Juca Kfouri: “Pipico e Lepu derrotam o Mengão “sem vergonha””

É o fim da picada!

Jogando no Moacyrzão, à luz de velas, o Macaé derrotou o Flamengo como jamais havia acontecido na história do confronto.

Gol de Lepu, em passe de Pipico, aos 19 minutos do segundo tempo.

O Rubro-Negro, jogando de amarelo, e com seu time alternativo, decepcionou mais uma vez.

A pergunta é: o que o Mengão foi fazer em Macaé?

Ser chamado de “time sem vergonha” pela pequena torcida que viu espetáculo tão deprimente?

7 a 1!

Reprodução: Blog do Juca | UOL

Veja também

  • não lembro do kfouri falar do gol do são bento,ponte preta e sato andre no cornithians TITULAR falou do gol doespanyol no real madrid reserva? babaquiçe pra jogar a torcida contra o clube e tumultuar pra libertadores jornalista marrom(ou) vermelho

    • E os modinhas e reclamões de plantão entram na onda. Pediam time reserva no Carioquinha, q não valia nada. Agora vão encher o saco? E a imprensa Paulista sem comentários. ..

  • Vamos lá então, não fizemos um grande jogo, acredito que construímos bons lances na primeira etapa principalmente nos primeiros 20 minutos, o segundo tempo não foi tão bom e a medida que o tempo foi passando o desespero foi batendo e o truque do chuveirinho voltou a tona, ou seja perdemos a paciência, algo já visto no time principal e que não é novidade pra ninguém, tomamos um gol de “Lépu”, que não é o inventor de “Lépu Lépu”, o passe foi do “Pipico”, o mito do Vasco, podem acreditar…mesmo levando em consideração que estávamos com um time praticamente alternativo seria impossível imaginar que tomaríamos ao menos um gol dos caras, fomos além, perdemos o jogo sem fazer ao menos um, como disse, o desespero bate a chuveirada na área é imensa e pra acabar de completar temos laterais que não acertam o que fazem e um centroavante que cabeceia de ombro, vai entender, pra terminar o nosso excelentíssimo treinador tira o cara (Geuvânio) que ao menos tentava abrir a defesa do adversário pelo lado direito, já que do outro lado eu não vi o VJ no segundo tempo, e ai me lança o Linconl, coitado do garoto, fogueira danada, não duvidem, somos colecionadores de vexames, esse pode não ter sido mais um, porém no mínimo algo imperdoável, coisas de Flamengo, ainda não caímos para a B, ainda, mas parece que querem chegar lá de alguma forma!

  • Pior que a bola que esse timinho sem vergonha vem jogando, só esse uniforme tenebroso que não tem nada haver com o Flamengo, se querem resgatar as origens, que o utilizem em jogos comemorativos ou amistosos.

    • Pois é caro Nogueira, infelizmente foi assim a cláusula contratual entre Adidas e Flamengo, não se pode a essa altura fugir das “regras”, também não gosto camisa e acho que o mínimo de entendimento e lucidez seriam o suficiente para não criar algo tão ridículo assim, como diria o rubro negro Mauro Cézar Pereira, o símbolo da equipe!

  • Ou 2 ou 3 jogadores paguem o pato ou quem vai pagar o pato será o Flamengo! Jogadores vem e vão, e o clube fica!

  • Realmente um papelão digno dos 7×1, mas parece que também tem papelão digno dos 7×1 na área de finanças, acabo de ler no jornal Extra aqui do Rio uma bomba do financeiro administrativo do clube.
    Parece que a “MÁSCARA” de bom gestor do SIR EDUARDO BANDEIRA DE MELO começa a cair, aguardemos.

    • Se está se referindo a votação sobre a antecipação da verba do Vízeu, não vejo nada demais, pode sim se tratar de algo não descrito no estatuto do clube, e por isso mesmo que convocam uma assembléia para discussão, do contrário nem o faria, a verba seria destinada para a quitação da compra do Cirino, algo que apostamos e infelizmente não deu certo, mas nem por isso deixaremos de pagar, portanto, o caminho tomado pode não ser o mais correto e aprovado, mas a causa e objetivos são absolutamente plausíveis ao assunto, não vejo “máscara”, muito menos nada caindo, com exceção dos rivais que vira e mexe “caem por ai né”…!

