Lance!: “Flamengo precisa ter mais opções táticas de acordo com o rival”

Brilhante não foi novamente. Efetivo sim. Diante de um rival mais fraco tecnicamente, o Flamengo conseguiu se impor. Venceu a Ponte Preta, fora de casa, na estreia na Copa do Brasil, por 1 a 0, muito pela qualidade individual e não por novas ideias ou mudança de postura criada pelo treinador Maurício Barbieri. Ele não é culpado ou salvador. A cultura tática que assola o Brasil sim. Essa é a grande culpada de atuações abaixo do esperado de bons elencos.

Igualmente a maioria dos clubes do Brasil, o Flamengo tem esbarrado na falta de variações táticas durantes as partidas. Quer chamem o esquema de 4-1-4-1 ou de 4-3-3, a forma de atacar, se defender e se comportar em campo, não muda. Como a maioria dos clubes do Brasil.

Basta ver, o Rubro-negro desde o início da temporada está atuando com dois homens pelo lado do campo. Seja com Everton – que já deixou a equipe – Vinícius Júnior, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro… Todos são a mesma forma de jogo. Falta criatividade e opções dentro de um recheado elenco.

Maurício Barbieri não vem fazendo um trabalho ruim. Mas talvez não seja um bom trabalho. De qualquer maneira, ele pouco alterou o que Paulo César Carpegiani vinha fazendo. Ou o que Reinaldo Rueda e até mesmo Zé Ricardo faziam. No Brasil, essa tática com os pontas virou moda. Dá a tônica das equipes. Com exceção do Grêmio, dificilmente alguma equipe no país consegue apresentar um leque diferenciado.

O que pode-se ver diante de Ceará e Ponte Preta foi uma equipe mais técnica do que a outra. E é gritante a diferença do elenco Rubro-Negro para os cearenses e para os ponte-pretanos, que inclusive estão na Série B do Brasileiro. A vitória veio porque o Flamengo é mais forte. Mas neutralizar os rivais, que atuam da mesma maneira, o tempo todo, não virou uma tarefa difícil.

O Flamengo venceu porque o time é mais forte. Martelou e chegou a vitória. Não pelas variações e pelo excesso de criatividade, mas sim pela técnica que tem e pela que a Ponte Preta não tem. Porém, com um rival mais qualificado e sem alterar o seu leque ofensivo, o Flamengo não terá vida fácil na temporada.

Reprodução: Lancenet!

84 Comentários
  • O cara pegou o time com um projeto em andamento, tem 1 mês e pouco de trabalho, e já querem variação tática?
    Caracas, espera o técnico pelo o menos conseguiu implantar um padrão dele, para depois cobrar isso.
    Nem times que já vêm com técnico do ano passado têm tanta variação assim.

  • O engraçado é que ele mudou o esquema e o time foi muito bem contra o Ceará, aí quando penso que ele vai manter o que deu certo …. no jogo seguinte ele monta o time de novo no 4-1-4-1 que não vinha funcionando.
    Esse Barbieri é muito fraco.

      • Mudou sim.
        O Éverton Ribeiro foi muito bem pela direita contra o Ceará e ao invés de ter sequencia, foi empurrado para o centro e não foi tão bem.
        O Geuvânio que substituiu o Diego, foi muito mal.
        O time se manteve no 4-1-4-1 ao invés do 4-4-2 do segundo tempo contra o Ceará que deu certo.
        Podem ser pequenas as alterações, mas que fizeram muita diferença.

  • A principal coisa é que independente dos jogadores que estiverem em campo o time tem que mostrar organização e postura, tbm é necessário saber usar o elenco, motivar os jogadores, observar o treino e colocar quem está melhor pois são muitos jogos e não queremos perder certos jogadores na reta final.

