Destaques da base que serão promovidos aos profissionais mostram otimismo em transição para a equipe principal do Fla

FOTO: VENÊ CASAGRANDE/COLUNA DO FLAMENGO

A equipe sub-20 do Flamengo encerrou a temporada com o título do Torneio OPG, disputado na última sexta-feira (23), contra o Fluminense. Os atletas Klebinho, Hugo Moura, Lucas Silva e Matheus Dantas tiveram ainda mais motivos para comemorar: os quatro serão integrados ao elenco profissional em janeiro. Em conversa exclusiva com a equipe de reportagem do Coluna do Flamengo, os jovens não esconderam a felicidade com a conquista do campeonato e se mostraram otimistas com a transição para a equipe principal. Confira a conversa abaixo:

Como se sente ao conquistar o título e saber que será integrado ao elenco profissional?

Matheus Dantas: “Estou muito feliz. A gente fechou um ciclo muito importante na nossa carreira. A história desse clube é vencedora, e eu estou muito feliz. Todo jogador da base sonha em estar no profissional, e eu vou estar brigando e trabalhando para que eu possa ter oportunidades e aproveitar ao máximo”.

Klebinho: “É muito importante pra gente fechar esse ciclo da base para o profissional, até porque foram cinco finais no ano. Isso é bom para qualquer base do Brasil e para a nossa, que é a melhor do Rio de Janeiro (risos). Esse ciclo é muito para mim e agradeço a todos os profissionais do sub-20 e todos que me ajudaram de alguma forma. Agora é focar no profissional e tentar voltar com tudo para conseguir o meu espaço”.

Apesar de atuar no sub-20, Klebinho transitou entre a equipe principal e a de base, sendo relacionado em algumas partidas do Brasileiro (Foto: Reprodução/Venê Casagrande)

Lucas Silva: “É um momento de felicidade única. Quero parabenizar toda a equipe sub-20. Não tem coisa melhor do que encerrar o ano com título. Só queria agradecer a Deus”.

Hugo Moura: “Estou muito feliz de ter disputado mais uma final e ganhar mais um título com essa camisa. Começamos ganhando a Copinha e terminamos com a Copa OPG. Foi um ano sensacional e muito vitorioso. Fico muito feliz de poder subir (para os profissionais) em janeiro. É o meu sonho estar no profissional e quero dar muita alegria à Nação”.

O volante Hugo Moura comemorou o título do Torneio OPG e não escondeu a felicidade com a integração aos profissionais do Flamengo em 2019 (Foto: Reprodução/Venê Casagrande)

Qual o jogador do elenco profissional do Flamengo em que se espelha?

Matheus Dantas: “No Flamengo, eu me espelho no Juan, mas o Léo Duarte e todos os zagueiros são qualificados. Mas o que eu tenho de ídolo é o Sérgio Ramos. Quero me inspirar ao máximo nele para que eu possa virar um grande jogador”.

Considerado zagueiro artilheiro, Dantas revelou que seu grande ídolo é Sérgio Ramos, defensor espanhol que atua no Real Madrid (Foto: Reprodução/Venê Casagrande)

Hugo Moura: “Me espelho no Cuéllar. Já treinei perto dele. É um profissional muito qualificado, chega cedo, e eu tento me espelhar em todos os quesitos do futebol dele”.

Lucas Silva: “Tem vários jogadores. (Me espelho naqueles) que trabalham e se dedicam. Eu me espelho muito nos jogadores que são humildes e que trabalham no dia a dia. O Paquetá é como um dos nossos ídolos, porque jogou com a gente na base e hoje já é conhecido por toda a Nação”.

Lucas Silva revelou ter Paquetá com um dos ídolos e agradeceu a chance de ser integrado ao elenco principal (Foto: Reprodução/Venê Casagrande)

Como nasceu essa qualidade em ser um zagueiro artilheiro?

Matheus Dantas: “Acho que todo o zagueiro pensa em se destacar de alguma forma, não só defender como atacar também. Eu venho trabalhando isso com os preparadores. Também venho treinando tempo de bola, bola ofensiva e defensa, e esse ano eu fui muito feliz. Deus me coroou com um ano brilhante, fui muito feliz em ajudar os meus companheiros. Também quero agradecer a todos eles por me darem confiança para que eu pudesse desempenhar o meu futebol. Venho trabalhando para que eu continue brilhando no Flamengo”.

O que pode levar de experiência para 2019 com as eventuais convocações para os relacionados nos profissionais?

Klebinho: “É uma experiência boa. Mesmo não sendo utilizando no time principal, você estar viajando com muitos jogadores de seleção brasileira e também vindo de outros países é muito bom, porque você adquire experiência, e isso é muito bom”.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


Apesar de estarem com o grupo principal apenas em janeiro de 2019, os quatro jogadores já tiveram oportunidades no início do início do ano, durante a disputa do Campeonato Carioca. O lateral direito Klebinho, inclusive, chegou a ser convocado para alguns jogos do Brasileirão, mas ficou na reserva e sequer entrou em campo.

Tendo nomes como Léo Duarte, Lucas Paquetá e Vinicius Júnior, que buscaram espaço entre os titulares e se destacaram na temporada, os jovens rubros-negros almejam o mesmo caminho para 2019. A tendência é de recebam oportunidades nas primeiras rodadas do Campeonato Carioca, assim como aconteceu no ano passado.

Veja também