      • No início do ano, o Flamengo não contratou outros jogadores por não ter dinheiro, segundo os “SUPER GESTORES” eles tiveram que separar R$18.000.000,00 para pagar o Cirino, sendo que esse valor deveria ter sido pago em dezembro de 2017, ou seja, teria que estar no orçamento do ano passado, inclusive por ser em que o Flamengo mais arrecadou dinheiro na vida, com a ajuda da venda do Vinicius Jr.
        Eu sei que o Flamengo não recebeu todo o dinheiro, mas desde que contrataram o jogador, já sabiam ter que pagar esse valor, tiveram 3 anos para isso, se não conseguiram por que cargas d’água contratou um pseudo craque do mundo árabe por R$24.000.000,00, que agora o mesmo fica perdido em uma função que além de não saber, não tem preparo físico para isso.
        Por que não cumpriram o contrato no ano acordado?
        Por que empurraram a dívida com a barriga para o orçamento de 2018 e divulgando já ter separado o valor?
        Por que agora se quer fazer algo que é proibido pelo estatuto do clube em último ano de mandato?
        Sinceramente, espero que perca a votação de hoje, não por torcer contra, mas para ter que responder as perguntas acima.

        • Caro Loscar, primeiro que finanças e desempenho em campo não caminham junto, o rendimento dos atletas comprados não justifica qualquer tipo de ação nas finanças, como você mesmo mencionou, assumiu um compromisso é preciso liquidar, mesmo se o resultado não for satisfatório como o caso do Cirino. O Flamengo mediante ao não rendimento e valorização esperada desse atleta, tentou negociá-lo de maneira a não sofrer danos maiores, além de salários que já tinha arcado com o atleta durante o contrato em vigência, a solução mais amena foi a que foi tomada, até porque ninguém assumiria um rojão tremendo, não sei se você conhece mas isso até mesmo já foi dito por toda a diretoria e está no site do clube como transparência, o Flamengo não tem um caminhão de dinheiro pra gastar, as aquisições nossa não chegam aos pés de outros time do país, sempre procuramos viabilizar as aquisições sendo costuradas como direitos de imagem e luvas, diluídos por o tempo de contrato acordado, dessa forma não pagamos a vista, foram poucas e baixas as transações desse calibre, portanto como já foi dito em coletiva e a todos da imprensa, o Flamengo não é a Crefisa. Partindo disso existe uma coisa chamada fluxo de caixa, algo que é de suma importância para controlar as finanças do clube, nesse caso não quer dizer que o PREVISTO votado para contratar, pagar, vender, etc…e tal será exatamente o PREVISTO, temos que compreender que há várias situações extraordinárias que podem modificar tal previsão e uma delas é justamente o fluxo de caixa, as prioridades, etc…não existe empurrar dividas, existe sim traçar prioridades de acordo com as necessidades, assim vem sendo feito até o dia de hoje, do contrário estaríamos até hoje sem CT, sem Ilha, com salários atrasados e sendo achincalhado por um monte de gente, mas felizmente somos exemplo de gestão, convocar ma assembléia de maneira transparente para alinhar um pagamento de uma dívida, deveria ser algo louvável para a torcida já que em outrora isso certamente seria esquecido. Se você for anti, que fique a informação, se for rubro negro, agradeça pelo presidente que o clube tem, mesmo que dentro de campo as coisas não andem ou progridam, é importante separar uma coisa da outra, cobrar o que tem que ser cobrado e aplaudir o que é passivo de aplauso!

          • Cara eu não sou contra nada disso que você explicou, só não entendo uma coisa, você assina um contrato para quitar em 3 anos, se o jogador não rendeu paciência, mas a dívida fica, nesse intervalo de 3 anos o clube foi as compras, construiu CT, contratou jogadores caríssimos, sabendo a pelo menos a mais de um ano, que o investimento no Cirino viraria água.
            Bom é claro e notório que os dirigentes que lá estão, conhecem de negócios, respeito aos contratos, as leis e regras estatutárias do clube, por não vejo diferença em contratar e depois faltar dinheiro pra pagar, e pedir autorização ao conselho para pegar mais dinheiro em banco, gastando dinheiro futuro, se fosse uma empresa sem esse subterfúgio, o os gestores fariam? Por que não manda VJ logo embora e recebe logo o resto do dinheiro de sua venda?
            Não vamos de deixar de ganhar nada com ou sem VJ.
            Em relação ao ER, foi só uma espetada, pois eu não achava que seria vantagem, pagar tanto dinheiro por um jogador vindo do mundo árabe.

          • Então Loscar, é justamente por isso que me permito discordar de ti, realmente firmamos um contrato de 3 anos com um jogador que infelizmente não vingou, mas usando um pouco o caso do Rueda que a diretoria esperou até o último segundo para comunicar a saída do treinador, visando o não prejuízo financeiro, poderíamos usar no caso Cirino, esperaram até a última hora para ao menos ter um prejuízo menor com esse jogador, de repente poderia surgir algo mais interessante, que trouxesse menos prejuízo, até porque aquela altura estávamos perdendo, infelizmente não deu certo e tivemos que pagar, como você disse, após 3 anos, mas o mais importante é pagar e fazer tudo de forma transparente, creia que não e votou um valor x para pagar Cirino e agora estão tentando antecipar y também para pagar o Cirino, óbvio, porém surgiram outras prioridades no futebol que provavelmente levaram a uma mudança orçamentária, que como lhe disse, nunca sai em cima do planejado, concordo plenamente e sei que o ideal seria não seria antecipar receitas, mas antecipação são comuns nas grandes empresas, ainda mais um clube como o Flamengo que necessita de um fluxo maior financeiramente, acredite, o mais importante é que de forma transparente a diretoria relate que aquele “X” que seria para uma finalidade “y” foi utilizado para alguma outra prioridade e que logo realocarão a finalidade “y”, mantendo os compromissos de ordem financeira. Continuo “brigando” muito com o nosso futebol, vejo muito amadorismo, porém fora das 4 linhas não posso contestar porque o que conseguimos até agora nesse 6° ano de EBM parecia improvável ou até mesmo impossível, vendo que estamos no país da corrupção!

