Yuri Fialho: Abel Braga é um erro

Fui contrário à contratação de Abel Braga, e expressei meu descontentamento desde que seu nome ganhou força após a recusa de Renato Gaúcho. Abel comandou o Flamengo naquela que reputo como a mais vexatória derrota de nossa história; para o Santo André na final da Copa do Brasil em 2004. Minhas preferências eram Marcelo Gallardo, Ariel Holan (técnico do Independiente), Jorge Sampaoli ou Fernando Diniz.

Temos um dos maiores orçamentos do país (quiçá do continente ), mas seguimos esbarrando em decisões equivocadas. E a escolha de Abel, seguramente, é uma delas. Se a ruptura com a ideia de novos treinadores estava decidida, a opção certamente não era recorrer à velha escolha brasileira. O momento exigia ousadia e nosso atual estágio institucional permitia que ousássemos.

Causa estranheza que o clube, na tentativa de interromper um cansativo ciclo de insucessos, tenha concluído que o perfil do novo treinador fosse o de Abel Braga. Seus triunfos no Internacional e Fluminense não eram credenciais suficientes para conduzi-lo ao banco do Flamengo. Não faz sentido algum investirmos tanto na qualificação do elenco e optarmos por um treinador por habilidades mais ligadas à gestão de elenco do que por sua capacidade de extração máxima daquilo que os atletas podem oferecer em campo. É um misto de ingenuidade e incompetência da diretoria.

Embora tenha percentual de aproveitamento superior a 70% ( turbinado pelo Carioca) , o pragmatismo rançoso do futebol apresentado causa incômodo em significativa parte da torcida rubro-negra. O que é compreensível, pois a sensação é a de um trabalho frágil, inconsistente e que flerta com um fracasso iminente.

Por ser o futebol contemporâneo complexo na soma de todas as suas nuances é que o comando da equipe de um clube tão grande quanto o Flamengo não pode estar nas mãos ou na mente de alguém que pareça inábil em lidar com tantos elementos. Abel parece aturdido e desconectado da realidade que lhe cerca. É irremediavelmente inadequado para o Flamengo.

Sempre Flamengo!

Yuri Fialho

@yurifialho

Veja também

  • É um erro, mas nossa pressão só piora tudo, vamos torcer apenas, os números frios darão uma resposta fria se ele fica ou continua. Bora mengo!

  • Os unicos q elogiam isso sao a patota dele , pq nesta hora , era pra ta apoiando , sao td corja dos caras q deixaram o clube na merda !! ja tentaram me banir por falar umas verdades , comedia !! vcs nao sao torcedores !! so sabem criticar e so !!!

  • Prezado Yuri, nao me causa mais espanto, muda comentarista, muda comentario, o assunto permanece o mesmo, FORA ABEL, hoje terca, amanha quarta jogo decisivo pela libertadores contra o Penarol, la em Montivideu, e o unico assunto que voce e seus colegas apresentam nesta coluna, sempre o mesmo FORA ABEL, acabou a capacidade para apresentar outro tema ? ontem, se nao me engano elogiei o Fabio Monken pela capacidade de trazer a baila a excelencia do futebol europeu, embora chamando atencao para a cultura europeia do planejamento, fiz lembrar a ele que na europa, via de regra, todos os grandes clubes se planejam da seguinte forma. trazem treinador de renome, (com curriculo recheado de titulos), fazem um planejamento, dao inicio ao trabalho, dao tempo de trabalho ao treinador e embarcam na jornada em busca dos titulos. Concordei com o Fabio sobre a excelencia do futebol EUROPEU, mas, acrescentei que uma das causas do sucesso deles reside no fato de “DAR TEMPO AO TREINADOR PARA TRABALHAR” ou seja, exatamente o oposto que o flamengo fez de 2013 ate hoje, DEZ TREINADORES DIFERENTES, isso mesmo dez treinadores em seis anos. Da lista apresentada por voce Marcelo e Holan, tinha contrato, restaram Diniz e Sampaoli, hoje os dois restantes estao trabalhando, com contrato em curso, o seu comentario faria algum sentido ha cinco meses atras, hoje a vespera de uma decisao fora de casa, mas parece o comentario de um vascaino, tricolor ou botafoguense.

    • Acho que vc foi bonzinho na conta dos treinadores. De cabeça lembro de 15 que passaram de 2013 pra cá. Isso sem contar a primeira passagem do Dorival que foi contratado na época da Patrícia.

    • é a patota dos dirigentes q faliram o clube !!! pode ter certeza !! so sabem criticar !!

  • Continuo sem saber de onde saem tantos fãs do Fernando Diniz que quase rebaixou o Oeste pra série C, o Red Bull pra série D e o Atlético pra série B ano passado. Detalhe, depois da saída do Fernando Diniz o Atlético não só se livrou do rebaixamento como embalou no Brasileirão e venceu a sul-americana. Mas fora isso achei um texto coerente.

  • Amadorismo é trocar de técnico a todo momento, se contratou deixa no mínimo 1 semestre.
    Assim continuamos a ter técnicos de 3 em 3 meses…

  • Este sujeito deveria se chamar Yuri FIASCO, que matéria mais pobre, que falta de conhecimento isto é o verdadeiro FIASCO de jornalismo.

  • Excelente! Parabéns Yuri. É exatamente isso. O Flamengo se transformou em uma potência do futebol, mas a diretoria ainda é amadora. Manter Abel é a prova maior disso.

    • A questao toda não se trata , ser modinha ou não .
      Vocês não acham que treinador gringo em meio de temporada é arriscado ?

      Com rueda perdemos duas finais e caímos de terceiro para sexto no brasileiro .
      O que falta é paciência com os treinadores . Se traz o Diniz no primeiro fracasso vão falar que o time toca demais a bola e não tem objetividade . Precisamos saber o que queremos.

      Hoje enxergo muito torcedor sem identidade !

      • Torcida tem que aprender a ter paciência, assim agente vai queimando todos os treinadores.
        Quantos jogadores a torcida já queimou por pura impaciência, rapidamente na lembrança jogadores que vieram por um valor muito abaixo dos que virão e que hoje estariam rendendo muito.
        Donati
        César goleiro seria titular e não estaríamos gastando 700 mil no Diego Alves,
        Léo moura que depois que saiu fez um belo campeonato pelo Grêmio;
        Paulo Vitor goleiro;
        Hoje a zaga com rever e Rodrigo Caio estaria bem melhor;
        Etc…

        • Poderíamos ter hoje Donati e Rodrigo Caio
          Putz, sem comentários

  • Vai lá e faz melhor, torcedores modinhas da porra …

  • Concordo. Tem muito torcedor que critica quem não aceita o Abel, chamando esses torcedores de nutela. Bicho, a questão é que é irritante ver o time jogando sem padrão, sem jogadas variadas. Fernando Diniz faria esse time voar.

  • Ótimo texto, Yuri??????

Comentários não são permitidos.