Comentarista destaca postura do Flamengo com Abel: “Consegue fazer com que os jogadores joguem por ele”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O Flamengo derrotou o Boavista na noite da última terça-feira (29) e garantiu vaga antecipada para a fase semifinal da Taça Guanabara. Abel Braga tem implantado a rotação no elenco, modificando completamente a equipe jogo após jogo. Para o comentarista Maurício Barros, dos canais ESPN, já há uma mudança de postura entre os jogadores sob o comando de Abel.

O que ele (Abel) tem que fazer é justamente usar a força do elenco para que eles possam evoluir. Um ajudando o outro a evoluir. É aquela competição sadia. O Felipão fez muito bem isso no ano passado. Isso é uma liderança forte, e o Abel tem. É uma liderança comportamental também. Ele consegue fazer com que os jogadores joguem por ele. Isso é uma qualidade que o treinador de futebol precisa ter muito. Isso ele começou a fazer no Flamengo -, avaliou o comentarista.

Para exemplificar a sua análise, Maurício Barros citou o atacante Henrique Dourado, que já contabiliza dois gols marcados pelo Rubro-Negro na temporada e inicia caminhada para uma possível recuperação na equipe, visto que foi alvo de críticas na temporada passada. Arão e Vitinho foram outros nomes citados.

Ele resgatou o futebol do Henrique Dourado, por exemplo. Foi uma temporada difícil (para o Durado em 2018). Ele foi contratado, e a gente sabe que é um jogador que tem limitações, mas que ele pode ser muito útil pelas características que tem. Essa concorrência pode fazer com que ele recupere jogadores. O Arão pode ser um jogador assim. Com o Vitinho isso pode acontecer, e o Flamengo espera demais. É fazer com que a concorrência puxe o nível de todo mundo para cima -, completou.

Inclusive, após a partida contra o Boavista, Dourado concedeu entrevista na zona mista e comemorou o início de ano com gols. Considerado um “cara de grupo”, o centroavante comentou a sua característica dentro do elenco e procurou minimizar a concorrência no ataque com o colombiano Fernando Uribe. Vale lembrar que ambos balançaram a rede na vitória por 3 a 1 sobre o time da cidade de Saquarema.

– Essa é uma postura (de ser um jogador de grupo) que tive em todos os clubes que passei. Sempre esperei pela oportunidade. O respeito tem sempre que falar mais alto. O Uribe também vem fazendo um grande trabalho. A felicidade de ver um companheiro marcando (gol) é a mesma felicidade que eu tenho quando estou dentro de campo. É isso que faz com que nós consigamos conquistar os nossos objetivos na temporada [..] Fico muito feliz, não só por mim, de estar voltando a balançar as redes, mas pelo grupo todo, assim como os companheiros que não vieram nessa partida. O Flamengo tem a ganhar muito com isso -, ressaltou o camisa 19 da Gávea.

Veja também

  • Vamos considerar o carioca, complemento da pré temporada! Vamos esperar os grandes jogos (liberta, brasileirão e copa do Brasil) daí saberemos onde o flamengo irá chegar!

Comentários não são permitidos.