fbpx

Marcos Vinicius: “Milagre rubro-negro”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

No lugar dos cinco pães, seis gols; no lugar dos dois peixes, dois tempos de 45 minutos; no lugar de uma multidão de 5 mil pessoas entre homens, mulheres e crianças, uma multidão de 60.857 pagantes entre homens, mulheres e crianças rubro-negras; no lugar do deserto de Betsaida, local do milagre da multiplicação dos pães e peixes, o Estádio do Maracanã, local da goleada.

Comparações à parte, enquanto Jesus de Nazaré realizou mais um dentre tantos milagres no Novo Testamento, o nosso Jesus fez o seu aqui neste novo Flamengo.

O rubro-negro carioca e o alviverde goiano se enfrentaram pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro no último domingo (14) no Maracanã, nas estreias de Rafinha na lateral e do técnico português no à equipe na competição.

Sob o comando de Arrascaeta, autor de três gols e duas assistências – Gabigol marcou duas vezes e Bruno Henrique uma – o Flamengo goleou por 6 a 1 o Goiás, sem dificuldades.

Não fosse, a falha de Rodrigo Caio, no gol de empate de Kayke aos 11 minutos, e a bola na trave no chute de Michael logo em seguida, aos 15 minutos, eu diria que o time comandado por Claudinei Oliveira veio à Cidade Maravilhosa jogar uma bolinha para em seguida pegar uma boa praia.

Belo reencontro da torcida com o time, e uma boa vitória que assegura ao Mengão mais três pontos importantíssimos na busca pela liderança do Brasileiro.

A última vez que o Flamengo marcou seis gols numa partida válida pelo Campeonato Brasileiro foi em 2004, quando dirigido por Andrade, goleou o Cruzeiro por 6 a 2, com show de Felipe, então camisa 10.

Essa agora passa a ser a sétima maior goleada do clube na história do Campeonato Brasileiro:

1°- Flamengo 8 x 0 Fortaleza (04/02/1981)
2°- Flamengo 8 x 1 Sampaio Corrêa (16/09/1976)
3°- Flamengo 7 x 0 Santa Cruz (13/03/1985)
4°- Flamengo 7 x 1 Rio Negro (19/02/1983)
5°- Flamengo 6 x 0 Paysandu (17/07/1974)
6°- Flamengo 6 x 0 Bahia (07/08/2003)
7°- Flamengo 6 x 1 Goiás (14/07/2019)

O Flamengo volta a respirar Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (17). O time recebe o Athletico-PR no Maracanã, às 21h30. No jogo de ida das quartas de final, houve empate em 1 a 1.

Amigos internautas, nada além e nada aquém, e uma vez Flamengo, sempre Flamengo!

Por: Marcos Vinicius

6 Comentários

  • Não se ganha jogo de véspera. Somente com muito trabalho, foco, dedicação, transpiração, raça, amor e paixão.
    Como diz nosso treinador JJ o Flamengo não é apenas um clube, o Flamengo é uma religião

  • Não vi nada que possa comparar futebol com os milagres de Jesus Cristo,sou apaixonado pelo Flamengo mais não vejo motivos para essa alusão, não confunda uma coisa com a outra, pode você entender muito de futebol, mais de bíblia eu entendo.

  • Fernando, igual a você sou torcedor do flamengo e concordo integralmente com você, NÃO É E NUNCA FOI BOM COMPARAR DEUS COM SER HUMANO ALGUM, este é o terceiro comentário comparando Jorge Jesus com Jesus Cristo, como se o português fizesse milagres ou coisa similar, não precisa ter mais de 10 anos pra saber que isso é pura idiotice, o próprio Jorge já afirmou que seu lema é trabalho e cobrança, e isso o coloca como o excelente treinador que é.

  • Com este time ruím, o Flamengo não ganhará nada, apesar da propaganda enganosa promovida pela mídia brasileira, esta, que virou capacho das Organizações Globo; o time do Flamengo só ganha campeonato carioca que é um dos piores campeonatos regionais, senão, o pior!!! Nem com ajuda de VAR e de juízes canalhas que não valem o que defecam, este tim COCÔRIOCA, vai ganhar alguma coisa!!!

  • Bostejou legal com esse texto… aliás a imprensa brasileira só sabe fazer isso, trocadilhos!!!
    querer comparar homem com Deus é uma besteira sem tamanho, querer fazer graça, texto bem humorado, usar uma história da bíblia pra fazer matéria, é muita falta de criatividade, sem noção!!! vai se informar sobre o dia a dia do clube e passar notícia verdadeira ai invés de bostejar com os dedos camarada!!!

  • Criação de sites e aplicativos para celular