Primeiro goleiro profissional do Flamengo morre aos 105 anos

O Flamengo se despediu na madrugada deste sábado (28) de Fernando Botelho. O ex-jogador, que tinha 105 anos, faleceu vítima de uma parada cardíaca, no Hospital São Lucas, em Copacabana, no Rio de Janeiro, e deixa a esposa Alais, o filho Fernando e o neto Fabio.

Fernandinho, como costumava ser chamado, foi o primeiro goleiro profissional do Rubro-Negro e estreou justamente em um Fla-Flu, no ano de 1931. O clube não deixou de prestar uma homenagem ao histórico arqueiro e ídolo do Mengão.

— Hoje damos adeus a um ex-atleta e eterno ídolo rubro-negro. Fernandinho, primeiro goleiro profissional do Clube de Regatas do Flamengo, cuja história se entrelaça à do Mais Querido do Mundo, faleceu aos 105 anos e deixará uma saudade gigante em nossos corações #FernandinhoEterno —, publicou em seu Twitter.

O ex-goleiro estreou na vitória do Fla por 1 a 0 sobre o Flu, em 1931. No entanto, devido a um problema no joelho, tivera que abandonar o futebol três anos depois, em 1934. Em seu primeiro jogo, inclusive, Fernandinho ajudou o Urubu a quebrar um jejum de três anos sem vencer o rival tricolor.

O ex-atleta também tem a menor média de gols sofridos na história do clássico mais charmoso do Brasil. Ainda não há informações sobre o horário do velório, que será realizado no Cemitério de São João Batista, segundo o Globoesporte.com.

Veja também

  • Foi definitivamente o nosso número 1, vai com Deus, obrigado por ter iniciado a supremacia rubro negra meu amigo…

Comentários não são permitidos.