Com Paquetá expulso, Flamengo joga mal, mas derrota o Sport na Ilha do Retiro

FOTO: STAFF IMAGES/FLAMENGO

Sport e Flamengo se enfrentaram na tarde deste domingo (18), na Ilha do Retiro, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apresentando um futebol ruim tecnicamente e com Paquetá expulso na segunda etapa, o Rubro-Negro sofreu em campo, mas conseguiu derrotar a equipe de Pernambuco, pelo placar mínimo.

O JOGO

Com o embalo de sua torcida, presente em bom número na Ilha do Retiro, o Sport iniciou a partida tentando pressionar o Flamengo no campo de defesa. Apesar disso, foi o Rubro-Negro quem teve a primeira boa chance do jogo, com Geuvânio, que entrou na vaga de Everton Ribeiro. O camisa 23 bateu de primeira, aos sete minutos, após a defesa pernambucana afastar a bola de sua área, mas não levou perigo à meta adversária.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


O Leão conseguiu responder aos 13 minutos. Michel Bastos cobrou falta perigosa próxima da área rubro-negra, obrigando César a fazer uma boa defesa e trabalhar pela primeira vez na partida.

Apesar das brechas deixadas pelo Sport, o Fla não aproveitava, e as jogadas eram mais exploradas pelo lado esquerdo do campo. Aos 19, Renê foi ao fundo e encontrou Vitinho mais atrás, dentro da área. O camisa 14 acabou pegando mascado de canhota, e Maílson fez a defesa sem grandes dificuldades.

O clube da Gávea somente voltou a assustar aos 43 minutos, novamente pela esquerda. Vitinho foi até o fundo e tentou cruzamento para trás. A bola bateu, contudo, no zagueiro Ronaldo Alves, fazendo com que o goleiro adversário se esticasse para evitar o gol.

Michel Bastos ainda teve tempo de realizar uma última jogada para o Sport nos primeiros 45 minutos de partida. O experiente jogador carregou a bola e bateu de fora da área, mas acabou mandando por cima.

O Flamengo voltou para a etapa complementar, porém o futebol sem efetividade e agressão se manteve. O reflexo do memento ruim do Rubro-Negro foi comprovado aos 15 minutos, quando Paquetá levou o segundo amarelo e foi expulso, após praticar o clássico ‘anti-jogo’. Orlando Berrío e Everton Ribeiro entraram no time, nas vagas de Henrique Dourado e Geuvânio, respectivamente.

Aos 23, Vitinho carregou no meio de campo, passou com muita facilidade por dois adversários e entrou na área. Apesar de distante da meta pernambucana, o atacante arrematou, mas jogou longe do gol.

A equipe carioca teve grande oportunidade de abrir o placar aos 33 minutos. Berrío iniciou a jogada e tocou para Everton Ribeiro na direita. O camisa 7 cruzou e o colombiano subiu mais alto do que os adversários, desviando na trave. A bola acabou retornando para as mãos de Maílson.

Aos 36, apesar de um a menos, o Fla pressionou e conseguiu o gol, com Willian Arão. Em cobrança de escanteio de Vitinho pela esquerda, o volante desviou de cabeça e finalmente abriu o placar na Ilha do Retiro.

A partir do tento da equipe carioca, foram sucessivas as tentativas de gol do Leão, que precisava pontuar para se afastar da zona de rebaixamento. César, no entanto, foi seguro e garantiu a vitória do Flamengo fora de casa, por 1 a 0.

Com o resultado, o clube da Gávea assumiu a segunda colocação e diminuiu a vantagem para o Palmeiras. Agora, as duas equipes estão separadas por cinco pontos. O Rubro-Negro volta a campo nesta quarta-feira (21), para enfrentar o Grêmio, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O embate será disputado às 21h45 (horário de Brasília), no Maracanã, e já conta com 22 mil ingressos vendidos antecipadamente, com o setor norte esgotado, de acordo com parcial divulgada pelo clube.

Veja também

  • Esse Dorival é fraco ta querendo inventar p prejudicar o time colocando esse morto do geovanio de titular

  • Muita firula e muito lento em campo, acabou a raça do inicio do campeonato, o Flamengo com ele estava com um a menos.

  • Graças a deus Paquetá foi expulso, peso morto no campo, só faltou expulsar o Dorival para melhorar.

Comentários não são permitidos.