    Jogadores que devem ter mais oportunidades (não necessariamente ser titular) na minha opinião: Léo Duarte, Thuler, Jean Lucas, Lincoln, Marlos

    Jogadores Negociáveis: Rômulo, Arão, Trauco*, Pará*, Ederson

    *Se sair, tem que repor com jogadores capazes de ser titular, pq pelo visto eles não vão dar chance pra quem vem da base nessa posição

  • Querem variação tática como se o técnico assumiu o time agora e nem deu tempo de sentar na cadeira com tantos jogos e viagens? Tática se treina e tempo pra isso o técnico não tem. É jogo e viagens 2x por semana.

    • Do q vc falou, o início eu concordo, mas essa estória de tempo não dá para engolir, o esquema é o mesmo, o cara teve 15 dias para treinar e não conseguiu nada. Agora não adianta reclamar de tempo.

      • Discordo, acho que ele mudou algumas coisas já, o time tem mais a bola e não leva muito susto, coisa que mesmo contra times menores estava acontecendo, outra coisa são jogadas ensaiadas, tanto contra o Ceara quanto contra a Ponte em cobranças de falta houve uma tentativa de jogada ensaiada, onde o cobrador finge que vai bater para fazer a defesa se mexer e toca para outro fazer o lançamento, pode não ter dado certo, mas prova que o cara está tentando coisas novas.

  • O maior erro foi começar com Geuvanio. Com isto, o time ganhou um ponta, e é notório que o Flamengo não se encaixa com esquemas assim.
    O Arão parece que perdeu posto de reserva imediato, abrindo espaço pro Jean Lucas. Geuvanio é outro que merece cair de posto.

  • Eu até entendo que falte variação tática por aqui, mas é difícil conseguir se organizar com 1 sistema, imagina as variações.
    Outra coisa que tenho para mim é treinador e tipo de competição. Jogar ptos corridos é um treinador tipo Carlile, preza a defesa, muda muito pouco a forma de jogar. Para jogar Copa tem q ser um cara tipo Renato ou o treinador do Independiente, que vem com o time adaptado ao adversário, isso em ptos corridos não dá pra fazer com jogos domingo e quarta sem muito interesse dos jogadores por ser uma maratona chata demais de se percorrer.

    • O esquema do Carille está manjado.
      Barbie é novo, e n aparenta ser um cabeça dura. Viu que o Arão n vinha jogando nada, e passou a usar o Jean Lucas. Creio que fará o msm com Geuvanio.

      • Sem desmerecer o seu comentário, mas quem além dele e alguns loucos de hospício acharam que o Arão estava jogando alguma coisa? Bom mesmo é ele está colocabdo a garotada, gostaria de ver mais do Lincoln

      • Quanto ao esquema do Carlile, em ptos corridos, vai continuar dando certo, desde 2006 com o SP do Muricy que a maioria dos campeões foram times com características de defesa forte do que de ataque forte:
        Bambis 3x
        Corinthians 3x
        Flor 2x
        Contra
        Fla 1x
        Porco 1x
        Cruzeiro 2x

        Quando as finais eram em ritmo de copa os times com camisa e que partiam pra dentro que se davam bem. Daí que surgiu aquela história de deixou o Flamengo chegar já era

        • Este ano o número de derrotas do Corinthians aumentou bastante! Estariam em maus lençóis na Libertadores, se o árbitro n tivesse penado o Independiente na Libertadores.
          Mas admito q o esquema ainda é traiçoeiro.

  • A imprensa é engraçada, se perde! Crucificam o técnico, se empata Crucificam o técnico! Se ganha Crucificam o técnico!
    Vcs querem o que?
    O Grêmio tem vários esquemas? ?
    Não vi isso? Me provém! A equipe está empolgada, fechada , unida , e o Renato não dá brecha para falar deles! Inclusive ele afirmou ! Se meu time tá ganhando , não importa a formação, então todos os técnicos que ganham são burros e eu sou um deles !!
    Certos caras da imprensa, não tem o que falar da equipe, ficam buscando o erro ! Tem que ter um cara igual ao Renato no Flamengo, que coloque a cara pra bater, eu fiz e daí? ? Vc faz a reportagem e eu escalo a equipe!!
    Por gentileza , me deixem trabalhar !!
    Esse jornalista, então , deve achar o esquema do Tite uma bosta , por que ele só tem um !!
    Me poupe, jornalistas deixa o Flamengo em paz !!

