Meia ou ponta? Everton Ribeiro diz em que posição prefere atuar no Flamengo

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Na vitória do Flamengo sobre o Fluminense na última quarta-feira (27), por 2 a 1, Everton Ribeiro foi decisivo e marcou o gol de pênalti nos acréscimos do segundo tempo. O jogador, além de ter jogado com a braçadeira de capitão, atuou como meia centralizado, diferentemente da posição em que frequentemente é usado, a ponta-direita.

Em entrevista para o Globoesporte.com, Everton Ribeiro foi questionado sobre qual posição prefere atuar, se como meio-campista centralizado ou caindo pela ponta-direta. O jogador revelou que gosta bastante de jogar como armador do time, mas também afirmou ter a liberdade de se movimentar dentro das quatro linhas mesmo atuando como atacante pelo lado.

Eu gosto de jogar bastante ali na meia, podendo armar a equipe. Ontem (quarta-feira) consegui jogar por dentro. Mesmo quando estou jogando aberto, o Abel me dá liberdade para poder cair para o meio, armar jogadas, receber a bola… Então estou me sentindo muito bem, o Abel me dá toda essa liberdade, e creio que isso tem me ajudado muito a ajudar a equipe —, disse o meio-campista.

Everton Ribeiro chegou ao Flamengo em junho de 2017, sendo, na época, a contratação mais cara da história do clube, custando cerca de R$ 22 milhões. O meio-campista já participou de 108 jogos oficiais com a camisa rubro-negra e marcou 19 gols. O camisa 7 não deve estar em campo contra o Vasco, pela final da Taça Rio, pois deve ser poupado. O jogo vai ter início às 16h (horário de Brasília), no Maracanã.

Veja também

  • Melhor jogador do Flamengo na temporada 2019. Tô jogando muito! Eu deixaria o Diego no banco e colocaria ele pra jogar ao lado de Arrascaeta. Arrascaeta precisa jogar pra se adaptar ao time e a torcida urgente. São dois monstros.

Comentários não são permitidos.