Lance!: “Prós, contras e os riscos do Flamengo ao ‘ir levando’ Barbieri como interino”

As presenças de Eduardo Bandeira de Mello, Ricardo Lomba e Carlos Noval tornaram-se frequentes no Ninho do Urubu desde a reformulação no departamento de futebol. A cúpula do futebol do Flamengo está atrás de um treinador e faz uma avaliação constante sobre o trabalho de Maurício Barbieri, auxiliar que comandará o Flamengo diante do Vitória, no sábado, em Salvador.

A poucos dias da estreia do Campeonato Brasileiro, o mercado impõe dificuldades à diretoria, que já ouviu o “não” dos dois nomes favoritos: Renato Portaluppi e Abel Braga. A opção pela efetivação de Barbieri não está descartada, mas é de risco, em especial para o presidente Bandeira de Mello.

O LANCE! analisou os prós, os contras e os riscos da opção do Flamengo de “ir levando” Maurício Barbieri como interino enquanto não chega a um nome.

PRÓS

Contratado em 7 de janeiro para ser auxiliar permanente do clube, Maurício Barbieri já conhece o atual elenco, suas carências e qualidades. Além disso, o auxiliar tem um bom relacionamento e, entre os jogadores, a ideia de sua efetivação é bem vista. Todos atletas têm elogiado os treinos comandados por ele desde a saída de Carpegiani, após a queda no Estadual, em 28 de março.

“Moderno”, “qualificado” e “diferenciado” são as características citadas por quem conhece e tem treinado sob o comando de Barbieri nas últimas duas semanas no Flamengo. Com métodos de treinamento atualizados e com a capacidade de explicar, o auxiliar tem conseguido exigir o máximo do elenco.

CONTRAS

O auxiliar é bem-quisto pelo elenco, mas a inexperiência é um fato. Chegou ao Flamengo em 7 de janeiro após passagens pelas categorias de base e time principal de Red Bull Brasil, Audax Rio, Guarani e, por fim, Desportivo Brasil.

Depois da estreia no Brasileirão contra o Vitória, sábado, o Flamengo já volta a campo pela Libertadores na quarta, dia 18, contra o Santa Fe, da Colômbia.

O fracasso de 2017 ainda está fresco na memória e torna um novo insucesso na fase de grupos inadmissível. Assim, o jogo que se desenha como decisivo para Barbieri ganhar força e ser efetivado é decisiva para os planos do clube.

Reprodução: Lancenet!

Veja também

  • Contrata logo um cozinheiro para treinador. Quem sabe ele dá um jeito nas panelas.

  • “Contratado em 7 de janeiro para ser auxiliar permanente do clube, Maurício Barbieri já conhece o atual elenco, suas carências e qualidades.”- quer me convencer que em dois meses de trabalho o cara já conhece tudo do elenco. ou ele é um gênio ou o lance acha que eu sou uma besta.
    “Além disso, o auxiliar tem um bom relacionamento e, entre os jogadores, a ideia de sua efetivação é bem vista. Todos atletas têm elogiado os treinos comandados por ele desde a saída de Carpegiani, após a queda no Estadual, em 28 de março.” – exatamente um trinador pra chamar de seu. quanto mais novato e sem experiência(moral pra lidar com esse bando) melhor.
    ” “Moderno”, “qualificado” e “diferenciado” são as características citadas por quem conhece e tem treinado sob o comando de Barbieri nas últimas duas semanas no Flamengo.” – o que querem dizer com isso, moderno qualificado … com que régua mede isso. palavras são palavras. na falta do que dizer se diz qualquer coisa.
    “Com métodos de treinamento atualizados e com a capacidade de explicar, o auxiliar tem conseguido exigir o máximo do elenco.”- quer dizer que os demais até aqui eram o oposto então por qual razão também eram elogiados pelos métodos de treinamento, comunicação, camaradagem, ambiente. exixgir o máximo do elenco, aí já é demais. em resumo; mais do mesmo a mesma babação de ovo de sempre.
    os prós não me convenceram, portanto sou contra a manutenção do barbieri. SRN

    • Irretocável! Parabéns.

  • Penso que não haja nenhuma opção, nenhuma mesmo.
    Então como a diretoria já jogou fora esses três meses e meio, então vamos com esse Barbieri mesmo, melhor do que inventar esses técnicos do passado, caros e sem resultados efetivos a tempos, como o Abel (graças a Deus recusou), o Cuca (Deus nos livre) etc. Vamos tentar o novo, mas com paciência porque é novo.

    • Concordo,se nao dar oportunidades como saberemos,quem nunca teve que ter a primeira oportunidade na vida? Chega destes merdas velhos que estão no mercado!

