Vitória sobre a LDU na Libertadores: confira a análise e interaja no #ResenhaAoVivo

Nesta quinta-feira (14), mais uma edição do Resenha Ao Vivo vai ao ar no Facebook e Twitter do Coluna do Flamengo, a partir das 21h, comentando todos os assuntos relacionados ao Mengão!

O principal tema da noite irá tratar da partida contra a LDU, disputada na última quarta-feira (13), no Maracanã, pela segunda rodada da Libertadores. Em sua melhor atuação na temporada, a equipe rubro-negra não deu chances ao adversário, que somente descontou no final da partida, em pênalti convertido pelo ex-Fla Cristián Borja. Os comentaristas analisarão o embate e desempenho individual de cada jogador. Você pode participar através do Twitter com a #ResenhaAoVivo e também pelo chat do Facebook. Não fique de fora!

Fabricio Chicca comandará a mesa redonda mais interativa da internet, enquanto Pedro Sampaio, Roberto Nazario e Ana Beatriz Zayat serão responsáveis pelos pitacos durante o andamento do programa. Não perca nenhum momento e confira mais uma edição do programa.

ASSISTA AO VIVO:

RESENHA: MENGÃO ATROPELA NA LIBERTADORES | JÁ É PRA SE EMPOLGAR?

RESENHA: MENGÃO ATROPELA NA LIBERTADORES | JÁ É PRA SE EMPOLGAR?

Gepostet von Coluna do Flamengo am Donnerstag, 14. März 2019

3 Comentários
  • Seria insensato se empolgar.
    É PARA COMEMORAR, UMA VITÓRIA EMPOLGANTE! o que é muuuuito diferente de empolgação, como “cheirinho”, “segue o líder” e outras bobagens de incautos que não conhecem as tramas do futebol e trazem gozações desnecessárias para o clube.
    Foi uma vitória muito importante, pois pudemos ver jogadores em seu alto nível. Renê, Diego Alves, Éverton Ribeiro, Cuéllar, Arão, Bruno Henrique, Rodrigo Caio e até Pará, jogando bem ou muito bem. Gabigol também esteve bem e Uribe, apesar de pouco tempo em campo, mostrou que é oportunista e sabe aproveitar chances de gol. Diego Ribas teve bons e maus momentos mas é imprescindível para tocar a equipe para frente. Totalmente comprometido com o clube. Um pouco discreto, mas não tão abaixo dos demais, estaria Léo Duarte.
    Se repetirem as atuações de ontem, nos próximos jogos, aí sim, vamos empolgar.

  • Depois que o Muricy disse que o Arão era jogador de seleção e que foi convocado, nunca mais repetiu as suas melhores atuações logo na sua chegada no Flamengo. Aliás, o mesmo aconteceu com o Muralha. Conclusão: jogador medíocre quando convocado – não se sabe porque – adquire uma falsa confiança que está mais perto da pretensão. Pará fez sua melhor partida pelo Flamengo, o que demonstra que quando o time sobe carrega junto os perebas.

  • Em compensação, o Bruno Henrique fez sua pior partida e o Vitinho fez falta. Achei que o Arrascaeta iria substituir o BH e não entendi a entrada do Trauco que, definitivamente, não tem o menor cacoete de marcador.

  • Criação de sites e aplicativos para celular