Juca Kfouri: “O massacre de Cuiabá”

Acabo de ver o Fla-Flu que deixei gravando, porque esvaziado pelo time alternativo do rubro-negro.

Motivo para menos de 16 mil torcedores na Arena Pantanal, em Cuiabá, Mato Grosso.

Azar de quem não foi, por paus ou por pedras, ver a impiedosa goleada tricolor.

Quatro a zero que poderia, e deveria, ser mais.

O Flu fez gato e sapato do Fla, que é o que importa para o torcedor que comemorou quatro vezes, dois gols de Marcos Júnior, um de Pedro e outro de Gilberto, os três primeiros ainda no primeiro tempo, quando se desenhou a catástrofe prenunciada para o segundo e só não ampliada por detalhe.

O Flamengo não tinha outra alternativa se não a de ir a campo sem seus principais jogadores, mas o Fluminense não tem nada com isso.

E jogou bem, muito bem, alento ao seu torcedor.

Resta aos derrotados vencer o River Plate no meio da semana para tentar esquecer a goleada.

Coisa que os vencedores, certamente, não deixarão que aconteça.

Final, 4 a 0 num Fla-Flu não acontece todos os dias.

Reprodução: Juca Kfouri

Veja também

  • Esquecer? Nem lembrei desse jogo…

  • Esse boçal só vomita asneiras.

  • Vai cuidar do teu curica Juca kkkkl

  • Vai cuidar do teu curica Juca kkkkl

  • Kkkkk quanta irrelevância.

  • Mudando de assunto, bem que o Fla poderia oferecer o Guerrero e o Rômulo ao Corinthians e trazer o Balbuena, pois o contrato do Zagueiro encerra-se em dezembro, e o clube não quer pagar o quê o atleta pede parar renovar!

  • Outro que só fala merda!

Comentários não são permitidos.