Rica Perrone: “Sofre porque quer”

Esperei a noite passar porque sou radicalmente contra ser o esfriador de paixão alheia. A noite do rubro-negro deveria ser de festa e não de análise. Líder é líder, e vencer no Horto é altamente comemorável.

O ponto é que não consigo fazer um texto cheio de elogios e paixão num jogo que me reflete exatamente o que penso sobre futebol. Um time que sofre porque não tem nada coletivo e outro que joga mesmo não tendo nada especial individualmente.

O resultado? Ora, você viu o jogo. O resultado aconteceu. Não foi construído. E isso não pode mudar a avaliação que faço de mais um jogo ruim do Flamengo. Mais um bom jogo do Galo, embora o placar me desminta num lance incomum.

“Ah tinha desfalque!”, não se engane. O Flamengo joga mal com ou sem eles. Não faz nem 3 dias vocês, rubro-negros, diziam a mesma coisa que eu.

Você não tem porque sofrer com Diego, Everton, Paqueta e Vinicius em campo.

“Aprendeu a sofrer”.

Porque?! É pra sofrer que se investe tanto em reforços caríssimos mesmo tendo na base as soluções mais óbvias e de bons resultados da história do clube?

O Atlético tem um time com limitações bem maiores que as do Flamengo, especialmente na frente. Mas não considero o time do Galo ruim, não. Até gosto do time.

Mas é dele o papel de apresentar um jogo coletivo, bem estruturado, com posse de bola e mais que o dobro de finalizações?

O Flamengo é líder porque tem time, uma boa tabela e jogadores que resolvem jogos. O  coletivo do Flamengo é ruim. O time não joga bem, cria pouco e não condiz com o que se espera desses jogadores.

Mas hoje é líder. Então todos são ótimos. Se quarta-feira não for, ninguém presta. E esse é o lado delicioso de ser o Flamengo.

Abs,
Rica Perrone

Reprodução: Rica Perrone

Veja também

  • Nada a ver . Tivemos um jogo pesado na quarta , seguido de viagem e sem intervalo pra treinar. O Atlético se preparou a semana inteira, e jogou pressionado por ter sido desclassificado em todas as outras competições. Nessa circunstância o resultado foi excelente, com o time se doando na marcação. O VJ até teve cãibras no final. Valeu muito Mengão…

  • Agora ele se entregou de vez! Anti detected!

  • O que mais me espanta,é que varios tecnicos (experientes ou nao),ja comandaram o flamengo e nenhum conseguiu fazer com que esses jogadores joguem como um time de verdade.em nenhum momento isso aconteceu…vitorias estao vindo apenas com lampejos de um ou outro jogador…

  • Qual seria o time ideal do fla?o do Barbie que se defende mais e ataca pouco,ou o fla do Ze Ruela que atacava muito,fazia gols mais tomava muitos tambem?

    • Acho que, hoje, a primeira opção é melhor, pois parece algo mais propenso a nós levar a títulos. Parece algo mais equilibrado, também prefiro meu Flamengo jogando pra frente. Porém precisamos de um título relevante.

  • Na minha opiniao essa parada pra copa sera de grande importancia pro FLAMENGO,pois alem de alguns jogadores machucados volta como caso de Berrio tbm vai voltar o talento do futebol de Diego tbm algumas contratação como V. Love tudo isso só tem a melhorar ainda + o MENGÃO

  • Eu entendo da seguinte maneira: TEMOS QUE ENCARAR A REALIDADE

    Não temos um elenco como o do Real Madrid, que tem por obrigação mostrar um futebol vencedor, e ainda que jogando mal, se aproveita dos erros adversários e define seus títulos.
    Não temos nem elenco nem técnico que nos garanta um futebol não apenas vistoso como tbm vencedor, esse sonho ainda está distante! Por outro lado, não podemos pensar que a “sorte” sempre estará do nosso lado.

  • Acho que todos os rubro-negros ficaram felizes com a vitória. O problema é que quem assistiu o jogo ficou com a pulga atrás da orelha. Há uma dúvida sobre esse modelo ser sustentável. Será que dá pra ser campeão jogando por um lance? Será que vale a pena jogar por um lance, quando temos um elenco que pode bem mais?

    • dá sim, vide o Corinthians ano passado, mas me diga uma coisa, qual a prova que vc tem de que esse elenco pode bem mais?

      • Aí é q está o grande engano da maioria dos nossos torcedores… Não jogamos contra o Atlético Mineiro igual o Curinthians… Nosso sistema de marcação está longe de ser igual eles… Essa é a diferença, elese entregam a posse para o adversário, porém o Cássio quase não sofre…pois é muito bem protegido!!
        Sábado foi o acaso… se repetir esse jogo de novo, corre um grande risco de sair derrotado!!
        Porém não podemos deixar de comemorar esse excelente resultado… Comemorar sim, achar que esse é o jogo, não…

        • o que eu quis dizer é que pra ganhar precisamos utilizar de todas as armas que temos…

    • Acho que estamos caindo numa armadilha da imprensa… esta historia de jogar por um lance eh sim para time pequeno… no Sabado nao jogamos assim, tivemos um impedimento mal anotado do Henrique Dourado e uma chance clara nos pes do VJr em jogadas muito paracidas coma do gol, no segundo tempo tambem perdemos alguns contra ataques ate a jogada do gol… contabilizando estas tres oportunidades como claras, ficamos quase em igualdade de condicoes claras do patetico mineiro…

  • Esse Rica Perrone junto com Arthur Mulemberg arrebentam nas suas colunas! Apesar da satisfação de ver o Mengão na ponta da tabela, não dá para se iludir com esse time, se durante a Copa algumas coisas não acontecerem, tipo reforço e um técnico de verdade, não dará para sonhar com muita coisa. Não vai ser todo jogo que teremos uma pitada de sorte, jogando uma bolinha tão fraquinha.

Comentários não são permitidos.