Fábio Monken: “Tem que mudar, mas não muda”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!

Esse foi o meu sentimento ao assistir o jogo de ontem do nosso querido e amado Mengão. As tão necessárias e urgentes mudanças, principalmente no time titular, não acontecem. Estreia no Maracanã para 46 mil rubro-negros apaixonados e um futebol praticado pelo time que nos apresentou muitos dos antigos vícios esportivos que já são percebidos há bastante tempo. Ganhamos, mas jogamos muito mal. Mesmo sendo início da temporada, deveríamos ter, no mínimo, outra postura em campo. As duas falhas do Rodrigo Caio com 2 minutos de jogo preocupam, e muito.

O discurso da nova diretoria foi de renovação. Além disso, prometeram que a postura do time iria mudar. Devo dizer aqui que algo mudou, mas de maneira branda, muito sutil. Algumas coisas são latentes, mas que parecem não ter solução, como nos casos das escalações de Arão e Vitinho, dois jogadores totalmente alheios e desconexos ao futebol moderno. Um não guarda posição, nem no ataque, nem na defesa, e o outro parece um alienado que joga outro tipo de esporte onde é a estrela máxima.

Ontem o Vitinho errou tudo o que tentou. Simples assim. Quanto ao Arão, é um peladeiro nato e contumaz. Taticamente pode ser comparado a um menino do fraldinha. Está em todos os lugares do campo e atrapalhando sempre. Eu não sei, sinceramente, como o Abel ainda não identificou que o time não renderá com essa dupla de acéfalos. Será que não temos jogadores melhores preparados para essas duas posições? Eu tenho a certeza absoluta que sim.

Outro problema seríssimo são a laterais. Isso é fato há bastante tempo e não se resolve. Como um time quer ser campeão com 4 laterais bizarramente fracos tecnicamente? Ontem o Renê foi razoavelmente bem, mas o Pará é sofrível. E o pior é que se olharmos pro banco de reservas, as opções são parcas e no mesmo baixo nível técnico. As triangulações não ocorrem e nunca ocorrerão enquanto não tivermos laterais decentes.

As coisas têm que mudar, simples assim. Arão e Vitinho não entregam nada em campo desde a última temporada, mas continuam no time. Vou dar um crédito ao Abel até o Gabigol e o Arrascaeta estarem disponíveis. Depois, nada justificará as escalações da dupla de palermas supracitada. Serão mudanças simples: Gabigol no lugar do Vitinho e Arrascaeta no lugar do Arão com o Diego jogando de segundo volante. Isso até o Bruno Henrique chegar, se chegar. Caso a contratação se confirme, BH entra no lugar de Uribe, e Gabigol fica de centroavante.

São mudanças sutis que fazer toda a diferença. Seria um esquema de jogo interessante e que, se funcionasse da maneira certa, nos alçaria a um patamar elevadíssimo no futebol praticado no Brasil. Somando-se a isso a contratação de dois laterais competentes e então teríamos, sem sombra de dúvidas, o melhor 11 em campo no futebol americano, de norte a sul. Vamos ver o que os caras nos apresentarão daqui pra frente. Como costumo dizer: devemos aguardar, torcer, e apoiar incondicionalmente sempre. Isso é ponto pacífico. Vai pra cima deles Mengo!

O Flamengo simplesmente é!
Saudações rubro-negras a todos!

Fábio Monken

18 Comentários
  • Isso não faz sentido,o ideal é contratar um volante não recuar o Diego ou colocar alguém da base.O Vitinho dribla bem mas finaliza mal,ontem era pra ter feito um golaço fora a assistência pro Uribe.Os problemas foram na defesa e o excesso de bolas na área.