  • Diante das opções no mercado e por todas as entrevistas dos Jogadores. Vamos de Barbieri mesmo. Qualquer um que vier seria uma aposta então deixa ele mesmo que já está.

  • Toda profissionalização é bem vinda, ainda mais com o mercado como está. Os melhorzinho estão empregados. Diniz, Carile, Machado, Gayucho, Abel… Barbieri pelas informações passadas está no mesmo nível mas ainda penso que nossos futuros técnicos serão bem melhores. SRN

  • Pelo quê to sacando, irão manter ele até o final da copa, aí o Cuca assume. Pode ser quê o comentário do jornalista do EI tenha alguma lógica!!

  • So vi riscos, riscos desse doido nem passar da fase de grupos de grupos da libertadores.
    Não vou aguentar mais um prof pardal.
    #QueremosTecnico de verdade!

    • Um novo técnico agora não iria fazer diferença, não iria ter tempo para implantar seu método de trabalho, além disso, houveram recusas. Segue o bonde.

      • Se coloca Arão e Pará faz diferença sim. É jogar com um a menos.
        Arão esta mau a muito tempo e no ultimo jogo que vi dele estava tão perdido quanto um cego em um tiroteio.

    • Ficar cornetando no ajuda muito… vc prefere o Luxemburgo, o Cristovao Buarque, o Eduardo Batista, Joel Santana, Dorival Junior??? nao tem um nome no Brasil… estrangeiro seria um desastre neste momento…

      • Vc esta errado, agora é o momento de cornetar, ou vc acha que Arão vai resolver jogar bola, agora é hora de fechar a casinha e não jogar com um a menos.
        Se ele coloca Jonas e Cuellar eu ia entender.

        • Porque nao??? Quando ele chegou no Flamengo estava jogando muito… ele nao desaprendeu..

          • Realmente nao assistimos ao mesmo Flamengo pq ele não joga bem a muito tempo e fora de forma e sem tempo de bola.
            Alem de errar muito passe

  • Coloco mais um pró: os técnico medalhões já sabemos como são e como trabalham. A maioria já passou por aqui e não prestam. Já o Barbieri nós não sabemos. Portanto acho imprudente tirarmos conclusões irracionais (típico da nossa torcida) e precipitadas. Vai que o Barbieri dá certo e o cara vingue aqui. Damos a ele o direito da dúvida e não condenemos um trabalho que ainda não foi realizado. Não temos muito a perder, pois tudo já está comprometido. No entanto corremos o risco desse trabalho dar certo. Então, acho que vale a pena arriscar.

    • Amigo, o problema será quanto tempo de benefício da dúvida a torcida aguenta. Creio que este tempo seria no carioca, mas não agora. Com liberta e brasileiro? Uma loucura. Contudo, os medalhões aqui no Fla não ganham nada. Vide Mano Menezes, por exemplo. Como disse o presidente, vamos seguir com ele é algo absolutamente imprevisível. O Fla começa o brasileiro pior que em 2016 e 17.

      • Melhor o benefício da dúvida (não sabemos se vai dar certo ou não) do que a certeza, dadas experiências passadas com os técnicos medalhões, do que não vai dar certo. Na verdade nada é garantido. Corremos risco em qualquer decisão que tomamos.

  • “o auxiliar é bem-quisto pelo grupo”…que comecem os jogos?

  • O destino está traçado uma vez que uma mudança de treinador deve ser feita programadamente e não de rompante. Correr atras de técnicos consagrados numa hora dessas é fazer papel feio no mercado.
    Ja dei uma ideia aqui de que manter o M. Barbieri é a solução, porem respalda-lo com um ídolo/ídolos respeitado por sua historia no Clube, poderia até ser um grupo de 3/4 ex jogadores que trabalhassem em equipe para respaldar o Barbieri. O elenco é bom com deficiencia nas laterais. O Thiago Ennes (L. direito) está muito bem no Nautico, pq não traze-lo de volta? A matéria é fraca mas abre a oportunidade para apresentarmos possiveis soluções.

  • Que matéria horrível

  • É sério, tem jornalista recebendo pra fazer um texto desses? Você lê o título, imagina pelo menos um teor qualificado, com algumas características que farão você raciocinar entre prós e contras e me vem um lixo de reportagem que minha filha do 7º período faria melhor. Que fase chegou nosso jornalismo esportivo…. https://uploads.disquscdn.com/images/c194fcece610c15308ad215c2aba4bac092ad2d8c41990d26fb0e233b52f1bf8.jpg

Comentários não são permitidos.