Presidente do Fla deseja mais união entre times do Rio para negociações

Os torcedores do Fluminense perderam o sono com a negociação entre o clube das laranjeiras e o Mais Querido por Henrique Dourado. O Flamengo contratou o atacante em uma transação amistosa entre os clubes carioca, tendo em vista que ambas as diretorias têm uma boa relação. Contudo, Eduardo Bandeira de Melo pediu mais união entre as equipes do Rio de Janeiro, na hora de negociar.

– Quando o negócio é bom para as duas partes, não vejo porque o negócio não ser feito por rivalidade. Eu que sou mais velho já vi várias negociações entre times da mesma cidade. Os clubes poderiam buscar isso com mais regularidade. Já chorei quando o Gerson foi do Flamengo par ao Botafogo, mas vi o Paulo César Caju fazer o contrário -, comentou.

O presidente rubro-negro não descartou a possibilidade de futuros negócios entre os rivais regionais. Bandeira afirmou ainda que não vê empecilho algum em negociar futuramente se um atleta do clube quiser assinar com o tricolor carioca.

– Quando o negócio é bom para as duas partes, não tem porque não fazer, só porque são adversários locais. Eu sou mais velho que vocês e já vi muitos negócios assim. Amanhã pode ser um jogador do Flamengo que vai para o Fluminense -, opinou.

Henrique Dourado só abriu conversas com o Mengão após o Fluminense avalizar. De acordo com o centroavante, a proposta foi boa não só para ele, mas também para sua antiga equipe, o que fez ele optar pelo time rubro-negro.

– Saiu muita coisa na imprensa que eu tinha dito algumas coisas. Nunca falei nada, não queria sair do Fluminense pelas portas dos fundos. Quando chegou para mim o Flamengo, tinha que pensar no meu ex-clube. Foi bom para todo mundo -, contou o novo camisa 19 do Flamengo.

Veja também

  • Bem comum, fiquei p… Quando as flores levaram Thiago Neves pq Patrícia Amorim e a trupe já tinham arrombado os cofres, quando o Flamengo iria contratar e levava chapéus de todo mundo! Agora é nossa vez, só faltaria tirar Victor Luis e Igor Rabello do Botafogo! Do bacalhau ninguém obrigado!

  • Muito fácil falar quando é o Flamengo o predador da situação, e quando for ao contrário quem vai gostar?
    Quem não lembra que Bebeto é considerado traidor até hoje porque foi pra o Vasco?

  • Independentemente doque disse o presidente, isso vai acontecer naturalmente, principalmente a hora quê secar a teta do Palmeiras, vão implorar pro Mengão fazer negócio com eles pra poderem pagar os salários atrasados!!

  • É muito simples. Sempre haverão as rivalidades. Agora a relação pode ser predatória ou de colaboração. Da pra brigar se desgastando e perdendo fôlego juntos mas também da pra brigar discutindo um toma lá da cá buscando resolver seus interesses sem babaquice.

  • Apoiado Presidente. Aproveitando a campanha do Andrés que no G E, anuncia a contratação do Guerrero, com salário de R$ 400k, proponha uma troca pelo Balbuena e diga que pagará salário de R$ 500k.

  • A verdade é que os times do rio se tornarão as divisões de base do Flamengo se tudo continuar nos conformes. SRN

  • Realmente precisa ter mais união até mesmo pela melhoria no futebol do Rio! Veja o campeonato Paulista, os clubes do interior são organizados e com capacidade de investimento, a federação presa pela imagem do campeonato. Por isso você vê que sempre tem um time de SP ganhando um campeonato importante.

    • A FPF, tem hábito de contratar jogadores e “emprestar” aos clubes (obviamente, em conluio co Empresários, mediante polpudas Comissões) O Andrés admite pagar, até 30% de comissões, como pagou, na venda do Jo !!!

  • Em São Paulo os times são acostumados a negociar e até mesmo trocar jogadores entre eles. Cada um busca melhorar, mesmo que auxilie um rival por tabela. No Rio o objetivo é afundar o rival, mesmo que caia junto. Isso ajuda a explicar a distância que se criou entre o futebol carioca e o paulista nos últimos anos.

    • Isso e’ a mais pura verdade, e digo mais, gracas a um cidadao que so presta pra fazer intriga chamado eurico miranda

Comentários não são permitidos.