Início promissor do Flamengo em 2019 se assemelha ao que a equipe teve em 2009

Nenhum rubro-negro se esquece de 2009. O ano começou com título carioca e acabou com título brasileiro. Foi ano de Pet, de Adriano, de Andrade. Dez anos depois, a fase rubro-negra também empolga a Nação. O momento é de Bruno Henrique, de Gabigol e de Arrascaeta e a taça estadual já está na Gávea. O Coluna do Fla propõe um exercício comparativo: neste momento da temporada, como estava o Flamengo no ano do Hexa? A semelhança entre as campanhas impressiona.

Até aqui, o Mais Querido disputou 23 jogos oficiais em 2019 – um pelo Brasileirão, cinco pela Libertadores e 17 pelo Carioca. O time de Abel balançou as redes 47 vezes e sofreu 20 gols no caminho para conquistar 15 vitórias, cinco empates e sofrer apenas três derrotas. O Mengão venceu a Taça Rio e o Campeonato Carioca.

Há dez anos, o Flamengo conquistou o título carioca sobre o Botafogo na 23ª partida no ano. Também com a Taça Rio na bagagem, o time de Cuca tinha jogado 20 vezes pelo Estadual e 3 pela Copa do Brasil. Foram 14 vitórias, sete empates e duas derrotas. Ainda sem Adriano e Petkovic, o Rubro-Negro tinha balançado a rede 45 vezes e sofrido 22 gols.

As coincidências não são apenas na frieza dos números. Ao apito final do 23º jogo do Flamengo em 2009, um zagueirão conhecido por sua identificação com o Flamengo pendurou as chuteiras com o título estadual. A trajetória de Fábio Luciano se encerrava com a vitória sobre o Botafogo. Guardadas as devidas proporções, é possível ver uma semelhança com a despedida de Juan, um monumento à história do Flamengo que se despediu dos gramados quando o árbitro assinalou o fim do jogo entre o Mengão e o Cruzeiro. Os dois capitães deram sua última volta olímpica com taça do Carioca em mãos.

Fica a esperança que o ano atual tenha um fim parecido, com tantas – ou mais – alegrias que tivemos há dez anos.

Compare os números e observe a semelhança entre os times:

Flamengo 2019xFlamengo 2009
Jogos2323
Vitórias1514
Empates57
Derrotas32
Gols Marcados4745
Gols sofridos2022
TítulosTaça Rio, CariocaTaça Rio, Carioca

Veja também

  • Acredito que a equipe de hoje é bem mais preparada e equilibrada que a campeã em 09. Aquele ano deu tudo certo pra nós. Ano passado não ganhamos por termos um estagiário no cargo de treinador. Este ano a fórmula é simples: 2 laterais pra serem titulares, 1 zagueiro alto e veloz para tbm titular, e o time evoluir bem nas mãos de Abel.

  • Não comecem com essa fuleragem

  • E é por matérias como esta que começou a porra do “cheirinho”.

Comentários não são permitidos.