“Na fase ruim, vemos quem é quem”, alerta Diego Alves sobre polêmica no fim de 2018

FOTO: GILVAN DE SOUZA

Diego Alves se envolveu em uma grande polêmica em 2018. Após saber que seria colocado no banco de reservas, o goleiro se recusou a viajar com a delegação para um jogo, o que gerou muita confusão nos bastidores da Gávea, entre o arqueiro e a antiga diretoria, além do ex-treinador do Fla, Dorival Júnior. O jogador, inclusive, foi colocado para fazer o tratamento da lesão no joelho em horários distintos dos demais atletas. O atual camisa 1 falou sobre as lições aprendidas com o episódio.

Aprendemos constantemente com os erros. Sou pai e tenho que mostrar para o meu filho o que é certo ou errado. Infelizmente, ainda mais envolvendo toda grandeza do Flamengo e repercussão, às vezes as polêmicas são importantes para alguns veículos de comunicação. Se eu aprendi? Aprendi que às vezes o silêncio é o melhor remédio. Se você sabe o que aconteceu, não tem motivo para bater de frente, é simplesmente ficar longe de tudo, escutar -, disse o goleiro, em entrevista ao site Globoesporte.com.

Haviam muitos rumores, inclusive, que Diego Alves sairia do Flamengo em 2019, devido à toda polêmica que aconteceu. No entanto, com a troca de gestão no clube, o atual vice-presidente de futebol, Marcos Braz, e o comandante Abel Braga convenceram o arqueiro a permanecer na Gávea. Porém, Diego demonstrou ainda estar um tanto quanto chateado com toda aquela situação. O camisa 1 ponderou que na hora difícil é que se dá para conhecer as pessoas de verdade.

Na fase ruim, vemos quem é quem. Na fase boa é fácil vir conversar, abraçar. Hoje, tenho muito mais consciência do que sou importante e para quem sou importante. A imprensa está aí para criticar, elogiar, e é algo fora do meu controle. Acertos e erros vão existir no campo, fora, e nunca ninguém me deu nada de presente. Conquistei e vou ensinar aos meus filhos essa maneira de ser. Se você tem a verdade, pode ir contra o mundo que uma hora vai aparecer -, finalizou.

Diego Alves estará em campo no próximo domingo (21), quando o Flamengo enfrenta o Vasco da Gama, em partida válida pelo segundo e decisivo confronto da final do Campeonato Carioca. O jogo está marcado para ter início às 16h (horário de Brasília), e a bola vai rolar no estádio do Maracanã. Para ser campeão estadual, basta o Rubro-Negro não perder por mais de um gol de diferença, tendo em vista que o placar do primeiro embate terminou 2 a 0 para o Fla.

Veja também