    • O Grêmio tem um esquema que funciona, o Flamengo não.
      O engraçado é que o Barbieri até encontrou um esquema equilibrado contra o Ceará e ao invés de mantê-lo, o estagiário resolveu voltar ao esquema que não vem jogando bem.

      • Mais ele tem um esquema então? Ou dois talvez? O meu questionamento é dizer que o Flamengo não tem nenhum esquema!
        O Grêmio amigo joga no 4-3-3 em casa e fora joga no 4-4-2! Não vejo eles serem os Galáticos! Estão longe disso!
        O que eles têm é uma torcida que empurra o tempo todo, união e o grupo é fechado!
        E mais, não se vê torcedor por mais merda que o Renato faça, contestar ele!
        O jornalista que foi consertá-lo ele (Renato) deu logo um chega pra lá!

  • Acredito que o treinador estude os videos dos adversarios, isso é primario. Independente disso, quem tem um VJ, tem de explora-lo na jogada de drible em velocidade e mudança de direção ele é incontrolável nessa jogada e lançamento em profundidade. Irrita ver o mlk implorando pra receber a bola livre, e a turma enrolada do outro lado. Falta alguem que levante a cabeça e saiba fazer uma virada de bola longa. Isso tb é primario. Aí o time fica enrolado no 1×0 correndo riscos

  • Muito boa essa avaliacao do Lance! Penso parecido! Falta criatividade ao meio de campo, subidas dos laterais e movimentaçáo dos jogadores de lado de campo! Eles têm q entrar mais na area! É visivel quando Vjr entra na area cria mais opção de ataque, quando os laterais vão para cima os pontas nao ficam isolados, saem as triangulações como no gol do dourado e quando os volantes e meias verticalizam o time cria mais! Acho q os caras estão muito estáticos em campo! Ontem os caras estavam numa lentidão imensa! Fiquei com a impresão estarem se polpando, com pé no freio! Era jogo para ganhar de 2 para cima, mas paciencia! Oq me deixou mais puto foram mexidas desse treinador! Para resumir a opera, quando pegar um treinador bom em jogo para valer vai tomar um nó se continuar com essa postura! Tirar meia e ponta para colocar volante e lateral?!? O cara ñ roda o elenco! É impressionante! Tem ederson voltando, tem o Marlos, lucas silva que sumiu, klebinho que só treina, thiago santos voltou e nada, patrick desapreceu, Linconl entra faltando 5-10 para fazer nada, jaja tb voltou e só treina (tem q ver se evoluiu ou nao) jean Lucas entrou muito bem ontem, mas o cara nao aproveita como deveria… entao fica sempre nessa mesmisse! O time principal é velho e joga sempre, sempre há lesoes e esses “renegados” têm que entrar fora de ritmo, engessados (leo duarte foi um exemplo ontem) e fazem más partidas ou abaixo da media! Futebol nao tem segredo! Um cara q roda bem seu elenco é o roger dos porquera lá! O cara sabe fazer isso sem descaracterizar seu time principal! Precisamos disso! Precisamos deixar esses reservas preparados pra nao abaixar o nivel de jogo quando entrarem!

  • Vejo que na maioria das vezes o problema não é o esquema, e sim as pecas utilizadas.
    Geovanio não tem condições, Renê é muito pior que trauco e tem que ser salvo pelo Cuellar o tempo todo e Jean lucas tem que jogar nesse time.