          • Eu concordo com tudo o que você explicou, mas você entrou no sensível dessa administração, o amadorismo no futebol, está jogando tudo fora, e é esse amadorismo que causou o problema financeiro atual, o presidente que manda no administrativo é o mesmo manda no futebol, e ele será avaliado pelo todo, goste disso ou não, e tem mais um complicador, que é a sensação que milhares de torcedor tem, que coisa começou a desandar, com o acúmulo da presidência com VP de futebol, o amadorismo em questão está colado na testa do EBM. E é a minha leitura também, a teimosia dele, suas entrevistas são catastróficas.
            Mas vamos torcer que no fim tudo de certo.
            Saudações rubro-negras e um forte abraço.

          • Perfeito, não tenha dúvidas de que a avaliação será completa, é necessário considerarmos o quesito administrativo e patrimonial, como o desempenho do carro chefe desse clube que é o futebol, pra mim duas coisas absolutamente opostas, não tenho dúvidas também que essa teimosia do nosso presidente trouxe consequências para o nosso futebol e continua trazendo, é preciso pesar e ver o que valeu mais, torço para que nessa eleição, com Bandeira ou sem Bandeira que possamos manter e honrar nosso compromissos fora de campo e dando continuidade a reestruturação do clube, corrigindo todos os erros cometidos no futebol que certamente causaram atrasos nesse processo de crescimento, que venham pessoas corretas e lúcidas, acima de tudo, mais humilde. Saudações e forte abraço!

          • Valeu, corrente positiva para nossa quarta-feira e que, os jogadores entrem em campo com espírito RUBRO-NEGRO de verdade.

  • Esse carpegiane é outra personagem que reflete o 7×1… o cara usa uma formação nada a ver.. com meia atacantes fazendo papel de volantes.. não sabem marcar.. e ainda poupa tanto o time para na hora do jogo da libertadores não jogar nada ficar caminhando em campo.. esse futebol brasileiro está é no fundo do poço.. principalmente no Rio..

    • Olha, realmente eu ando discordando de algumas ações do Carpegiani, como por exemplo a montagem dos bancos e a opção por Arão no jogo contra o Ríver, a trinca de volantes contra o Fluminense, coisas desse tipo, algo no mínimo estranho, o Carpegiani não vê a hora de colocar o Arão nesse time, a equipe já se inclina novamente para o jogo de chuveirinhos, quando não conseguir criar certamente partirá para o desespero, pra mim coisas de uma equipe mal treinada e que não sabe o que fazer, isso porém não é de hoje, desde o inicio de 2016 que essa equipe não evoluiu, mesmo mantendo a base e ganhando reforços, o que culminou com a demissão do Zé Ricardo, Rueda veio, mudou algo, trouxe um pouco mais de segurança a equipe e pegou o voo para Santiago em 2018, chegou Carpegiani e todo mundo se espantou quando optou por deixar “apenas” Cuellar como único “volante”, prova de como estamos a anos luz da forma de jogar das principais equipes no mundo, começamos agradando mas o parâmetro não era muito confiável, bastou-se um clássico para mostrarmos o marasmo de sempre, depois contra um Fluminense de garotos, conseguimos fazer um papelão daqueles, com reservas ou não é inaceitável, a justificativa, bem plausível por sinal, era poupar a equipe para o 1° jogo da Libertadores, e o que vimos foi uma equipe que parecia ter sido picada pelo Aedes Aegypti, morta, com sinais de sonolência e brigando com a bola o tempo todo, ou seja, de lá pra cá, nada mudou!

  • Rodrigo Caetano sabe demais. Alguém acha que vai sair barato sua saída? Ele conduz as negociações de jogadores no Fla. Tanta negociação estranha, duvidosa e cara. Cara ñ sai fácil.

  • RC vem a publico e diz que o Fla não tem obrigação de ganhar do Emelec na quarta. Que time que vai ter vergonha se o diretor não cobra isso?

    • RC tem que sumir do Flamengo, esse cara com essas declarações de time rebaixado está apequenando o nosso mengão. Desaparece do Flamengo RC, pois vc não passa de dirigente de time pequeno e rebaixado.

Comentários não são permitidos.