Drible de Corpo: “O erro que o Inter não pode cometer: Guerrero teve seis técnicos diferentes em três anos no Flamengo”

Não justifica o fraco desempenho de Paolo Guerrero no Flamengo, mas serve de alerta para o Internacional, que apresentou o centroavante nesta quarta-feira como principal reforço da temporada: em três anos de contrato com o clube carioca, o peruano teve seis técnicos diferentes. Só não são sete porque ele estava suspenso durante a última passagem de Paulo César Carpegiani pelo Ninho do Urubu.

O entra e sai de técnicos no Flamengo tem uma parcela de colaboração na irregularidade de Guerrero com a camisa rubro-negra. Estreou sob as ordens de Cristóvão Borges e depois foi comandado por Oswaldo de Oliveira, Muricy Ramalho, Zé Ricardo, Reinaldo Rueda e Maurício Barbieri. É muita troca em tão pouco tempo. Diferentes filosofias de jogo, formas distintas de ver o futebol. Ideias atuais e pensamentos retrógrados.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos, para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir! 


A instabilidade dos técnicos também é um problema crônico no Internacional. Para se ter uma ideia, no período em que Guerrero defendeu o Flamengo, ou seja, de julho de 2015 a agosto de 2018, o time colorado teve oito técnicos diferentes: Diego Aguirre, Argel Fucks, Paulo Roberto Falcão, Celso Roth, Lisca, Antônio Carlos Zago, Guto Ferreira e o atual, Odair Hellmann. Assim como o Flamengo, o Inter é máquina de triturar técnicos.

No Corinthians, Guerrero só foi comandado por três: Mano Menezes, Cristõvão Borges e Tite. Resultado: saiu do Timão como maior artilheiro estrangeiro do clube, com 54 gols, e herói da conquista do Mundial de 2012.

A tendência é que a pressão sobre o excelente trabalho de Odair Hellmann aumente com a chegada de Guerrero. Principalmente, para escalar o camisa 79. Como se não bastassem os desafios de administrar as vaidades de Jonatan Álvez e de Leandro Damião, e adaptar o Inter ao estilo de Guerrero, é preciso abastecê-lo, transformá-lo no homem-gol que poucas vezes foi na carreira.

Com a camisa do Flamengo, Guerrero só foi artilheiro do Campeonato Carioca de 2017, com 10 gols, e da desprezada Primeira Liga de 2016, com três, ao lado de Diego Souza. Além disso, conseguiu ser o goleador da Copa América de 2011, na Argentina, e de 2015, no Chile.

Como escrevi no início do post, o entra e sai de técnicos no Flamengo não justifica o fraco de desempenho de Guerrero com a camisa rubro-negra. Mas ajudou a atrapalhar, e serve de lição para o relacionamento do Internacional com seu mais novo centroavante.

Reprodução: Blog Drible de Corpo | Correio Braziliense

Veja também

  • Que palahaçada parem de inventar desculpas para o péssimo desempenho desse Peruano meia boca…

  • Romário, Zico jogaram em vários clubes e técnicos diferentes, e nunca deixaram de ser craques e encher as redes de gols, desculpas esfarrapadas desse jornalista para proteger esse pereba do Guerrero, q só tem nome. Kkkkkkk

  • Notícia do flamengo?

  • PORRA ESSE SITE É DO GUERRERO?

  • A culpa é dos tecnicos. Ah va!

  • Só essa coluna mesmo para ficar dando notícia para um estrume desse… Muda o nome para Coluna do Guerrero

  • Coluna do inter, é você?

  • Queria entender que porra de COLUNA DO FLAMENGO é essa que fica fazendo matéria de jogador que não é mais do clube, que dá atenção a dirigente que fudeu o clube… Vtnc

  • coluna do F-L-A-M-E-N-G-O!!!!!!!!!!!!!!!!!! 1…. 2… 3… Deu já, de matéria desse cara!!!

  • Nada a ver .1o foi escroto ele só se preocupou com a seleção dele . forçou um monte de cartões pra se poupar pra seleção do Peru. Mal caracter .até simular contusão fez.Eu vou parar de ler matérias desse site. Parece que gostam de criticar o Flamengo à qualquer custo

  • Não é mais jogador do clube e não deixou saudades. Pq todo dia tem matéria dele no sítio?

  • Erli vai a funda u Inter erli só fez aquele gol nu mudial por que erli esta só zinho

  • Nada a ver. Se fosse isso, todos os outros jogadores estariam mal e sem render o esperado. Guerrero simplesmente está no processo natural de fim de carreira. O problema é achar que é um garoto de 23 anos. Obrigado pelos serviços prestados, boa sorte e tchau!

  • Esquece esse mala, tira todas as noticias desse traidor, que no final do contrato fingiu uma contusão, pra não jogar e poder ir pro Internacional, mostra de que não é profissional e sim MERCENÁRIO.

  • Essa desgraça é que é ruim msm

Comentários não são permitidos.