Segurança que salvou meninos do incêndio está afastado das atividades no Flamengo

Por Venê Casagrande

O incêndio que atingiu o Ninho do Urubu deixou dez mortos e três feridos. A tragédia poderia ter sido ainda maior se não fosse pelo heroísmo do segurança do Flamengo, Benedito Ferreira, que salvou três meninos das chamas. Muito abalado pelo acontecimento, ele precisou ser afastado das atividades no clube para seguir tratamento psicológico.

Inicialmente, Ferreira não teria aceitado fazer a terapia oferecida pelo clube. Posteriormente, ele mudou de ideia e resolveu que seria melhor fazer o tratamento. Segundo apurou a reportagem do Coluna do Flamengo, além do segurança, as famílias das vítimas e os meninos que sobreviveram ao incêndio também estão sob os cuidados da equipe de psicólogos do Flamengo.

Dos três feridos, apenas um se encontra hospitalizado. Jhonata Ventura está no Pedro II, hospital especializado no tratamento de queimados. Cauan Emanuel e Francisco Dyogo já receberam alta e puderam ir para casa.

Veja também