Em primeiro treino após polêmica, Diego Alves fica entre reservas e César é mantido como titular

FOTO: BRUNA DEALTRY/RECORD

Por: Higor NevesVenê Casagrande

Em meio à preparação para o jogo decisivo contra o Palmeiras, que será realizado no próximo sábado (27), o Flamengo realizou novo treinos nesta quarta (24). A grande novidade foi o goleiro Diego Alves, que participou normalmente das programações pela primeira vez após ter protagonizado polêmica no fim de semana. Nas atividades, o camisa 1 seguiu como reserva, com César sendo o titular da posição.

Conforme apuração do Coluna do Flamengo, o atleta ainda não se retratou com os companheiros de equipe. Com isso, o clima segue estranho entre ele e o restante do elenco. No entanto, a diretoria tem o pensamento de “blindar” o plantel e manter o foco na disputa do Campeonato Brasileiro, para que a situação seja resolvida posteriormente.

– Houve a conversa com a gente: ele é atleta do Flamengo, tem contrato com a gente e se apresenta amanhã (terça) para treinar normalmente. Foi uma conversa boa, esclarecemos pontos. Mas não foi definitiva. O atleta segue cumprindo os compromissos com o clube -, disse Ricardo Lomba, vice-presidente de futebol, em coletiva concedida na última terça (23).


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


Lomba e Noval concederam entrevista para falar sobre o assunto (Foto: Venê Casagrande/Coluna do Flamengo)

Sem solucionar o caso por completo, a presença de Diego Alves entre os relacionados para o próximo compromisso ainda é uma incógnita. Em contrapartida, é certo que César seguirá como goleiro titular, mesmo que o camisa 1 esteja na lista. O duelo em questão será um típico “jogo de seis pontos”, uma vez que o Palmeiras é líder, com quatro pontos a mais que o Rubro-Negro, que está na segunda posição. A bola vai rolar para o confronto às 19h do sábado, no Maracanã.

Veja também

  • O nome disso é coerência! Não poderia ser diferente… E se o Cesar não falhar não há que se cogitar do retorno do Diego… Treine humildemente, treine dobrado e mostre que está melhor que o César, pois vc falhou duas vezes e nos tirou a chance de ir para final da C do B.

    • Penso da mesma forma. Quer voltar? Prove que está melhor do que César.
      Um “líder”, na acepção da palavra, jamais teria tido uma atitude dessas, ainda mais sendo espelho para os jovens goleiros do clube, inclusive para César. Deu um belo tiro no pé, e agora tem que correr atrás, da titularidade e do respeito do treinador e dos companheiros.

Comentários não são permitidos.