Anderson Alves: “Tem que acabar o campeonato Carioca”?

Esse período do carioca é muito difícil. Chegamos ao ponto em que os clássicos não mobilizam mais. Somado a isso tivemos a maior tragédia da nossa história. Como tem sido difícil sobreviver a este começo de ano do Flamengo!

Olá coleguinhas de Coluna do Flamengo. Vamos tentar refletir sobre o início de ano do rubro Negro, que também é uma patologia de todo o futebol brasileiro.

O ano começou com a apresentação do elenco. Algumas contratações e, claro, a discussão da real necessidade de cada uma delas, seus custos e porquê as prioridades não chegaram. Nada muito fora da curva. Todo ano temos os mesmos questionamentos. Fomos para os EUA e mais questionamentos.

Aí começou o campeonato Carioca. Diferente do ano anterior, que já não foi bem planejado, jogamos com os principais, mesmo que tenham chegado a menos de uma Semana. Alternamos os 11 e tentamos lidar com o que houve no ninho. Até hoje uma ferida aberta.

O estadual não empolga! A verdade é que o time deveria golear violentamente em todos os jogos para que alguém entenda que o estadual é como criança brincando com adultos. As palavras de Fred pareciam uma simples revolta, mas na verdade era uma constatação: “o estadual precisa acabar”!

Não tem visibilidade, não é atrativo, não tem desafio técnico e, não fosse a incrível torcida do Flamengo, não teria público. A média é de 6110 pagantes por jogo. O Flamengo é líder no quesito com 39m, o segundo colocado, advinhem KK, tem quase um terço disso e é o campeão da taça Guanabara. Fluminense e botafogo chegam a ficar atrás do Bangu. Algo de errado não está certo aqui.

O campeonato não se sustenta! A minha sugestão? A que já circula, os menores deveriam fazer um campeonato e os grandes entrarem numa quartas de final. Pronto! Mais datas para o brasileiro e pré temporada. Não precisa ser radical. Mas que algo tem que ser feito, isso tem.

Anderson Alves, O otimista.

7 Comentários
  • Pra mim deve trazerem de volta o rio sp ou então a primeira liga contar com os grandes do rio , minas, sp, rio grande do sul , Paraná , um campeonato tipo a copa uniao de 87 16 sendo que os vintes clubes da serie A mais os 4 melhores da serie b seria um campeonato bem mais interessante e os clubes pequenos faziam a mesma coisa entre eles.

  • para o carioca acabar muito simples, o mengao colocava a base e os reservas para disputar, e a torcida ASSUMIR O COMPROMISSO DE NADA RECLAMAR, acontece que a torcida JAMAIS VAI SE CONFORMAR, assim nada a reclamar.

  • Precisamos também dividir o país, como nos USA, leste contra oeste, depois vem os playoffs o país é muito grande e fica caro para vários clubes pequenos sobreviverem, poderíamos ter um campeonato nacional com várias divisões em cada região, o campeão de cada região enfrentaria os demais em ida e volta o campeão seria que somar mais pontos. Sei que é sonho, difícil combater essa máfia da CBF que só pensa neles, não pensa no futebol.

  • regionais são campeonatos ridiculos, todos eles,. Podem acabar e não precisa colocar nada no lugar. Ficaria apenas Brasileiro, Copa do Brasil, Libertadores e Sul Americana.
    Na Europa, não existem esses regionais rídiculos, times jogam no máximo 60 partidas por ano, aqui no Brasil times jogam até 83, 84 partidas

  • Criação de sites e aplicativos para celular