Rodrigo Coli: “Um artilheiro para chamar de nosso”

FOTO: VANDERLEI ALMEIDA / AFP

Começo esse texto com uma pequena mas profunda indagação a todos os amantes da nostalgia rubro-negra: existe coisa mais sem sal do que um Flamengo sem artilheiro?

A negativa resposta todos já conhecem.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


Através de meus poucos e belos anos de vida, aprendi a relacionar alguns pontos-chave, algumas necessidades que se encaixam perfeitamente com o modo Flamengo de ser, pois se engana aquele que não acredita que somos  mais que uma burocrática instituição, como os recentes anos fizeram parecer. Dentre estes, acuso a dizer que o verdadeiro Flamengo precisa: I – de um goleiro com histórico de defesa de pênaltis; II – de um zagueiro com histórico de gols de cabeça; III – de um volante raçudo e com muita roubada de bola; IV – de moleques da base postulados como “novo Zico” ou salvador de alguma partida; V – de um centroavante artilheiro.

Muitos de vocês vão sentir falta de vários representantes de cada um dos tópicos listados, mas nada me decepciona mais no futebol moderno do que a ausência de um grande e matador camisa 9. Uma bola ciscando dentro da área ou um atacante que não ganha duelos de corpo com os zagueiros estão entre as maiores decepções da atual mecânica desportiva.

Em nossa história, temos prova de que esse artilheiro pode assumir várias facetas. Desde Nunes, atrapalhado mas completo, a Brocador, com a menor habilidade mas que se resumia a apenas um ou dois toques na bola, mostramos que não escolhemos característica para ídolos, apenas que estufem as redes. Se pudermos ter um Adriano ou um Romário envergando o manto é ainda melhor, mas o que realmente importa é o resultado no fim do jogo.

Hoje, entretanto, carecemos até de um titular de fato para a posição. Alternados em um rodízio infinito, Dourado, Uribe e Lincoln infelizmente já mostraram muito mais limitações do que qualidades e cumprem apenas a lacuna de bons suplentes, por ainda terem muito o que provar. Chegamos ao ponto de sentir a falta de Guerrero, o centroavante tático, cujos gols ficavam em segundo plano.

Aí é que me vem aquela saudade traiçoeira dos tempos de irresponsabilidade. Se hoje temos uma posição financeira mais confortável, por que ainda não investimos pesado em um atacante de classe mundial? Apesar de não resolver todos os nossos problemas, questiono quantos títulos não teríamos conquistado com um gol ou outro a mais naquelas tantas partidas decisivas que tivemos pra trás. Que peso faria um Imperador naqueles dois jogos da final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro? Ou um Romário nas oitavas da Libertadores… e que tal um selecionável no lugar de Vizeu nas finais da Copa Sul-Americana? Talvez estivéssemos lutando pelo título brasileiro com um atacante de calibre em nosso elenco…

O “se“, quando utilizado para levantar hipóteses sobre situações passadas é apenas um choro por um leite derramado. Mas ele tem o seu valor, pra quem realmente quer aprender com seus erros e olhar para o futuro. Em tempo: o artilheiro do time no Brasileiro deste ano é Paquetá, com 10 gols. Quem sabe 2019 não represente o ano em que as crianças pararão de envergar a camisa 10 por pura numerologia futebolística e voltarão à assiná-la com a famosa 9. 9 de gol!

Rodrigo Coli
Twitter: @_rodrigocoli

Veja também

  • primeiramente. ninguém sente falta do guerrero, segundo o Uribe não vem jogando mal, Terceiro seu texto foi uma porcaria, quarto o flamengo nunca foi um time de todo o ano ter um camisa 9 na artilharia temos casos e outros, quinto vc e claramente o tipo de torcedor que mata a base com essa historia de novo Zico entenda Zico e só um Zico e ´´Deus´´ Zico e único

  • Vendeu o Vísel por um preço de banana pra contratar o Henrique caneleiro pq n trouxe o Hernane denovo melhor que esse que só bate pênalti e mais nada diretoria acertou muito nas finanças mas no futebol foi um desastre cm pagam quase 10 milhões de reais por 100% do Rodinei da de brincadeira né .

