Réver comemora classificação, mas admite: “Não fizemos nosso melhor jogo”

O Flamengo entrou em campo contra a Ponte Preta necessitando apenas de um empate para se garantir na próxima fase da Copa do Brasil, uma vez que tinha ganho a primeira partida em Campinas, por 1 a 0. Dessa forma, o Rubro-Negro fez valer a vantagem do empate e, após o 0 a 0 no Maraca, diante de pouco mais de 50 mil torcedores, o Fla se classificou para as quartas de final e agora aguarda definição do adversário que enfrentará na próxima fase do torneio. Na zona mista, o zagueiro Réver comentou sobre a partida truncada e a sua situação física.

Sobre o jogo é claro que queríamos ter vencido, mas acabamos não fazendo os gols. O mais importante foi a classificação, e mais uma vez saímos sem sofrer gols. Tivemos algumas dificuldades, mas conseguimos anular o adversário. Em relação ao aquecimento, eu senti uma dor no meu adutor. A sequência de jogos vem tendo um certo desgaste, então é natural que a gente sinta um pouco de cansaço. Isso acabou ficando um pouco nítido ao final da partida. Poderíamos ter controlado melhor a posse de bola, mas a ansiedade de querer fazer o gol diante de nossa torcida acabou fazendo com que ficássemos mais expostos. Mas felizmente saímos com o nosso objetivo, que era a classificação.

O capitão Rubro-Negro admitiu alguns erros da equipe quando esteve sem a posse de bola, perante a vantagem do empate.

Na verdade eu acho que a nossa proposta de jogo acabou sendo diferente do que o combinado. Tinhamos o resultado em mãos e isso acabou fazendo com que pudéssemos entrar um pouco desatentos. De repente hoje não fizemos nosso melhor jogo, mas acabamos saindo com a classificação, que era o nosso objetivo.

Diante do triunfo, o Mengão agora se prepara para o embate contra a Chapecoense fora de casa, na Arena Condá. Caso vença a equipe catarinense, o Mais Querido seguirá na primeira colocação isolada do Campeonato Brasileiro. A partida está marcada para o próximo domingo (13), às 16H (horário de Brasília) e é valida pela quinta rodada da competição.

Veja também

  • Ufa, que bom que o discurso mudou. Estão mais realistas, estão enxergando o jogo. Não jogaram mal, mas também não foram bem pois não fizeram gols. Reconhecer onde errou é o primeiro passo para acertar.

  • o time tá pregado, muitos jogos seguidos…. barbieri não quis arriscar nenhuma frente, diferente do renato gaúcho, por exemplo, que tem o elenco na mão, há um bom tempo na frente do grêmio.
    foi um ótimo resultado sim.
    agora é mesclar contra chape e chegar inteiro contra o emeleca, o jogo mais importante do ano até agora.

  • Pelo menos tiveram essa consciência de que jogaram pouco, assumindo um risco enorme e desnecessário na partida, por pouco não deram brecha pra mais um vexame.

  • Respeito comentários como: ” o objetivo era a classificação”. Mas vamos refletir: Comemorar o fato de não tomar gol é pequeno. O que o Flamengo jogou de verdade ontem? Essa irritante irregularidade irrita. E aí vale a redundância sim.
    52.000 pessoas e o flamengo não consegue controlar o jogo, fica flertando com o azar ,oferecendo chance ao adversário. Vamos torcer, mas como não sermos críticos com um jogo desse apresentado pelo time? Vcs estão de sacanagem, só pode. Não é possível. Havia necessidade do flamengo, jogando com a Ponte Preta (série B), sem 1 torcedor sequer, com todo respeito, passar por isso? Convenceu a quem o futebol apresentado? Lógico que foi bom pela classificação, mas extremamente preocupante para as próximas fases. Parem de tapar o sol com a peneira. O time não tá pronto. Fato.

    • Quem disse que o time ta pronto? Quem em sã consciência, não enxerga os defeitos da equipe, do elenco e do seu técnico?

      Mas, papel de torcedor é torcer cegamente sim, principalmente quando o time joga com dedicação, raça. Alguns jogadores, claramente esgotados, também jogaram com vontade mas erraram muito.

      O que adianta ficar dando xilique aqui? Ajuda em que? Não há tempo para grandes mudanças este ano. O nosso papel é de apoiar sempre, a torcida tem que fazer o seu papel para ajudar os jogadores! Corneta não ajuda em nada agora!

