Rodinei abre o jogo após vaias da torcida: “Eu sei que não tenho vivido um grande momento”

Rodinei voltou a ganhar oportunidade entre os titulares do Flamengo neste sábado (16), no embate com o Volta Redonda, pela quarta rodada da Taça Rio. Muito vaiado após perder uma grande chance de gol no clássico contra o Vasco, o lateral direito reconheceu o seu momento abaixo no Rubro-Negro, mas revelou que não irá se abalar em campo diante das críticas da torcida.

(As vaias dos torcedores) Mostram que eles sabem que eu posso dar muito mais. Eu sei que não tenho vivido um grande momento, mas isso é só com trabalho para as coisas mudarem. Ano passado também tiveram jogadores em que a torcida pegou no pé. Eu, como estou aqui há quatro anos, estou acostumado. A torcida chega no estádio, vão vaiar, mas eu tenho que fazer o meu melhor para ajudar o time. Nessas horas eu tenho que ter personalidade e estar dentro de campo para ajudar os meus companheiros e esquecer tudo que vem de fora -, disse o jogador, que ainda declarou ter sido uma surpresa ao saber que seria capitão na partida contra o Volta Redonda.

Isso só mostra a confiança do treinador, a confiança do grupo. Fiquei muito feliz e surpreso também. Soube hoje que iria ser o capitão do time. Mas isso mostra o respeito que eles têm pela minha trajetória aqui no Flamengo. Acho que no time que iniciou jogando entre os profissionais, eu sou o que mais tenho tempo de casa -, ressaltou.

Rodinei também falou sobre as vaias recebidas pela torcida após o gol perdido diante do Vasco, pela terceira rodada da Taça Rio. Na situação, o Fla levou o gol de empate minutos depois do lance protagonizado pelo lateral, em pênalti convertido por Maxi López, e encarou com naturalidade as críticas.

Foi muito dolorido para mim. Mas eu tenho que passar por cima disso. Como eu disse, estou aqui há quatro anos, preciso continuar com a minha personalidade, com o meu carisma e eu sei que meus companheiros sempre irão me ajudar. Importante é a gente sempre entrar no vestiário e em campo focados para sempre fazer o melhor para o Flamengo. Se eu cheguei aqui, é porque tenho qualidade. Não é a toa que estou aqui há quatro anos. As críticas são normais -, concluiu.

Veja também

  • Pena que , às vezes, aparece um bando de inúteis babacas que acham que sabem tudo e que têm direito a desrespeitar as pessoas, e que não dão a menor indicação positiva para as coisas. Tal achem que Rafinha será a solução para o “problema”da lateral direita do Mengão. Vamos ver. Estes “donos da verdade” serão os primeiros a pedir a cabeça do Rafinha.
    Sobre a questão de pular para defender bolas altas, o que não é a sua função, pois tem

  • O problema é que quem já viu Leandro, Jorginho e, mas recentemente, Leo Moura com esta camisa, aí vai anos luz de distância não? É o que a torcida espera de um lateral para o time

  • Várias Bandeiretes foram detectadas kkkk
    Vão se lascar bando de babacas, otários

  • Tenha dignidade e vai embora do Flamengo seu inútil…
    Tu nunca viveu e nem viverá nada com essa camisa pois é muito pesada pra ti e tu não tens condições de envergar esse Manto…
    #Rodineipedeprasair

    • Não é verdade.
      Não foi a toa que ele foi eleito o destaque da lateral direita, no último Brasileiro.
      Rodinei está sendo marcado por um pequeno grupo de torcedores, como um bode expiatório. Isto acontece todos os anos, quando o Mengão não atende às expectativas da torcida. Já foi Gonçalves, Wellington e até Bebeto.
      Rodinei é um jogador que tem grande poder ofensivo, imprimindo velocidade ao ataque. Tem uma boa jogada da direita para o centro da intermediária adversária e aparece parar finalizações. Também é um elemento importante para o quesito interação e, por isso, é queridíssimo entre os jogadores.
      Veio para o Mengão como destaque do Paulista de 2015 e jogou muito bem nas temporadas 2016 e 2017, marcando gols importantes.
      Em maio de 2017 teve uma das suas melhores atuações pelo Flamengo, diante da Universidad Católica, do Chile, pela Libertadores. Rodinei havia acabado de entrar no jogo e precisou de 5 minutos para fazer, de canhota, o primeiro gol do Rubro-Negro na partida e vencer por 3 a 1 o time chileno. Na mesma semana Rodinei foi decisivo novamente para o time carioca diante do Fluminense pela decisão do Campeonato Carioca, em que de novo, entrou no decorrer da partida, fazendo o gol do título para o Flamengo no final do jogo, garantindo a vitória por 2 a 1.
      No dia 10 de janeiro de 2019, ele foi um dos 4 jogadores do Flamengo que converteram seus pênaltis, e ajudaram a equipe a vencer o Ajax, da Holanda, na disputa de pênaltis, em partida válida pela Florida Cup de 2019. Em 12 de janeiro de 2019, foi dele a linda assistência que resultou no gol do Jean Lucas que garantiu o título da Florida Cup de 2019 ao Flamengo.
      Um pouco de respeito não mata ninguém.

  • Não é verdade.
    Não foi a toa que ele foi eleito o destaque da lateral direita, no último Brasileiro.
    Rodinei está sendo marcado por um pequeno grupo de torcedores, como um bode expiatório. Isto acontece todos os anos, quando o Mengão não atende às expectativas da torcida. Já foi Gonçalves, Wellington e até Bebeto.
    Rodinei é um jogador que tem grande poder ofensivo, imprimindo velocidade ao ataque. Tem uma boa jogada da direita para o centro da intermediária adversária e aparece parar finalizações. Também é um elemento importante para o quesito interação e, por isso, é queridíssimo entre os jogadores.
    Veio para o Mengão como destaque do Paulista de 2015 e jogou muito bem nas temporadas 2016 e 2017, marcando gols importantes.
    Em maio de 2017 teve uma das suas melhores atuações pelo Flamengo, diante da Universidad Católica, do Chile, pela Libertadores. Rodinei havia acabado de entrar no jogo e precisou de 5 minutos para fazer, de canhota, o primeiro gol do Rubro-Negro na partida e vencer por 3 a 1 o time chileno. Na mesma semana Rodinei foi decisivo novamente para o time carioca diante do Fluminense pela decisão do Campeonato Carioca, em que de novo, entrou no decorrer da partida, fazendo o gol do título para o Flamengo no final do jogo, garantindo a vitória por 2 a 1.
    No dia 10 de janeiro de 2019, ele foi um dos 4 jogadores do Flamengo que converteram seus pênaltis, e ajudaram a equipe a vencer o Ajax, da Holanda, na disputa de pênaltis, em partida válida pela Florida Cup de 2019. Em 12 de janeiro de 2019, foi dele a linda assistência que resultou no gol do Jean Lucas que garantiu o título da Florida Cup de 2019 ao Flamengo.
    Tem torcedor com memória curta.

    • Verdade cara.Quem pega no pé dele e do René é uma meia dúzia de torcedores que só sabem criticar e não da os méritos quando tem que ser dado.

    • Ok, mas pede para ele ao menos tentar marcar o adversário nos escanteios contra o Flamengo e quando saltar tentar cabecear a bola, avisa para ele que primeiro o lateral tem que saber marcar.

    • 4 anos e três momentos?!?! Rodinei num é ruim…só não tem nível para grandes clubes….pode se dar bem em times médios e pequenos…mas ruim mesmo é quem não vendeu pros “três que Abel falou q queriam ele”….

Comentários não são permitidos.