Tem vaga? CNB e-Sports desliga quatro jogadores de seu elenco

FOTO: LOL ESPORTS BR

Fora da Superliga ABCDE, a equipe de esportes eletrônicos do Flamengo seguem se preparando para o início da próxima temporada do Campeonato Brasileiro de League of Legends, em 2019. Ainda sem saber quem continua ou não no elenco atual, que foi vice-campeão do Circuito Desafiante e, em seguida, do CBLOL, o clube precisa ficar de olho no mercado. Nesta sexta-feira (02), a CNB e-Sports Club demitiu quatro de seus principais atletas: os midlaners Rafael “Rakin” Knittel e Bruno “Brucer” Pereira, o toplaner Leonardo “Robo” Souza e o suporte Gustavo “Baiano” Gomes.

Antes do início da principal competição do cenário brasileiro de eSports, em maio, o Flamengo chegou a sondar o midlaner Rafael “Rakin”, na época, para a vaga de Danniel “Evrot“, um dos destaques no Circuitão. As conversas, no entanto, não foram pra frente, o que ocasionou na chegada de Bruno “Goku“, que estava na ProGaming.

Bruno “Brucer” estava na equipe por empréstimo da Team oNe, e voltará a integrar o elenco. O suporte Gustavo “Baiano” interrompeu as atividades como jogador profissional para tratar sua depressão, e não definiu uma data para voltar à atividades. Leonardo “Robo” ainda não se pronunciou sobre o futuro.

O Flamengo tem à disposição, além do midlaner Bruno “Goku“, como já citado, o topo Jincheol “Jisu” e o caçador Lee “ShrimP”, ambos na Coréia do Sul, de férias. Na rota inferior, o atirador Felipe “brTT” e o suporte Eidi “esA”.

Veja também