      SRN

    • Kkkk po cara visivelmente o time estava cansado ontem por isso não apresentou aquele futebol que vinham jogando. Mas tiveram volume de jogo

    • Rapaz… Acho que você viu o VT contra o Santa Fé. kkk

  • No geral gostei, mas sim ficou um gosto de quero mais. Concordo, que no final o time cansou muito, Paquetá tava bem desgastado, ai tem que fazer o rodízio…é novo, mas não é de ferro. O time começou muito bem, mas a forte marcação da ponte dificultou. O Fla tem que saber sair desse tipo de situação, que vai acontecer com mais frequência. Geuvânio, não dá, eu acho que Marlos Moreno poderia entrar mais…Everton Ribeiro tem que atuar pela direita aonde se sente a vontade. A esquerda ficou muito ruim: Vinicius muito mal no jogo (tem que seguir, foi um dia ruim), e Renê, não tem condições eu retornaria com o Trauco. A defesa foi bem, e a meu ver o time apresenta evolução. Vamos ver os próximos jogos.

  • Aqui é o seguinte: quando se ganha todos os jogadores fizeram uma belíssima partida!
    Quando empata, não estamos falando de derrota, Rever tá velho não aguenta mais, Paquetá seu futebol subiu a cabeça, VJ só tá querendo fazer graça!
    Tem um monte de torcedores que são torcedores de resultado!
    Lembre-se que no futebol hoje não existe mais ninguém besta naum!
    E do outro lado também tem um time que foi treinado e teve dedicação para vencer a partida também!
    Vamos parar de ser modinha e torcer para o time nas adversidades também!
    Valeu?!
    MENGÃO sempre!

    • Concordo. Ainda falta muita coisa a ajustar pessoal. valeu pela classificação e só. Chegou a ser irritante ontem.

    • A parte do Réver não é mentira, mesmo ganhando do Internacional, eu cornetei ele bastante aqui na Coluna, então não é apenas resultado, já há um bom tempo o Réver não joga bem, todo jogo que o adversário dá uma apertada ele se mostra inseguro. Se é a idade eu não sei, mas que ele não é nem um pouco confiável, isso pode ter certeza.

  • Rever fraquissimo. A idade chegou. Se a bola não chegar perto da testa dele, não corta lançamento. Se qualquer jogador cortar pro lado, ele fica na saudade. Ta fod@ irmão, se aposenta.

  • Olha, há tempos eu bato nessa tecla aqui na coluna. O tempo do Réver já passou, ele é lento demais, além de se achar um craque! Sempre avança ao ataque, perde bolas, sem contar q no lance da bola na trava da Ponte Preta, o jogador adversário sai de trás dele e chega na frente. Nossa sorte, foi q faltou competência ao jogador adversário para fazer o gol. Não estou dizendo q o Réver não sirva para o Flamengo não, só estou dizendo q o Flamengo precisa investir em dois zagueiros para titular o qto antes, pq com Réver e Juan será difícil conquistar algo no libertadores e no brasileiro (qdo enfrentarmos times mais fortes). Sem contar q o brilho de Paquetá e VJ nos jogos anteriores, parece já estar subindo a cabeça, agora os garotos querem sempre fazer o mais difícil em campo e uma jogada de efeito. Bom, não estou criticando, até pq são pratas da casa e excelentes jogadores, mas precisam q alguém chegue neles e abram seus olhos. Contra a Chape, eu iria com o time reserva, pq na próxima quarta, será nosso jogo da vida e os titulares precisam de descanso, pois ficou evidente q dos 30 minutos em diante do segundo tempo, muitos já não aguentavam mais.

  • Principalmente ele que ta muito lento e jogando muito mal, ele deixar aquele cara chutar aquela bola que bateu na trave foi inadmissível, até pq ele tava mais na frente q o atacante e o capitão tem que ser outro,ele não serve. Flamengo tem que contratar um zagueiro pro lugar dele talvez esse polenta, se o Rodolpho tivesse apto seria ele eo Juan ou ele eo Leo Duarte por enquanto

  • Pelo menos dessa vez todos estão reconhecendo que não fizeram o seu melhor em vez daquele discurso patético de outrora.

    • Também me chamou a atenção o discurso diferente.

Comentários não são permitidos.