  • Puta que pariu… É o primeiro jogo da temporada e já estão cornetando… poha deixa pelo ou menos 5 jogos, já com os reforços… que Merda

  • Boa tarde galera. Fábio, concordo que temos que reforçar as laterais. Para não dá, mas ontem o cara não errou nada. Quem disse que não teve triangulaçoes, pela direita mais do que pela esquerda. Odeio o Pará, mas, ontem, o cara foi na linha de fundo três vezes com passe ferfeito em dois e em outro estava impedido. E concordo plenamente no caso do Vitinho. Está em outro planeta, não sabe o que fazer.

  • O Everton Ribeiro foi INFINITAMENTE pior do q o vitinho(que criou pelo menos 5 chances CLARAS de gol, desperdiçadas por arão e companhia), e não vejo uma crítica sequer…

  • Olha seu tal de Fábio Mosken respeito muito os seus comentarios mais vejo cobrança da sua parte cedo de mais e em relação as falhas de Rodrigo Caio ate concordo mais acho que no primeiro Gol a falha foi todo do sistema defensivo. Achei muito exagerado suas criticas. desculpe é o que penso.

  • O acéfalo o cara tem estreia de arrascaeta e Gabigol ainda e pediu BH… Você incita o que há de pior na torcida, corneteiro

  • Querido colunista, não sei qual jogo vc assistiu, pois o jogo q assisti, vitinho não jogou tão mal como vc descreve, no caso do Arão até concordo com vc, renê é um jogado regular e mediano, o PARÁ não jogou bem, o problema é que vc’s ficam pegando no pe do VITINHO ele foi o jogador mais agudo do time e o mlk é bola

  • sacanagem falar isso do Vitinho, jogou bem ontem, mas erra uns lances emblemáticos que marcam, sem falar que não é um jogador muito vibrante, se não sair mais sujo, mais suado, xingar mais, gritar mais com o juiz, não adianta, a torcida não vai perdoar.

  • Essa foi a pior análise sobre um time/jogo de futebol que vi em toda minha vida. Cara, sinceramente… Sou flamenguista, mas como foi publicamente ridículo este teu texto que mais parece algo pessoal de de gosto próprio do que uma análise profissional e de quem tenta entender de futebol. A partir de hoje, todos os textos que levem a assinatura de Fábio Monken, eu nem me atrevo a abrir. Horrível!

  • Perfeito, vimos o mesmo jogo! E Abel terminando o jogo com três volantes, contra o Bangu, com um jogador a mais, é de chorar!!

  • Mudar mantendo os 2 Diegos em campo? O goleiro é frangueiro entregador do ouro ao bandido; o meia é o bisonho que nas horas decisivas decide contra.

  • O que vejo no futebol são treinadores que nunca tiveram base acadêmica ou cientifica do treinamento esportivo, pq os que conhecem da área de treinamento sabe que existem os educativos específicos para erros de jogadas e erros técnicos, qualquer treinador de outra modalidade (basquete, volei, handebol ..etc) colocaria os atletas Vitinho, Pará entre outros criticados, para treinar específico apenas alguns minutos diários chegarem perto da perfeição. Eu contrataria o Bernardinho como auxiliar técnico para orientar na criação de métodos de treinamento tático e correção técnica. Quem é da área sabe o que estou falando.

  • Discordo, acredito que o senhor como torcedor deveria ser mais complacente. A temporada nem começou para o Flamengo, o Bangu estava treinando para este jogo desde novembro. Flamengo pode perder para o Bangu? NÃO!!! Porém, treino faz muita diferença. Como comentarista, falar sobre Arão é chover no molhado e sem a forma física ideal considero até desleal falar dele. É como querer falar mal do Marcio Araujo (olha que eu odeio esse cara). Sobre Vitinho, faltou muito pouco para ele marcar um gol, deu bons passes e seus companheiros perderam a chance, pergunto: A culpa é só dele? Ele foi o pior jogador em campo? Ele não serve mais? Meus caros, Vitinho terminou o Campeonato brasileiro ano passado com o mesmo número de assistências que o Diego Ribas e não jogou nem metade dos jogos que o Diego jogou… Por que a paciência com Diego é maior (Não é uma crítica ao Diego)?

  • Criação de sites e aplicativos para celular