Bruno Henrique rebate declaração de presidente do Santos: “Quem falou que queria fazer leilão não fui eu”

FOTO: GAZETA PRESS

Apesar do jogo duro promovido pelo Santos, o Flamengo ainda não desistiu da contratação de Bruno Henrique. O Rubro-Negro tem como trunfo o desejo do atacante em vestir as cores do clube. Além disso, há um incômodo por parte do jogador em relação às declarações do presidente alvinegro, José Carlos Peres.

– O Sampaoli chegou e disse que conta com estes jogadores. Mas os atletas têm o desejo de ganhar um salário maior. Vamos resolver nos próximos dias -, disse Peres, em entrevista concedida à  rádio Transamérica. Antes disso, já havia deixado claro a possibilidade de um “leilão” envolvendo o camisa 11 do Peixe, que segue sondado por Fla e Cruzeiro, atitude esta reprovada pelo atacante.

– Quem falou que queria fazer leilão e que havia sete clubes interessados em mim não fui eu. Então, não quero falar sobre isso (saída ou permanência no Santos) […] Sabendo da importância que os jogadores têm para o time, ele não podia falar isso. Ninguém gosta de saber que pode ser leiloado pelo clube em que joga -, disse o atleta ao jornal “A Tribuna“.

Bruno Henrique tem 27 anos de idade e é considerado um dos principais jogadores do elenco do Santos. Apesar do prestígio, o atacante não conseguiu repetir as boas atuações de 2017, ano em que foi contratado junto ao Wolfsburg, da Alemanha. O jogador teve um problema de visão no início da temporada, o que acabou prejudicando o seu rendimento dentro das quatro linhas. Ainda assim, participou de 32 jogos oficiais com a camisa santista em 2018, balançando as redes em apenas duas oportunidades.

Veja também

  • O Vaz sai, sem que o Abel, mova uma “palha”. No Brasileirão, ao menos duas vezes iremos enfrentar a tal “Lei do ex” Deveriam conversar e, analisar o atleta, depois de quase 10 meses ausente.

  • ?

  • Joga muito, queria ele no Mengão mas quero 100%

Comentários não são permitidos.