Juan descreve sensação de ter retornado aos gramados após longa recuperação: “Quase uma reestreia”

FOTO: REPRODUÇÃO/PREMIERE

O Flamengo derrotou o Madureira por 2 a 0, na noite desta terça-feira (19), no Maracanã, pela quinta rodada da Taça Rio, e carimbou vaga antecipada para as semifinais gerais do Campeonato Carioca. A partida também marcou o retorno do zagueiro Juan, que vinha se recuperando de uma grave lesão sofrida no tendão de aquiles. Ao final do jogo, o experiente jogador descreveu a sensação de poder voltar a jogar.

É quase uma reestreia. Foi um período difícil. Foram seis meses de muita batalha. A gente quando é mais velho batalha muito contra o corpo, ainda mais depois de uma contusão séria, mas fico feliz. Eu só tenho que agradecer a minha família pelo apoio e meus companheiros, que foram excepcionais durante esse tempo comigo. Agradeço também ao departamento médico do Flamengo que fez um grande trabalho e estou muito feliz de ter voltado -, disse o zagueiro ao canal Premiere, comentando também a possibilidade de estar em campo nas semifinais do Estadual.

A minha contribuição para o Flamengo é sempre muito grande, seja ela dentro ou fora de campo. Era um desejo que eu tinha de voltar a jogar antes de me despedir. Agora vamos analisar como vai ser o decorrer do campeonato, mas já fico feliz pelo meu retorno -, completou.

Classificado de forma antecipada para as semifinais, o Flamengo ainda volta a campo pela fase de grupos antes de encarar os duelos decisivos. No próximo domingo (24), os comandados do técnico Abel Braga duelam com o Fluminense, pela última rodada da Taça Rio. O clássico será disputado às 16h (horário de Brasília), no Maracanã.

Veja também

  • Daqui a seis meses voltaremos vê-lo atuar ou pelo menos uma vez por semana. É que a cada jogo ele precisa de uma semana de descanso, enfim, o mesmo filme da gestão passada. Grande Derrotado Bandeira de Mello (derrotado no futebol). Já era pra estar em casa desfrutando o que ele conquistou no futebol…

  • Montro tem que continuar mais um pouco ele merece uma despedida de ídolo com títulos espero que ele possa se despedir com o flamengo conquistando um mundial seria magnífico

  • Acho q n teve um bola murcha , mas o Bruno Henrique esteve abaixo do esperado. Uribe e Juan ,sem notas.

Comentários não são permitidos.