Dourado reconhece desempenho abaixo em 2018, mas garante: “Em nenhum momento pensei em sair”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O Flamengo levou apenas um ponto para casa ao empatar com o Resende em 1 a 1 na última quarta (23), em jogo válido pela segunda rodada da Taça Guanabara. O gol da equipe da Gávea surgiu em uma linda bicicleta de Henrique Dourado ainda na primeira etapa. Em entrevista concedida ao canal “Fox Sports“, o centroavante reconheceu que não apresentou um bom futebol em 2018, mas garantiu que nunca pensou em deixar o clube.

– Olha, eu reconheço que 2018 não foi da maneira que eu esperava, minhas metas não foram atingidas. O elenco também. A gente tem ciência disso. Sou tranquilo e sei que faltou. Em nenhum momento pensei em sair. Quero continuar trabalhando, se dedicando, agora temos um elenco ainda mais forte e acho que é isso. Continuar com o pensamento. Dificuldades vamos ter, mas temos que perseverar -, disse o jogador durante o programa “Expediente Futebol“.

O Ceifador ainda apontou a principal diferença desta temporada para a anterior, na qual foi contratado para ser o “homem-gol” do clube carioca. O camisa 19 também aproveitou para elogiar o técnico rubro-negro Abel Braga, com quem trabalhou no Fluminense em 2017, se tornando o artilheiro do ano à época, marcando 32 gols.

Acho que fui muito feliz, agora iniciando uma pré-temporada já com o elenco é uma sensação diferente, você se adapta mais rápido. Espero ajudar ainda mais, o Abel é vitorioso, tem uma experiência monstruosa, vai colocar os atletas no melhor caminho. Eu quero mais, e nós crescendo, quem tem a ganhar é sempre o Flamengo -, concluiu.

Henrique Dourado faz preparação junto ao demais jogadores do elenco, já de olho no clássico contra o Botafogo, que será disputado no próximo sábado (26). O Flamengo chegou a quatro pontos na Taça Guanabara e se encontra agora na segunda colocação do Grupo C, atrás do Boavista, com seis. O rival alvinegro, por sua vez, entra pressionado para o embate, uma vez que ainda não venceu no Estadual, ocupando a lanterna da competição. O duelo terá bola rolando às 17h (horário de Brasília), no Nilton Santos.

Veja também