Thuler diz que, no início, seu desejo era jogar em outra posição

Muitos jogadores quando ainda são jovens trocam de posições até encontrarem a ideal e fixarem nela. Com Matheus Thuler não foi diferente. O zagueiro, que atuou no Fluminense quando pequeno, não desejava jogar nessa posição e, em entrevista exclusiva ao Globoesporte.com, o jogador revelou em qual gostaria de jogar.

Thuler afirmou que, ao ter que optar em qual posição atuaria, colocou a de volante. Tudo porque ele não desejava atuar como zagueiro, queria mesmo era ficar no meio-campo. Porém, como sempre tivera uma boa estatura, o treinador sempre optava por colocá-lo no setor defensivo.

Tinha que escrever num papelzinho a posição. Coloquei volante. Não queria jogar muito atrás não. Queria pelo menos ficar um pouco mais para o meio de campo (risos). Mas eu já era alto e desde o primeiro treino me colocaram de zagueiro —, contou Thuler.

Jogando como zagueiro, Matheus chegou aos profissionais do Rubro-Negro e vem obtendo certo destaque. Se em 2017 ele atuou apenas uma vez, esta temporada o camisa 26 disputou dez jogos e vem sendo decisivo com o Manto Sagrado.

O garoto de 19 anos teve que atuar contra o Atlético Mineiro, pelo Campeonato Brasileiro, no Estádio Independência, e correspondeu bem às expectativas de Mauricio Barbieri no jogo que terminou 1 a 0 para o Mengão. Já pelo último cotejo antes da Copa do Mundo da Rússia, o defensor atuou novamente. Dessa vez, contra o Palmeiras, no Allianz Parque, e marcou o gol — o primeiro em sua breve carreira entre os profissionais — de empate do Mais Querido. A peleja terminou um a um.

Inclusive, as boas atuações de Matheus Thuler e Léo Duarte, fizera com que o clube freasse a ida ao mercado de transferências em busca de um zagueiro. Antes, a posição era vista como prioridade entre a comissão técnica e os dirigentes. Atualmente, o Flamengo conta com cinco jogadores para a posição: Juan, Réver, Rhodolfo, Léo e Thuler.

Veja também