Yuri Fialho: “Vale quanto pesa”

A concepção de que algo valha o quanto pesa está presente há bom tempo na história da humanidade, com as mais abrangentes e variadas aplicações. Desde precificação de mercadorias,  dosagem de penas a serem aplicadas a infratores ou mesmo – em sentido figurado – para enaltecer a grandeza de algo ou de alguém.

O peso das escolhas de Abel no decorrer deste Carioca (táticas ou de formação) difere muito na compreensão dos torcedores, jogadores ou jornalistas.

O valor que cada um desses personagens atribui depende de como suas expectativas são atingidas ou frustradas.

A sensação de que Abel extrai menos do que o elenco pode oferecer é algo que pesa contra si e o deixa em desconfortável posição de ser constantemente cobrado;mesmo que os resultados sejam bons.

A conquista ou não do Campeonato Carioca terá seu valor determinado de acordo com a percepção e sentimento do torcedor,pela satisfação do triunfo ou fracasso dos atletas e na fria ou acalorada avaliação dos jornalistas.

De qualquer maneira, fica aqui a reflexão proposta pelo genial – e já saudoso -Luiz Melodia, na belíssima canção Vale quanto pesa:

“Quanto você ganha pra me enganar?”

“Quanto você paga pra me ver sofrer?”

Sempre Flamengo!

#lutoeterno10

Yuri Fialho
@yurifialho

6 Comentários
    • Entendi, sim. Usou bem a referência de pesos e medidas. Mas resumindo, de fato parece que Abel não explorou todo o potencial do elenco e poderia ter feito opções melhores no momento em que se fizeram necessárias, ou quando ele tinha liberdade de escolha. Se essas foram decisões acertadas, e mostrar que o título estadual foi fundamental pra pavimentar outras conquistas, vai depender se estas outras conquistas forem conseguidas ou não. Se não virem, o estadual não vai ter peso algum. Se virem, o estadual vai ter peso e vai ser valorizado.

  • Particularmente estou gostando do time (salvo o jogo contra o Penarol que o Abel injustificadamente não colocou o Arrascaeta e o time perdeu em casa). Confio mais no time desse ano do que o do ano passado. Está mais decisivo e fazendo mais gols. Não trocaria o Abel agora como alguns sugerem. Não há melhores no mercado hj. Talvez trocaria por Gallardo (River Plateia), Renato Gaúcho ou por Tite. Mas esse não virão (pelo menos não agora). Então, acredito que temos o que de melhor o mercado tinha disponível (gosto do Sampaoli também, mas precisamos ver como vai se sair no futebol brasileiro). Tenho medo (trauma) de tirarem o Abel e deixarem o estagiário até o final do ano. Então, vou apoiar o cara e torcer muito.

  • Incrivel como alguns comentaristas usam este espaco para bater no treinador Abel Braga, em sintese o comentarista diz o seguinte: A sensação de que Abel extrai menos do que o elenco pode oferecer é algo que pesa contra si e o deixa(o Abel), em desconfortável posição de ser constantemente cobrado; mesmo que os resultados sejam bons.(PODE SER CAMPEAO CARIOCA, COPA DO BRASIL, BRASILEIRO e LIBERTADORES que ainda assim, ele o comentarista “TEM A SENSACAO QUE ABEL EXTRAI MENOS QUE O ELENCO PODE OFERECER” este o disco dia a dia repetido constrasta com AQUELA TORCIDA DO MENGAO QUE VAI AO MARACA, acabei de assistir o final do carioca o que vi UMA TORCIDA EM FESTA, UM TIME QUE PODIA PERDER DE DOIS, E VENCER DE DOIS A ZERO, VITINHO ABRACANDO ABEL APOS FAZER SEU GOL, resumo NO MARACA FESTA, e aqui na coluna CRITICA, e com uma advertencia, MESMO QUE GANHE, VOU CONTINUAR CRITICANDO, vou aproveitar a musica do Luiz Melodia pra perguntar

    Quanto você ganha pra tentar enganar a torcida ?”

    “Quanto você paga pra criticar o Abel ?”

  • Criação de sites e aplicativos para celular