Diego Alves lembra de lesão na clavícula e declara: “Nos encontramos em situação diferente do que em 2017”

FOTO: ISABELLE COSTA / COLUNA DO FLA

Diz a sabedoria popular do futebol que todo bom time deve começar por um bom goleiro. Neste quesito, o Flamengo está muito bem servido. A camisa um do Mais Querido é envergada por um dos mais regulares jogadores do futebol brasileiro: Diego Alves. Reconhecido como um dos maiores pegadores de pênaltis da história do futebol, o arqueiro chegou do Valencia em 2017 mostrando sua liderança já nos primeiros jogos.

A vontade de vencer, porém, foi interrompida por uma fatalidade. Na semifinal da Copa Sul-Americana daquele ano, Alves colidiu com jogador do Junior Barranquilla-COL e quebrou a clavícula, ficando de fora da decisão do campeonato. Nesta segunda-feira (21), o goleiro lembrou do ocorrido e comparou a época com o atual momento vivido pelo Rubro-Negro.

– Naquele ano tive a infelicidade de sofrer uma lesão na clavícula e não tive a oportunidade de jogar o segundo jogo [da semifinal]. Depois de jogar quase toda a competição, no melhor momento fiquei de fora… -, lembrou.


Como cuidar do seu dinheiro e ajudar o Flamengo ao mesmo tempo? Isso é fácil, com o Banco BS2!


O craque, porém, mostrou que a lesão é página virada. Ele comentou sobre o atual momento vivido pelo time e não escondeu a felicidade pelos resultados conquistados em 2019.

– Isso é passado, hoje é um momento diferente. Nos encontramos em situação diferente do que em 2017. Fico feliz de poder estar desfrutando deste momento, de tudo. No Brasileiro, na Libertadores… fico muito feliz de poder agora estar participando realmente deste tipo de jogo, que é o terreno que eu gosto. É por esses jogos que eu vim pra cá, pra jogar esses jogos importantes –, declarou.

Diego Alves já mostrou sua importância na trajetória desta Libertadores. Logo na estreia, o camisa um foi um dos mais importantes jogadores na vitória por 1 a 0 sobre o San José-BOL na altitude de Oruro. Na rodada seguinte, defendeu pênalti de Intriago, da LDU, quando o placar do Maracanã ainda mostrava apenas 1 a 0 para o Mais Querido. Nas oitavas de final, defendeu um pênalti na disputa contra o Emelec e foi fundamental para a classificação para a fase seguinte.

Veja também

  • *INGRESSO LIBERTADORES*?⚫???

    *FLAMENGO X GRÊMIO – SEMIFINAL*

    ? QUARTA 23 DE OUTUBRO
    ? 21:30
    ? Maracanã ❤?

    *Setor*

    ? NORTE

    *VALOR 700 REAIS*

    *Retirada SULACAP OU REALENGO*
    ZAP 22 99900-3598

Comentários não são permitidos.