  • Cansei de ser criticado por defender essa tese, fora de casa contra jogo grande ter apenas um cabeça de área é pedir para perder.
    Jonas e Cuellar daria liberdade para os laterais (se tivéssemos). Jogar sem centroavante seria uma outra opção e um time com muita velocidade. O problema.é olhar pro banco e não ter opções não se faz omelete sem ovos, agradeçam ao Sr Rodrigo Caetano que contratou mau e sem critérios!

  • Precisa de tudo, começar do zero, o time sofre atoa, não mata jogo, entende que ter a bola é o suficiente mas não compreende que há uma imensa diferença entre posse produtiva e improdutiva, o que não cabe dizer aqui, sinceramente não sei como ainda estamos “vivos” nas competições, talvez isso prove ainda mais o quão estamos carentes de futebol de verdade!

    • mas ai tu quer resolver o problema do futebol brasileiro .. flamengo (n o clube, o time ) é so mais um time !! n somos os salvadores do futebol moderno .. so queremos ganhar a porra das competiçoes !! cria um clube e vai treinar o time !!

  • Muito boa essa avaliacao do Lance! Penso parecido! Falta criatividade ao meio de campo, subidas dos laterais e movimentaçáo dos jogadores de lado de campo! Eles têm q entrar mais na area! É visivel quando Vjr entra na área cria mais opção de ataque, quando os laterais vão para cima os pontas nao ficam isolados, saem as triangulações como no gol do dourado e quando os volantes e meias verticalizam o time cria mais! Acho q os caras estão muito estáticos em campo! Ontem os caras estavam numa lentidão imensa! Fiquei com a impressão de estarem se polpando, com pé no freio! Era jogo para ganhar de 2 para cima, mas paciencia! Oq me deixou mais phuto foram mexidas desse treinador! Para resumir a opera, quando pegar um treinador bom em jogo para valer vai tomar um nó se continuar com essa postura! Tirar meia e ponta para colocar volante e lateral?!? O cara ñ roda o elenco e fica pardalando e inventando moda! É impressionante! Tem ederson voltando, tem o Marlos, lucas silva que sumiu, klebinho que só treina, thiago santos voltou e nada, patrick desapreceu, Linconl entra faltando 5-10 para fazer nada, jaja tb voltou e só treina (tem q ver se evoluiu ou nao) jean Lucas entrou muito bem ontem, mas o cara nao aproveita como deveria… e o que é mais impressionante ê esse rene fazendo merd* por tras de merd* e nao sai! O trauco e michael nao tem chances de mostrar serviço! Nao dá para entender! entao fica sempre nessa mesmisse! O time principal é velho e joga sempre, sempre há lesoes e esses “renegados” têm que entrar fora de ritmo, engessados (leo duarte foi um exemplo ontem) e fazem más partidas ou abaixo da media! Futebol nao tem segredo! Um cara q roda bem seu elenco é o roger dos porquera lá! O cara sabe fazer isso sem descaracterizar seu time principal! Precisamos disso! Precisamos deixar esses reservas preparados pra nao abaixar o nivel de jogo quando entrarem

  • Eu acho que o vacilo do Barbieri foi ter tirado o Everton Ribeiro da direita. No último jogo, ele foi mto bem, fazendo uma parceria bacana com Rodinei e eu acho que eles precisam continuar trabalhando nisso. O Geovanio, que o Barbieri tenta recuperar, atrapalhou demais. SRN

    • Perfeito e poderia ter levado pro jogo o Jean Lucas que com o Paqueta melhora muito a transição ofensiva. Um time que tem um Vinicius Jr tem de explorar o cara fora de serie nas jogadas de velocidade. Ta faltando alguem que saiba virar a bola longa pois o mlk fica implorando pra receber livre e a turma toda enrolada do outro lado

      • Contra o Ceará ele jogou na ponta direita, amigo. Ele até fechava as jogadas p meio, abrindo espaço p Rodinei. Isso que eu achei que deu certo e que deveria ter se repetido contra a Ponte. Mas, o Barbieri preferiu joga-lo pro meio e insistir com o Geuvanio…
        Eu acredito que fez pq é o tipo de jogo que é contra um adversário que, apesar de competitivo, é mais fraco – decidiu dar uma moral p cara e tentar recuperá-lo. Mas discordo, acho que tinha que ter colocado apenas um outro meia no lugar do Diego, fazendo assim apenas uma alteração na equipe que deu certo.

