Gabigol marca duas vezes, e Flamengo bate a Portuguesa antes de estreia na Libertadores

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Em último compromisso antes da estreia na Copa Conmebol Libertadores, o Flamengo foi até Volta Redonda na noite desta quinta-feira (28), para enfrentar a Portuguesa, pela segunda rodada da Taça Rio. Com início avassalador, o Rubro-Negro bateu o adversário por 3 a 1, e agora foca no torneio continental.

O JOGO

O Flamengo iniciou a partida de maneira avassaladora. Não dando qualquer tipo de espaço nos primeiros minutos, a equipe de Abel Braga chegou ao gol logo aos quatro minutos, com Bruno Henrique. O atacante, que já havia levado perigo ao adversário, subiu mais alto que a defesa da Portuguesa após cobrança de escanteio e abriu o placar no Raulino de Oliveira.

O segundo tento foi assinalado logo em seguida, aos cinco minutos. Bruno Henrique ganhou a disputa de bola na entrada da área e deixou Gabriel Barbosa na cara do gol, que bateu cruzado e ampliou a vantagem do Rubro-Negro.

Com início animador, o Fla era amplamente efetivo em campo, enquanto a Portuguesa tentava sair mais para o jogo. Com mais espaço, Bruno Henrique nova oportunidade aos 25. Na intermediária, Diego tocou para o camisa 27 no lado esquerdo da área, que chutou no canto. O goleiro Ruan, no entanto, fez boa defesa e afastou o perigo.

Na esquerda, Arrascaeta achou um ótimo passe para Gabigol, aos 32 minutos. O uruguaio levantou na área para o camisa 9, que se antecipou à marcação adversária, mas não conseguiu cabecear bem, perdendo ótima chance de marcar o terceiro gol e o seu segundo na partida.

Aos 36, Bruno Henrique tabelou com Renê e recebeu em ótimas condições de finalizar. Apesar de bater bem, o atacante novamente foi parado pela boa defesa do goleiro Ruan.

Melhor em campo na primeira etapa, Bruno Henrique comemora o seu quarto gol com a camisa rubro-negra (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

A etapa complementar foi iniciada com a Portuguesa tendo que sair mais para o jogo. A equipe adversária tirou um de seus três zagueiros e colocou um homem de frente, enquanto o Flamengo mantinha a pressão no ataque. A primeira grande oportunidade apareceu aos 11 minutos. Pará puxou contra-ataque rápido e tocou para Bruno Henrique, que disparou até a área e deu um pequeno toque, acima do travessão do time mandante.

Inspirado na partida, Gabriel Barbosa marcou o seu segundo gol aos 23. O atacante recebeu ótimo passe de Renê na área, dominou e completou de direita para marcar o terceiro do Rubro-Negro.

Apesar de domínio absoluto, o Flamengo foi vazado em mais uma oportunidade. Aos 34, Arrascaeta errou o domínio no campo de defesa e perdeu a posse para Eskilo, que lançou PK. O meia recebeu na área e arrematou forte para vencer o goleiro Diego Alves e diminuir a vantagem em Volta Redonda.

O clube da Gávea diminuiu o ritmo nos minutos finais, possibilitando alguns contra-ataques da Portuguesa, que não foi efetiva e pouco criou durante todo o jogo.

Com o resultado positivo, o Flamengo mantém os 100% de aproveitamento na Taça Rio e permanece na liderança de seu grupo. O foco, agora, é para o principal jogo da equipe na temporada de 2019. Os comandados de Abel Braga enfrentam o San José (BOL), na próxima terça-feira (05), pela primeira rodada da Libertadores da América. Fora de casa, o Rubro-Negro precisará suportar a altitude de 3.700 metros da cidade de Oruro.

Veja também