Flamengo volta ao vôlei profissional no segundo semestre

O Flamengo espera o fim da Copa do Mundo para anunciar seu novo time adulto feminino de voleibol que disputará o Campeonato Estadual e a Superliga B na temporada 2018/19. O clube decidiu aguardar a principal competição planetária do futebol terminar porque fazer a divulgação da equipe agora não traria o efeito de marketing desejado. Confira abaixo as últimas notícias e alguns exemplos de prêmios pagos pelas casas de apostas na última temporada.

Como apostar?

Há duas formas básicas de se apostar em voleibol. São os chamados investimentos a curto e a longo prazos.

A primeira opção é no que diz respeito ao próximo jogo. França x Brasil. Quem vence? Vamos para o tie-break? Quem será o maior pontuador? Teremos mais de X pontos na partida? Como termina o primeiro / segundo / terceiro / quarto / quinto sets? Como você pode ver, são várias as opções e colocamos uma tabela mais abaixo mostrando algumas delas.

Já a longo prazo, você investe em quem será o campeão de algum certame. Neste momento, por causa do investimento no plantel, da tradição e da campanha, a França é a maior favorita ao bicampeonato da Liga das Nações masculina e está avaliada em R$ 3,15 / um, segundo o Oddsshark.com. O Brasil aparece cotado a R$ 4,00 / um e os Estados Unidos a R$ 7,17 / um.

Este artigo é sobre o Flamengo, você pode aplicar seu dinheiro na fase final da Liga das Nações Masculina que está em andamento.

Alexandre Dantas no comando

Alexandre Dantas, que já trabalhava no Flamengo, será o técnico do novo sexteto. Ele foi treinador de diversas equipes da base da Gávea e em 2017 gerenciou o departamento de voleibol. Apesar de não ter um time adulto forte há muitos anos, o Mengão manteve escolinhas e equipes nas categorias mirim, infantil, infanto-juvenil e juvenil para ambos os naipes.

O novo comandante também assumiu a supervisão das seleções de base masculinas da Confederação Brasileira de Voleibol. Será que ele dá conta de tantas responsabilidades?

Nomes das primeiras contratadas vazaram

Segundo o site especializado “Melhor do Vôlei”, já assinaram contrato com O Mais Querido oito jogadoras.

Do arquirrival Fluminense chegaram a levantadora Rafaela Lima e a líbero Fernanda Oliveira.

As ponteiras vêm do Country Club de Valinhos: Natasha Valente e Nayara Félix.

Já as opostos foram encontradas no exterior: Angélica desembarca Israel, onde defendia o Hapoel Kfar Saba, e Fran Lemos descansa do frio da Finlândia, onde trabalhava no Orpo.

As duas centrais contratadas são Ju Mello (ex-Osasco) e Luiza Scher (ex-Botafogo).

Algumas revelações do juvenil completarão o grupo. A oposta Allana Capella, da seleção brasileira da categoria, é uma delas.

Conversas continuam

Ainda segundo o “Melhor do Vôlei”, as conversas com outras atletas ainda estão em andamento. Será que vem alguém experiente? Um dos nomes mais comentados na Gávea é da possibilidade da líbero Fabi, que recentemente se aposentou, voltar às quadras. Ela é flamenguista doente e poderia ser a líder do time que visa recolocar o Flamengo na elite.

Competições em 2018/19

A equipe rubro-negra não terá um investimento tão alto quanto os das grandes potências do país. O primeiro teste do time será o Campeonato Estadual, que contará com dois rivais da primeira divisão da Superliga: o fortíssimo SESC e o Fluminense. É possível que outros competidores se inscrevam, como Botafogo e Tijuca Tênis Clube.

Já a Superliga B começa a ser disputada em janeiro e a CBV ainda não divulgou o nome dos participantes.

Histórico de glórias

No mesmo mítico ano que o Flamengo conquistou a Taça Libertadores da América, Jackie Silva, Isabel, Regina e companhia conquistaram o Campeonato Sul-Americano Interclubes de 1981.

O Mengão já foi campeão brasileiro três vezes: 1978, 1980 e 2000/01, na épica final contra o Vasco da Gama no Maracanãzinho.

Em relação ao Estadual, são onze conquistas, mas estamos na fila desde 2000.

O retorno do Urubu é uma correção de seu rumo voltado ao desportismo. O clube não participa da Superliga desde 2005/06 e do Estadual desde 2014.

Vamos ver alguns prêmios pagos pelo Oddsshark.com na temporada passada?

O Praia Clube de Uberlândia arrasou o SESC na final da Superliga por 3 sets a 0. O resultado gerou um lucro de 58% ao investidor, de acordo com o Oddsshark.com.

Zebra é mais difícil de acontecer no vôlei do que no futebol. Porém, quando ela acontece, paga-se bem. Foi o caso quando o lanterna SESI bateu o São Caetano por 3 a 1. A recompensa foi de R$ 5,47 / um, segundo o Oddsshark.com.

Clique neste link do Oddsshark.com para mais informações.