Contrato do Fla com a Double Pass se encerra em dezembro, e renovação é dúvida por conta de eleição

FOTO: VENÊ CASAGRANDE/COLUNA DO FLAMENGO

Por: Venê Casagrande

Na temporada passada, o Flamengo firmou parceria com a Double Pass até dezembro deste ano. O acordo prevê que a empresa belga preste consultoria ao clube para identificar e desenvolver novos talentos do futebol de base para o profissional. No entanto, com vínculo prestes a ser encerrado, a continuidade no processo ainda é dúvida e só vai ser decidida após a eleição presidencial, prevista para ocorrer em dezembro.

O Flamengo pretende estender a parceria com a empresa, mas a renovação ainda depende de alguns fatores para ser de fato concretizada. A ideia é prolongar o projeto por mais seis meses ou até um ano, faltando somente a discussão sobre como será a parceria e quais produtos serão “adquiridos” durante o novo vínculo com o clube da Gávea.

Mesmo com as eleições tomando conta dos bastidores do Fla, o trabalho realizado pela Double Pass segue em andamento. Os consultores da empresa, inclusive, costumam comparecer aos jogos do time carioca, com o objeto de executar análises aprofundadas da equipe.

Um dos consultores da empresa estava presente no clássico contra o Fluminense, do último sábado (Foto: Venê Casagrande/Coluna do Flamengo)

A Double Pass foi a responsável pela reformulação do futebol alemão, visando à disputa da Copa do Mundo de 2014. A consultoria trouxe resultados expressivos durante a parceria, e o país acabou levando o título mundial pela quarta vez em sua história.

QUAL É O TRABALHO REALIZADO PELA DOUBLE PASS?

A empresa realiza estudos e trabalha para otimizar a parte metodológica do desenvolvimento do atleta – técnica, tática, física e mental – até chegar ao time profissional, não deixando de levar em consideração a cultura, história e raízes do Flamengo. Outras funções realizadas pela Double Pass foi a melhora na infraestrutura para se ter um ‘Conselho Técnico’ no nível do clube. Os envolvidos neste Conselho são o técnico da equipe principal, o diretor de Futebol, o diretor do Futebol de Base, os profissionais dos setores de Inteligência e Performance e os coordenadores.

Na foto, da esquerda para a direita, aparecem Henk (líder do projeto da Double Pass), Steven (líder da parte física) e Rudy (líder da parte psicológica). A foto foi tirada no CT do Flamengo, na última quinta (Foto: Venê Casagrande/Coluna do Flamengo)

Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!

  • É uma questão de renovação de contrato.
    Trata-se de empresa qualificada para um serviço essencial.
    Se não houver acordo, outra empresa tem que ser contratada para dar continuidade a algo que parece estar dando bons resultados.

  • Calma, eles foram responsáveis pelo sucesso da Alemanha em 2014, mas tb são os responsáveis pelo fracasso da msm esse ano? Ficou a dúvida..

    • Amigo eles mostram o caminho a ser seguido, mas se tem um presidente cabeça dura que não queira mudar não há parceria de renovação que se sustente.

  • Quanta dificuldade. O que está dando certo ninguém vai querer mudar. Se reúne com os os candidatos para ter um consenso sobre renovação do contrato e leva pros concelheiros do clube para aprovação mesmo sendo pro próximo presidente.

  • Apesar de n conhecer bem esse trabalho, vejo como importante, pois e essencial, termos pessoas especializadas, analisando os jogadores, possíveis novos talentos, pois jogador vindo da base, e infinitamente mais barato, do que comprar, jogador ja consagrado!!

Comentários não são permitidos.