir habilidade de jogadores.
        Está querendo o que, mais um Matheus Sávio na Libertadores ?

        Olha Paquetá aí, começou jogando jogos pelo Brasileirão, daí conseguiu maturidade e mostrar serviço para jogar jogo de Sul-Americana e Copa do Brasil.

        Mas parece que aguns querem subir moleques de 18, 17 anos e colocar logo de cara contra um River Plate, na Libertadores. Só pode ser piada!!

        Usar a base é um processo gradativo de amadurecimento do jogador, entendimento tatico, velocidade de jogo etc. Não é de uma hora para a outra, e ainda tem que penerar os jogadores que não possuem habilidade para integrar o profissional.

        A torcida até parece que se esqueceu de tantos perebas da base que nos deram dor de cabeça nos ultimos 5, 7 anos. Vai entender….

        • No momento em que você sugere contratação sendo que o Flamengo já possui 3 zagueiros na frente dele, vai jogar ele pra 5° opção automaticamente.
          Sobre analisar o jogador da base apenas por enfrentar Bangu, Volta Redonda e os outros é pouco sim, mas o Léo Duarte não vem bem só contra esses times, era destaque na base, jogou um bom número de partidas pelo brasileiro e não comprometeu em nenhum momento.
          Estou querendo mais um “Vizeu” na sul americana, mais um “Paquetá” no time titular, não use apenas o exemplo ruim.
          Não se trata de querer um de 18 anos, e sim em dar oportunidades, ser 4° opção é totalmente viável pra o Léo Duarte, ainda acredito que ele tenha potencial pra mais.

          • Quem está fazendo eles serem quarta e quinta opção: Juan (com quase 40 anos que não possui sequência), Vaz (perna de pau que está prestes a sair) e Rhodolfo (jogador mediano).
            Se estão na frente deles é culpa de quem treina e não minha.

            A finalidade de um clube de futebol é ganhar títulos. Se possui dinheiro para contratar um jogador de qualidade e fazer um projeto vitorioso a curto espaço, que faça. Agora, para que contratar Vaz e Rhodolfo se são jogadores no máximo para compor elenco ?

            Réver e Miranda (por exemplo) poderiam ser titulares. E o Leo Duarte poderia ser primeira opção, entrar gradativamente para demonstrar se da conta do recado. Se der conta do recado, não precisamos contratar ninguém para ser titular, o moleque vira titular quando o Miranda não der mais conta (dando exemplo) e subimos mais um da base para ser o reserva imediato.

            Agora o que não pode acontecer é apostarmos todas as fichas na base de forma irresponsável. Olha o que aconteceu com o nosso gol ano passado, ficamos quase o ano inteiro sem goleiro com a diretoria dizendo que estávamos bem servido com o Muralha e o Thiago, da base.
            Perdemos a final da Copa do Brasil com uma falha do Thiago e com a inoperância do Muralha em defender pênaltis.

            Contratamos o Diego Alves, e logo depois o César mostrou serviço.
            Se não tivéssemos trazido o Diego Alves, o César para mim e para muitos seria nosso titular para a temporada 2017, 2018…até quando estiver jogando em alto nível.
            Sacou meu pensamento ? Por mim nosso time pode ser formado todo pela base, é meu sonho. O que não quero é fazer isso de forma irresponsável.

            Hoje temos dois moleques de centroavante que estão sendo forjados para serem titulares : Lincoln e Vitor Gabriel.
            Não precisamos contratar jogadores de compor elenco para esse setor, pois temos jogadores de qualidade que lutarão para serem titulares. Um dia pode ser que estes dois sejam nossos titulares.

          • Questionar Juan? MDS kkkkkk, ele jogará as partidas da libertadores.
            Rafael Vaz não faz partes dos planos, quem o está colocando como 4° opção é Juan, Rever e Rhodolfo, tudo normal, o que há de anormal é você achar que o Flamengo deveria contratar mais um e basicamente extinguir as chances do Léo Duarte de atuar na temporada.
            Rhodolfo já foi um dos melhores do país, é um zagueiro comum porém experiente, não gosto dele, mas não o acho questionável, Rafael Vaz sim nunca deveria ter vindo.
            Qual dinheiro do mundo pode garantir um resultado vitorioso a curto prazo? Nenhum cara, dinheiro é bom, ajuda, mas garantir projeto vitorioso nunca vi, já vi muitos clubes fracassarem com dinheiro e outros com baixo orçamento ser campeão (Chape 2016 e Corinthians 2017 são bons exemplos).
            E como seria o mundo ideal de usar a base? Você disse que partidas do Carioca não servem de parâmetros, mas que também não pode usar eles na libertadores porque é muita responsabilidade, vejo diversos times sendo campeão com dois ou três jogadores jovens…

          • ”Questionar Juan?”
            Citei o Juan pelo motivo do mesmo não poder jogar mais de 2 partidas seguidas e não pela sua qualidade. Nesse período de descanso a base poderia estar sendo usada para jogar no lugar dele.

            ”Rafael Vaz não faz partes dos planos,”
            – Já fez, e por muito tempo.

            ”Rhodolfo”
            – Jogador mediano, cujo foi desnecessária a vinda ao Flamengo. Se é para contratar desse nível, era melhor ter apostado na base.

            Não entendo seu ponto de vista. Eu critico Vaz e Rhodolfo pela falta de qualidade, sendo que jogadores da base deveriam estar na frente deles. Mas você faz é defende-los e por a base abaixo deles ?

            ”Qual dinheiro do mundo pode garantir um resultado vitorioso a curto prazo? Nenhum cara, dinheiro é bom, ajuda, mas garantir projeto vitorioso nunca vi, já vi muitos clubes fracassarem com dinheiro e outros com baixo orçamento ser campeão (Chape 2016 e Corinthians 2017 são bons exemplos).”

            Você novamente interpretou errado.
            ”Se possui dinheiro para contratar um jogador de qualidade e fazer um projeto vitorioso a curto espaço, que faça.”

            Eu quis dizer que se temos dinheiro, podemos contratar jogadores de qualidade, por exemplo nas duas laterais. Contratando jogadores de qualidade para setores carentes, aumentaria o patamar do nosso elenco para conquistar um título mais de pressa. Ao invés de ficar anos à procura de um moleque ideal na base, que pode acontecer em 1 mes ou até mais de 5 anos.

            Agora não sei o porque de citar Corinthians e Chapecoense.
            Mas então beleza, vamos dar uma olhada no Coritnhians campeão da Libertadores e do mundial de 2012.

            Cassio – Chegou no Corinthians em 2012 (ano do título)
            Guerrero- chegou no Corinthians em 2012 (ano do título)
            Ralf – chegou em 2010 (dois anos antes)
            Paulinho – chegou em 2010 (dois anos antes)
            Emerson Sheik – chegou no Corinthians em 2011 (um ano antes)
            Romarinho – chegou no Corinthians em 2012 (ano do título)
            Fabio Santos – lateral do Corinthians chegou no clube em 2011)
            Danilo – prncipal meia do clube chegou em 2010 (dois anos antes)

            Observe só, a maioria dos jogadores importantes do Corinthians chegaram no ano do título ou no máximo 2 anos antes.
            Isso não é uma boa demonstração de montar um elenco à curto prazo.
            SRN.

  • César, Kleber, Juan, Rever, Everton, Cuellar, Ronaldo, Diego, Paquetá, VJR, Dourado.

  • Minha maior empolgação é ver Vazando do Fla assim como outros já fizeram nesse ano, abrindo espaço pra jogadores que sabem o peso desse manto, acima de tudo rubro-negro. SRN

Comentários não são permitidos.