  • E tem também o jogador brasileiro que é burro igual uma porteira e não entende merda nenhuma de esquema tático….Você ensina para eles uma coisa e eles fazem outra.

  • Sério, podem até dizer que não foi uma partida brilhante e mais. Verdade que Geuvanio, mds né.
    Mas e claro que o lance do gol tem no mínimo de uma sintonia tática e mais, só um idiota para não perceber que o Flamengo morreu fisicamente na etapa final, sao muitos josgos em sequência. Parem de falar besteira, analisem um pouco!

  • Esse lance e o extra se incomodam muito com o Flamengo. Lider, ganhando jogos fora de casa, 4 jogos sem tomar gols… tem que inventar alguma coisa pra criticar, né?

  • Só vai convencer se classificar na Libertadores, de preferencia não perdendo do River no ultimo jogo e começar a ganhar de times relevantes no Brasieirão e Copa do Brasil, , não dá pra se animar tanto com vitórias suadas contra essas carnes fritas tipo America MG, Ceará, Ponte Preta série B, etc

      • o cara rebaixa os proprios feitos …. corinthians passou o ano passado TODO so com vitorias suadas . ganhava de 1×0 tanto do xv de piracicaba como do gremio … e ganhou a porra do br !!!

        • Então pessoal, é disso que estou falando vamos esperar ganhar suado de 1×0 do Gremio ou Palmeiras/Corinthians etc pra efetivamente nos animar, por enquanto só pegamos times medíocres na tabela não adianta entrar num oba oba por isso

    • Amigo, bote na sua cabeça que o Flamengo GANHOU pq teve seus méritos, pelo esforço em querer vencer, além da qualidade de seus jogadores e não pq os outros times eram ruins. Quando vc estuda muito para uma determinada coisa e vai fazer uma prova e tira um 10, sempre temos a impressão que a prova foi fácil. Mas muitas vezes não olhamos pra si e nos damos os méritos pelo nosso esforço pelo fato de achar que a prova foi mal elaborada ou o prof. fez uma prova fácil. O Flamengo Ganhou os dois ultimos jogos fora de casa com estadio lotado. FLAMENGO foi simplesmente EFICAZ, coisa que a muito tempo não estávamos sendo.

  • Problemas são a falta de variação durante o jogo. Com o atual time titular podemos durante o jogo variar no 4-1-4-1, 4-4-2 e 4-3-3, porém não vemos isso, o que deixa o time previsível, sem falar que os laterais não agregam valores para ajudar esses jogadores na armação. Jogadores que não merecem mais oportunidades nesse time: Pará, Arão(troca pelo Victor Luis do Palmeiras), Rômulo(empresta ao Internacional e pega o Uendel emprestado), Geuvânio(passa o empréstimo dele para o Santos, estavam interessados nele mesmo) e F. Vizeu(libera logo para a Itália). Tragam o Rafinha do Bayern.

    • Diego Alves(César), Rafinha(Rodinei), Réver(Rhodolfo), Juan(Léo Duarte), Victor Luis(Renê), Cuellar(Jonas), L. Paquetá(Jean Lucas), Everton Ribeiro(Berrio e T. Santos), Diego(Ederson), Vinícius Júnior(Marlos Moreno), Guerrero(H. Dourado e Lincoln)

    • vc coloca especulação como verdade .. o palemiras tem 4 volantes q jogam ..eles vao trocar o lateral esquerdo (que jogou mais da metade dos jogos esse ano) por um volante ??? HAHAHAHAH PARA DE SONHAR PORRA!!

