Muricy comenta passagem pelo Flamengo: “Fui convidado para transformar o clube”

FOTO: GILVAN DE SOUZA

O Flamengo alcançou um alto patamar financeiro no futebol brasileiro e, para muitos, isso deu início em 2013. Porém, quando o clube começou a reestruturar o seu Centro de Treinamento, em 2016, o salto de qualidade ficou mais evidenciado. Naquele ano, Muricy Ramalho, na época treinador, foi o escolhido para ajudar o Rubro-Negro na evolução estrutural do seu CT. O agora comentarista falou sobre o assunto.

Em entrevista ao Alê Oliveira, do canal De Sola, Muricy contou que o Flamengo o procurou com um projeto ambicioso. Embora tivesse outras propostas, o então técnico aceitou o desafio de mudar o Rubro-Negro carioca. Além disso, o agora comentarista afirmou que tinha um ótimo contrato, mas, após ir à UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), ele percebeu que era necessário abandonar a carreira de treinador de futebol.

Fui convidado para trabalhar no Flamengo para ser técnico, mas também para transformar o Flamengo. O Flamengo pisava no barro no Ninho do Urubu, era um desastre. Me convidaram pela experiência que eu tinha do São Paulo, me mostraram o projeto. Falei: ‘isso é demais’. O Ninho do Urubu hoje é um dos melhores do Brasil. Eu fazia parte desse projeto, modificar o que era -, disse o ex-treinador e agora comentarista dos canais SporTV, antes de prosseguir:

Mas eu tive que abrir mão porque, não sei se você (Alê Oliveira) conhece uma UTI. É um lugar todo fechado, te colocam 200 tubos na cara e você fala: ‘meu, o que eu tô fazendo aqui?’ Foi a segunda vez que eu fui. Perguntei para Deus: ‘o que eu tô fazendo aqui sozinho?’ Aí eu falei: ‘caramba, tenho casa na praia, sítio, não sei o que, e eu não faço nada na vida. Eu vou morrer aqui. Não curti a vida’. O futebol tira você, te consome de segunda a segunda. Prometi para Deus: ‘se eu sair daqui, eu paro’ -, explicou.

Muricy Ramalho foi multicampeão pelo São Paulo e teve passagens marcantes pelo Internacional, Santos e Fluminense. No Flamengo, ele ficou quatro meses até encerrar a carreira devido à arritmia cardíaca. Neste período, foram 26 jogos, 13 vitórias, seis empates e sete derrotas. Embora tenha saída antes do término do primeiro semestre, Muricy acabou acumulando três eliminações no Rubro-Negro carioca (Primeira Liga, Carioca e Copa do Brasil).

Veja também

  • Como tem alguns babacas q, gostam de chamar outros torcedores de modinha e nutella apenas por terem opiniões contrárias. Estes se acham donos da razão, entendedores de futebol, de todas as ciências e q estão sempre certos. Cada um tem direito de ter a sua opinião, e quem não sabe respeitar tbm não merece respeito.

  • Grandes merda esse Muricy
    Agora temos um treinador do tamanho do flamengo

  • Mais um querendo pegar carona, normal…

  • Modinhas, Nutellas…Deus perdoa eles que não sabem o que falam.
    Muricy como o Luxemburgo foram um marco sim na mudança do Ninho do Urubu! SRN

  • Infelizmente esse tb nao tinha capacidade de mudar nada no clube é um Felipao um pouquinho melhorado , mas estava ultrapassado ja … JJ e o cara meus caros .

  • Não podemos esquecer que os maiores méritos são da diretoria do Bandeira. Saneou as finanças do clube e nos colocou num patamar elevado. Hoje grandes jogadores querem vir jogar no Flamengo.

  • Passagem melancólica não fez nada. O que fez foi passar vergonha em quatro meses de Flamengo três eliminações campeonato carioca, copa do Brasil, primeira liga. O Luxemburgo foi o pioneiro nesse ct do Flamengo mais quando foi inaugurado a diretoria ignorou a presença do Luxemburgo lá no ninho do urubu. Por pura vaidade do seu bandeira de Melo. O Reynaldo Rueda era um cara que ia dá certo no Flamengo mais preferiu s sair antes da hora. Graças ao Rueda o Flamengo enxeu o bolso com Paquetá, Viseu, Vinicius Jr. Léo Duarte, Cuellar porque antes do Rueda o Flamengo não revelava e nem vendia ninguém. Carpegiani, Zé Ricardo, Barbieri foram uma negação o Flamengo só andou pra trás. Com o Dorival Jr. O time ia fluir novamente aí trouxeram a maldição do Abel Braga o Flamengo deu outro passo para trás novamente, até chegar o Jorge Jesus pra colocar a casa em ordem novamente.

  • Sabe tudo de futebol e foi um grande atacante.
    Pegou o Mengão ainda necessitando de bons jogadores para alguns setores e não teve tempo de organizar a equipe.

  • A torcida é tão infeliz nos comentários que o outro disse que o Muricy deixava o Cuellar no banco. Primeiro que o Cuellar chegou por indicação do Muricy, segundo que ele era titular sempre com o técnico. Quando o Zé Ricardo assumiu essa foi a primeira mudança, Cuellar no banco e Márcio Araújo titular. Torcedor sem memória é difícil.

  • Claro que o Muricy ajudou, ele conversava com a diretoria e ajudava a dar uma métrica com o que via no São Paulo e Palmeiras. Foi tão importante pra criar uma mentalidade de clube moderno quanto foi o Luxemburgo. Mas essas ações não aparecem em campo, fica tudo no planejamento e aí a torcida não vê as coisas e acha que não aconteceu.

  • Filho feio não tem pai. Filho bonito tem briga para assumir a paternidade.
    Já foi o.Luxemburgo e agora é o Muricy.
    Daqui a pouco até o Cuca vai querer dizer que foi ele.

  • Muricy foi outro que deixou o Cuellar no banco e Márcio Araújo de titular, fomos eliminados da Copa do Brasil se não me engano pelo Fortaleza em Volta Redonda. Muricy tem o mesmo estilo de Felipão e Abel.

  • PSS falou tudo. Time jogava nada, nem carioca. Não foi com ele que fomos eliminados da copa do Brasil por time mediano?

  • Muricy conseguiu ser pior q o Abel. Um Treinador retranqueiro q, viu um treino do Barça e já achou q era o Guardiola. Tentou fazer oq não sabia, e conseguiu a façanha de fazer o Fla passar vexames contra times de séries D e C. Espero q, se caso o JJ for embora, q a diretoria vá a Europa e traga outro treinador de alto nível.

  • O Único técnico que colaborou pra essa Evolução do CT do Mengão foi o Luxemburgo esse sim lutou pelo Ninho

  • PSS disse tudo.

  • Putz, pura verdade, acho que a peça fundamental entre técnicos para o Flamengo tivesse hoje o Ninho do Urubu foi o Luxemburgo que insistiu em levar o time pra lá, o resto foram apenas técnicos que passaram pelo clube no momento de reestruturação e apenas passaram por lá.

  • É Muricy….. mas você não fez nada pelo Flamengo.
    Não é parte da reestruturação, não contribuiu com o CT.
    Pra mim, foi uma das piores decepções no Flamengo. Esperava muito mais, mas…… vida que segue. Que seja feliz, mas não faz parte da história do Flamengo.

Comentários não são permitidos.