Jornalista critica coletiva de Lomba sobre caso Diego Alves: “Meio do caminho entre abordar publicamente ou não”

Após Diego Alves ser barrado da equipe, se negar a ficar no banco, e a diretoria se reunir com o jogador e seus representantes para discutir o futuro do atleta no Flamengo, o vice-presidente Ricardo Lomba e o diretor de futebol Carlos Noval, decidiram vir a público falar com jornalistas e torcedores. Porém, uma entrevista que deveria ser esclarecedora, acabou não sendo. Pontos cruciais como, se ele pediu aos companheiros, ou se será negociado, não foram respondidos. Isso é o que enxerga o jornalista André Kfouri, da ESPN e do Lance!.

Eu não entendo, é ficar no meio do caminho entre abordar publicamente o tema ou não abordar. Porque é muito importante, um aspecto muito importante na condução do episódio. Claro, as decisões são tomadas internamente, e tem que ser internamente mesmo. Se a escolha vai ser por, uma vez que terminado esse episódio, dizer exatamente o que aconteceu, com todos os seus detalhes, é uma decisão que cabe à diretoria do Flamengo e do próprio Diego Alves, se ele quiser —, disse Kfouri, que continuou com as críticas.

— O dirigente tem duas opções, ao sentar para começar a entrevista coletiva, dizer: ‘Não vou tocar no assunto Diego Alves, não adianta perguntar. Se perguntar, não vou falar. O assunto é interno. Não querem saber de mais nada? Desculpa, o assunto é interno’, se levanta e vai embora. Ou: ‘Fizemos uma reunião, o assunto não foi definitivamente resolvido. Nós vamos continuar conversando e é isso que eu tenho para dizer sobre esse tema agora’. Porque ele, claramente, não queria ser mais elaborado. Isso ele deixou claro. Então por que ele foi ali? Eu respeito plenamente ele não querer conversar sobre esse assunto com os jornalistas e com a torcida do Flamengo indiretamente, mas por que vai ali então? —, concluiu o jornalista.

Diante de todas as dúvidas que ainda cercam o caso Diego Alves, o Flamengo segue firme na briga pelo título brasileiro. Provavelmente com César mais uma vez no gol, o Rubro-Negro recebe o líder Palmeiras, no sábado (27), pela 31ª rodada do Brasileirão. Em caso de vitória, o Fla ficará a apenas um ponto da equipe paulista. O jogo será realizado no Maracanã, às 19h (horário de Brasília).

Veja também

  • Porque estão tão interessados agora pelo Flamengo? Já puseram o Diego Ribas no Santos, agora colocam o Diego Alves no São Paulo, daqui há pouco é o Vitinho que já estará “acertado” com o Corínthians. É típico dessa raça maldita agir dessa maneira. Talvez seja por isso que estejam tão interessados em saber se o jogador vai ser punido, se vai sair… Só assim mesmo que essa paulistada que infesta a imprensa esportiva se interessa em saber do Flamengo. Não fosse isso estariam falando do Pedrinho, que no ver dos “especialistas” da Fofox, ESPN e SPORTV, “é melhor do que Paquetá”, e que o Milan deveria fazer negócio com o gambá, em vez do Flamengo.
    Vão cobrir o time verde, seus bostas! O Flamengo não precisa de propaganda!

  • Imprensa paulista querendo liberar o Diego Alves para os times paulistas, como exemplo o São Paulo. Manda eles se preocuparem com o rebaixamento do curintians.

  • Imprensa paulista querendo tumultuar o Flamengo e alguns torcedores idiotas caindo.

  • Também não entendi muito bem. Se ele vai dar uma coletiva, espera-se que o assunto seja minimamente esclarecido, ou então que fale de um assunto completamente diferente. Ele não fez nem um nem outro.

Comentários não são permitidos.