    • A questão não seria variar, mas sim mudar o esquema que não está rendendo.
      O melhor jogo do Flamengo no ano (contra o Ceará), o Barbieri escalou o time no 4-4-2 e deu muito certo. Aí ao invés de mantê-lo, o estagiário voltou a insistir no 4-1-4-1 que não vem dando certo.

      • Eu ja acho que tanto faz a formação. É falta de confiança, falta de treinar movimentação sem bola, falta de arriscar um pouco mais que o obvio.

        Qualquer esquema vai dar errado se a atitude for passe lateral de 2 metros sem ninguem arriscar nada diferente.

        • Essa sua teoria teria sentido se o time não tivesse jogado bem contra o Ceará ao mudar o esquema de jogo. Mas de fato confiança e treino ajuda a encaixar o time.

        • Assistindo ao jogo. Não sei se você consegue, mas tente observar o posicionamento dos jogadores no segundo tempo. O Diego jogou mais próximo do Dourado e o Paquetá recuou atuando ao lado do Cuéllar.
          Quando o time defendia, a linha do meio de campo era formado por Vinicius Jr, Paquetá, Cuéllar e Éverton Ribeiro. Diego flutuava a frente dessa linha pela esquerda e o Dourado mais centralizado.

          • Cara, o Diego não jogou de segundo atacante nem com muita boa vontade. Paquetá sim atuou mais recuado, quase como um segundo volante, exatamente a mesma função que fez ontem. O técnico só colocou o ER na função do Diego e o Geuvanio na direita. O esquema foi o mesmo.

          • O Éverton Ribeiro em momento algum jogou avançado como o Diego no segundo tempo do jogo contra o Ceará.
            Não estou aqui para te dar aula de esquema de jogo. Se você não conseguiu ver diferença de formação no segundo tempo contra o Ceará com relação ao jogo de ontem, não posso fazer nada.

          • Olhe o mapa de calor do Diego e do Everton Ribeiro e verá que o segundo se lançou até mais à frente. A diferença, além de serem jogadores distintos, é que o Diego tem predileção pelo lado esquerdo, enquanto o ER se posicionou mais pela direita. Mas nenhum dos dois atuou como segundo atacante. Não precisa acreditar em mim, olhe no footstats.

    • Quem tá falando merda é vc. Não me interessa se os outros times têm consistência tática ou não, mas sim se o Flamengo tem. Vá se educar pra aprender a debater e não a ser grosseiro desnecessariamente, seu brucutu de galocha!

  • O problema não é variação tatica. É falta de criatividade, mesmo. Isso precisa ser estimulado nos treinos. Os unicos que arriscam alguma coisa diferente são paquetá e vjr.

    E Diego é bem superior ao ER. Ontem isso ficou nitido. O Flamengo precisa de mais triangulação, mais jogadas de penetração, precisa treinar formas de oportunizar o chute de longa distancia também.

    É muito do mesmo o tempo inteiro toquezinho pelas pontas, cruzamento.

    O Dourado com todas as limitações correu muito e não tá recebendo bola redonda hora nenhuma tb.

    O time tem uma quantidade de posse de bola absurda mas é só pendulo pra la e pra ca vai e vem ate que lança prs um ponta e cruza na area. A mesma coisa o tempo inteiro. Não fazem uma diagonal, o time não se movimenta bem no ataque sem a bola. Tem numero recorde de passes certos mas se for olhar é tudo passe de 2 metros, quando tenta uma coisinha dierente perde a posse de bola.

