Mais atacante? Certeza?

É sempre um desafio escrever sobre o Flamengo, especialmente quando o time ganha jogando mal ou quando perde jogando bem. No caso das vitórias jogando mal, não se pode apontar as falhas, ou dizer que um jogador se superou, e que na realidade trata-se de um jogador limitado. No caso contrário é ainda mais complicado, é preciso que se diga que o time jogou mal, não importa se o gol do adversário saiu apenas de um lance fortuito, escrever sobre o Flamengo é sempre uma missão. Torcida apaixonada é sempre mais amor do que razão.

Estou escrevendo essa coluna algumas horas depois do jogo contra o São Paulo. Não vou comentar os detalhes do jogo especificamente, mas vou apontar para uma questão que ainda não consigo responder: alguém pode explicar quais as razões que levam a comissão técnica a não se posicionar com relação a falta de laterais bons no elenco?  Na melhor leitura que faço dos nossos laterais, eles são apenas razoáveis (quando estão em grandes dias). Faz alguns meses que o nosso técnico vem jogando com apenas um volante. Qualquer pessoa que minimamente entende alguma coisa sobre tática identifica a necessidade de grandes laterais para esquemas com apenas um volante. Eles precisam ser rápidos, inteligentes na cobertura, e que saibam cruzar, já que tem a função de suportar o atacante que cai pelos lados do campo. Por outro lado, eles têm que ajudar e muito nas coberturas, tanto do volante (com muita frequência), quanto dos zagueiros. Nesse caso, quando estamos nos defendendo, na hipótese do zagueiro ter que dar o combate, o lateral tem que ser o homem que o cobrirá. A ideia, já comentada em outras colunas, é a flutuação defensiva. Não vejo outra maneira de jogarmos com apenas um volante, não importa que seja, se não tivermos laterais capazes de entender o sistema defensivo e serem opções ao volante para saída de bola pelos lados do campo; finalmente que saibam cruzar. Apesar de alguns dos nossos laterais terem alguns predicados defensivos, eles ainda não são capazes de entender as nuançes das variações e ainda erram em simples posicionamentos. Vejam no gol do São do Paulo. No cruzamento, Renê e Rodlindo estão fora das suas posições originais. Errado mas aceitável em situações de cobertura ou contra-ataque adversário.

No caso Rodlindo marca o ontem, e Renê marca o amanhã!

Gol do São Paulo –Rodlindo enraizado e Renê bunda no chão… o Rodlindo na mesma posição da foto anterior, diga-se de passagem, a melhor posição para assistir ao jogo.

Ainda de passagem defenda-se o jogador. O Rodney corre muito, mas na hora do posicionamento defensivo erra muito e muitas vezes, estático, observa os lances de dentro da área (exatamente como faz o seu suplente), ontem a sua raiz que se cria rapidamente em cruzamentos adversários, nos custou um gol.

Um time que está se organizando, que tem três campeonatos pela frente, lidera o campeonato brasileiro, não pode acreditar em boa fase de laterais medianos (Renê antes da pausa) para manter o esquema e aspirar ser campeão de alguma coisa. Sem laterais melhores, mesmo o time organizado ajudando aos medianos, vai ser bem mais difícil vencermos alguma coisa.

Veja também

  • Cara, eu penso da seguinte forma: um time que tem uma defesa sólida, um goleiro que não deixa passar nem sinal de wi-fi mas um ataque nulo que não faz gol nenhum, termina a partida com 0X0 e apenas um ponto. Já um time com uma defesa com Rafael Vaz, Welinton e Muralha, toma gol até do meio de campo e leva dez gols por partida, mas tem um ataque matador, que a cada gol que leva faz mais dois, acaba a partida vencendo por 11X10 e três pontos. Futebol é bola na rede e tem que fazer gols se quiser ser o campeão. Simples assim.

  • Não consigo entender é obrigado a jogar no 4/1/4/1 ? Não podemos jogar no 4/4/2 sem atacantes fixo pelos lados ?????

  • Oq temos nas laterais compões bem o time principal, não tem nada tão melhor por aí em time nenhum… Nenhum jogador que atua na América dará certeza alguma de que com o Manto jogará mais que os nossos que fazer os seus papéis.. Nosso meio de campo e nosso ataque, com Vitinho se contratado, é muito superior aos demais e nos capacita a ganharmos tudo…
    Texto bobo do amigo… 😉

  • Hoje há sim uma carência no ataque, mas contratar apenas para o ataque não vai bastar, qualquer um que acompanha o Flamengo sabe disso, exceto os iludidos que ainda acreditam na mentira do “elenco qualificado”, que só é ótimo quando não é utilizado, mas quando se exige algo do tal elenco, ele nunca corresponde.

  • Sim, mais atacante, pela esquerda.
    As saídas de Éverton Cardoso e de V. Jr. deixram um grande vazio na extrema esquerda do Mengão. Marlos não convenceu que pode ser a solução e a equipe precisa ser reforçada.
    Antes de pensar em gastar milhões, penso que Barbieri deveria dar uma chance a uma antiga jóia: Thiago Santos. Se Thiago não mostrar competência, creio que uma alternativa seria o deslocamento de Éverton Ribeiro para a esquerda (com alguma perda de velocidade, e a entrada de Berrío (quem sabe quando retornará), pela direita ou de Lucas Silva, garot muito bom de bola. Vitinho, não me convenceu nem um pouco, que vale 50 milhões

  • Que raio de jogador é esse tal deRodlindo queria não conheço, contratação nova?

  • Precisamos contratar o Adriano lateral e aproveitar o Wesley lateral da base e seleção (melhor que todos) e pegar o Thiago Maia e vitinho diretoria

  • Você foi muito feliz e duas colocações no seu texto.
    a primeira foi: “É sempre um desafio escrever sobre o Flamemgo. concordo com sua resposta em que a torcida é mais emoção e pouca razão. Isso dificulta numa debate sóbrio e sensato sobre uma visão correta de direção do Clube, e a mais preocupante e como a diretoria é lenta, infeliz e tem um centro de inteligência burro, que insiste em pagar muito caro para os padrões Brasileiro em jogadores sem garantias de resultados, ou , próximos de ser um bom investimento.
    A segunda colocação e que mais me deixa intrigado foi: “alguém pode explicar quais as razões que levam a comissão técnica a não se posicionar com relação a falta de laterais bons no elenco?” não tem como continuarmos fazendo vista grossa para esse silêncio torturante da diretoria, queremos 45 Milhões para trazer Vitinho( nada contra ele) mas não podemos investir em laterais pontuais para sanar esse problema que já se arrasta por duas ou três temporadas, eu sou defensor do modelo administrativo (Financeiro) do Bandeira, mas definitivamente os que tem as palavras finais para contratar nesse centro de inteligência, junto com o Presidente, são pífios, nem quero levantar calúnia e espero que nem chegue perto disso, sobre ganharem dinheiro por fora nessas contratações.

  • Primeiro,tem que valorizar os meninos. Lincoln é o melhor atacante do Flamengo (9). Não precisa mais ninguém, senão um reserva . Pra quê tantos atacantes? Outra: Guerreiro é atraso de vida. Fora, Guerreiro,vai com Deus.

Comentários não são permitidos.