  • Muito bacana tudo isso mas no futebol praticado hoje no Mengão poderia ter o melhor atacante que mesmo assim os gols não sairiam. Paqueta, Diego, Everton Ribeiro e Vitinho, quando esses por muitas se não toda vez que tem a posse da bola proximo ao gol a primeira coisa que eles querem e fazem é bater pro gol e nunca pensar no atacante ou alguem que esteja melhor posicionado, eles querem é definir a jogada. Sendo assim acho dificil que apareça um novo arilheiro. Tambem sinto falta da listagem que você mencionou.

  • É rapido raçudo e flamenguista

  • Apenas escrevestes o óbvio, e concordo com Alexandre Saldanha é só dar oportunidade para este garoto depois me conte, antes q algum bobinho do exterior o leve a preço de banana baita centro avante

  • Rodrigo Coli como sempre falando bobagens em seus comentários.
    Desde quando o Flamengo viveu de centroavantes artilheiros ? O único foi o Nunes simplesmente porque não tinha como não fazer gols naquele time de 81.
    Pegue o histórico de todos os campeonatos brasileiros até hoje e dificilmente você encontrará o artilheiro do campeonato sendo centroavante do Flamengo.
    Todas as vezes que a torcida começou a comparar jogadores das divisões de base como o novo Zico TODOS eles sucumbiram ao peso da camisa e as responsabilidades depositadas indo do Nélio ao Adryan e todas as vezes em que a torcida ignorou tal comparação os atletas se deram bem a exemplos do Djalminha, Renato Augusto, Vinicius Junior e Paquetá.
    Se o Flamengo mandar o Diego Alves embora simplesmente irá tomar prejuizo pois, não desmerecendo a qualidade do César o Flamengo precisa de no minimo 2 goleiros do nivel dos atuais sem contar que o Dorival não é unanimidade e além de tudo encrenqueiro por onde passa.

  • Eu nao sei se eu perdi tempo lendo isso, se ele perdeu tempo escrevendo isso ou se foi os dois

  • Bom dia NAÇÃO. No futebol você tem duas opções. Uma é contratar um jogador seja ele de qualquer posição, MADURO pronto ou fazer em casa certo?. Pois bem fazer em casa HOJE não é mais como antes que o jovem recebia TODOS os treinos ESPECÍFICOS para a sua posição e subia BEM FORMADO ( craque ), hoje o jogador formado em casa não consegue executar MÍNIMOS fundamentos como por exemplo acertar o GOL e vai por ai a fora. COMPRADOS a peso de OURO como é o mais recente caso do VITINHO não dão certo por um simples detalhe: ” NÃO TEM FUTEBOL PRA ISSO TUDO DE DINHEIRO”. Um CRIME aos cofres do clube e um presente de GREGO para a torcida. SIMPLES ASSIM.

  • Colocar o Lincoln como centro avante limitado é maldade. Ele não teve nenhuma chance em jogos q o time estava bem. Na minha opinião deveria deixar o menino jogar uns 5 jogos pra ver como ele ía se comportar.

    • esses meninos são convidados para a seleção brasileira dá categoria são aprovados jogam muito bem, quando chegam no Flamengo não tem oportunidade porque o treinador não confia porque tem medo da torcida aí vem a desculpa é que não quer queimar o garoto

      • Desculpa??? me responde onde estão Matheus Sávio(reserva odiado), Mattheus(filho do bebeto, saiu de graça pra não ser morto), Welinton(zagueiro odiado pela torcida) e esses sã só alguns da historia recente do mengão. Não to discutindo a qualidade técnica deles, mas só pra vc ver que a a pressão da torcida pode sim queimar jogadores.

      • Desculpa??? me responde onde estão Matheus Sávio(reserva odiado), Mattheus(filho do bebeto, saiu de graça pra não ser morto), Welinton(zagueiro odiado pela torcida) e esses sã só alguns da historia recente do mengão. Não to discutindo a qualidade técnica deles, mas só pra vc ver que a a pressão da torcida pode sim queimar jogadores.

  • Grande bobagem,procura no futebol brasileiro e veja se existe um Romário um Adriana um Zico um Nunes e muitos outros. o Flamengo contratou um grande camisa 9 guerreiro não fazia gols contratou o artilheiro do Brasil, o grande ceifador não ceifou. quando surgiu uma esperança da base que podiam ser trabalhados para essas deficiências foram vendidos, pior que isso é que jogador no Flamengo tem que nascer pronto para decidir pois os piores adversários que ele vai encontrar é a própria torcida que não perdoa mata.

    • Exatamente isso. O Vizeu poderia muito bem ser melhor trabalhado, quando se precisou dele de verdade ele correspondeu.

Comentários não são permitidos.