Não é a primeira vez: Diego Alves já foi multado por não aceitar reserva no Valencia

O goleiro Diego Alves, insatisfeito com a reserva imposta por Dorival Júnior para o confronto com o Paraná, não viajou com os demais companheiros para Curitiba, por não querer ficar no banco de reservas. Por mais que a situação cause mal estar no clube, o arqueiro já viveu cenário parecido enquanto ainda vestia a camisa do Valencia, da Espanha.

A ESPN relembrou que Diego Alves, na temporada 2013/2014, não aceitou ficar no banco em duelo contra o Real Madrid, pelo Campeonato Espanhol, em partida que terminou com vitória merengue por 3 a 2. Na época, Nico Estévez assumiu o comando da equipe interinamente, após a demissão de Miroslav Djukic, e decidiu que Vicente Guaita seria o titular na meta valenciana.

Diego, ao saber que não seria escolhido para iniciar a partida, cobrou o treinador interino com gritos e entrou no ônibus da equipe bastante irritado. Na ocasião, o Valencia não aceitou o comportamento do jogador e o multou. Quase cinco anos depois, situação parecida se repete, e o Flamengo ainda estuda qual posição adotar.

O fato é que a equipe usará esta semana para se preparar para um dos confrontos mais importantes da temporada, no próximo sábado (27). No Maracanã, o Flamengo recebe o Palmeiras, líder do Campeonato Brasileiro, pela 31ª rodada da competição. Quatro pontos separam os dois concorrentes. A bola rola às 19h (horário de Brasília).

Veja também

  • Deixem o BM resolver isso, quero ver o que vai fazer

  • O cara é marrento mesmo. Um babaca, que tem que entender, que ele nunca ficara a frente do CRF, ele que se foda e não pode deixar um merda desses cria clima em um ambiente que está de boa. Se quer sair, que vá a PQP, mas se ficar tem que ser multado e pedir desculpas a todos. De toda forma já pegou mal de mais e vai demorar esses cara recuperar o respeito dos demais. O meu já perdeu.

  • Acho que Diego ainda não entendeu que a sua condição não é a de reserva. A questão é outra, bem diferente: é que não há titular. Ambos, Diego e César estão em condições de assumir a titularidade e, neste momento, César está numa sequencia muito positiva.
    A equipe perdeu a liderança e vinha mal. Coincidentemente com a saída de Diego, a equipe cresceu e reagiu, está numa excelente sequência de boas vitórias (2 como visitante), sem levar gol e se aproximando do líder. Nenhum responsável pela equipe, em sã consciência, vai fazer qualquer alteração no elenco.
    Não qualquer demérito em não ser o goleiro que entrará em campo, principalmente neste momento, pois não é o goleiro que está fazendo a diferença e sim, o coletivo, a equipe como um todo.

  • Multa, pede desculpas e vai pro banco. Se não quiser, faz acordo e manda embora. Não terá mercado no Brasil pra ganhar 500 mil.

    • Tem muito mercado no Brasil ganhando 500 mil

  • Multa e continua, se ele quiser claro… Mas se depender só do Flamengo, precisa segurar o goleiro, pois o outro é fraco e parece um juvenil
    com quase trinta anos…

  • Indeniza e manda embora.

Comentários não são permitidos.