  • Eu falei antes do jogo que era pra ele ter entrado com o Jean Lucas como segundo volante e adiatado o Paquetá pra fazer a do Diego e o ER continuaria na direita. Ele colocou o Geovanio que matou o time, depois pra concertar colocou o Jean Lucas, só que ao invés de adintar o Paquetá ele adiantou o Jean Lucas

    • É que o Paquetá tá fazendo essa função de ligação muito bem, ele e o Cuéllar municiam o ataque. Concordo com o técnico nessa e acho que é melhor trazer outro pra fazer a função de Meia Atacante. Só acho que poderia ter começado com o Marlos ao invés do Geovânio

      • Exatamente. Entre tirar o Paquetá da função que ele rendeu mais que em qualquer outra partida e tirar o ER da posição original, ele preferiu a segunda opção. O problema são as opções para essa posição; Geovânio não rende, mas os outros ainda são “craques invisíveis” (ninguém viu jogando).

    • Tem um problemão. Esse esquema é muito, muito forte no meio. Porém completamente desequilibrado nas extremidades do campo. Então entrar com esse time funcionaria talvez contra equipes lentas, mas se tiverem um ponta veloz aí já desmontaria completamente o time porque alguém ia ter que deixar a posição pra marcar.

        • Eu pessoalmente gosto da tua ideia e de times fortes pelo meio. Só acho que não nesse esquema fica muito desequilibrado por não ter nenhum ala ou lateral de origem. Os do meio não correm tanto quanto um lateral, e abririam espaços ao descer pra cobrir uma ala. Claro, ainda assim o esquema é interessante pra jogar contra times lentos ou que priorizam a posse de bola.

  • Esse técnico é só mais um que vai fazer parte da mesmice do futebol brasileiro de fato! Tá difícil de se animar e confiar nesse time, que tem de fato também conseguidos bons resultados mesmo diante de adversários bem mais fracos, mas tá longe de atingir níveis de regularidade e competitividade.

  • Dizer que não tem variação tática no Brasil é não conhecer nada de futebol. Onde que Cruzeiro, Palmeiras, Corinthians e Grêmio jogam igual? Tem equipe jogando com falso nove (caso de Corinthians e São Paulo), outros têm um centroavante de ofício (Fluminense com Pedro e Flamengo com Dourado); tem equipe com três zagueiros (Fluminense), com um volante (Flamengo) ou dois (Palmeiras), cadê a mesmice?! O texto é tão incoerente que ele fala que não faz diferença jogar no 4-1-4-1, no 4-2-3-1 ou no 4-3-3. Como não faz diferença?! Dizer que taticamente não há distinção entre jogar com Arão ou Everton Ribeiro, ou entre Vinicius Junior e Everton Cardoso, ou mesmo entre Geovânio e Jean Lucas é inacreditável. Mesmo um jogador pode mudar de função tática,e o exemplo do Paquetá é nítido. De ponta direita ele virou médio-volante e seu desempenho cresceu de um jogo para o outro. Isso é ou não é variação tática? São características completamente diferentes e isso tem impacto na disposição tática do time. O mesmo vale para qualquer outra equipe, até mesmo na Europa. O Liverpool perdeu o Coutinho e mudou seu jeito de jogar, com vários jogadores mudando seu posicionamento. Em resumo, assista as partidas novamente e com mais atenção.

  • A CT vai ter que se concentrar nessa saída de bola. Na hora que Fla pegar um time que marque alto grande parte do tempo essa zaga e laterais irão sofrer e dar muito chutão, pois a qualidade de quase todos eles é baixa fora o Juan e Rodolfo. Definitivamente, eles recorrem exageradamente ao goleiro (bola pra tras) por falta de recurso tecnico e obviamente confiança. Fla não irá longe com essa zaga q é fraca na saida de bola

  • Alem da melhoria da zaga qto a qualidade na saida, é importante a ação cada vez mais intensa de Diego na reposição de bola com qualidade, ate por saber que sua zaga não tão é qualificada no fundamento. Flamengo teve grandes goleiros que saiam bem com os pés e com as mãos, mas para isso é necessário, treinamento, posicionamento e rapidez na reposição que muitas vezes pode redundar em gol. Raul foi craque nisso.

  • Criação de sites e aplicativos para celular