Não é replay: Arrascaeta marca gol “idêntico” ao de Bruno Henrique contra Cruzeiro

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Arão passa pela direita na linha da área, cruza rasteiro na diagonal e, segundos depois, a Nação explode em alegria. É o segundo gol do Mais Querido sobre o Cruzeiro, aquele para desempatar. Aí entra a pergunta: de qual jogo se está falando? Da primeira ou da 20ª rodada do Brasileirão de 2019?


Um banco sem tarifas! Venha para o BS2, aqui cuidamos de seu dinheiro, e você ainda ajuda seu time do coração!


Neste sábado (21), o Flamengo venceu o Cruzeiro no Mineirão pela primeira rodada do segundo turno. No fim de Abril, Urubu e Raposa abriram o primeiro turno em cenário parecido. E até os gols foram semelhantes. Em Belo Horizonte, De Arrascaeta fez valer a lei do ex ao anotar o segundo gol do Mengão – que foi muito parecido com o segundo tento na vitória por 3 a 1 conquistada no Maracanã, há quase cinco meses.

Na ocasião, Bruno Henrique foi o responsável por desempatar o placar. Na marca do pênalti, o camisa 27 aproveitou cruzamento de Arão para bater firme. A bola desviou em Dedé e enganou Fábio. Neste fim de semana, Arrasca não precisou da ajuda da defesa.


Confira a semelhança entre os lances:

(IMAGENS: PREMIERE)

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Que o Flamengo não ganhou nada além de alguns jogos é fato. Que ele está jogando o melhor futebol no momento também é fato, partindo desse princípio ele tem que transformar tudo isso em conquistas, títulos e está no caminho pra isso.

  • O Flamengo o máximo que vai conseguir é pegar uma gripe lá no Sul isso sim!Já tô sentindo o cheirinho kkkkkk

  • Não achei nada parecido, um faz o corta luz o outro nao. um a bola desvia no jogador do cruzeiro e engana o goleiro o outro vai no canto e o goleiro cai de joelhos.. o são paulino dono do site ta querendo clicks é? rs vamos usar a imaginação pra criar noticia né SRN

  • Gostaria de fazer um apelo à colunado flamengo.com. Parem com essa bobagem de “lei do ex”. Algo totalmente sem sentido. Pura falta de imaginação…