Estaduais têm duração reduzida, mas futebol nacional não terá pausa na Copa América; veja mais sobre o calendário da CBF

FOTO: DIVULGAÇÃO

Recentemente, o Flamengo reclamou bastante do calendário do futebol brasileiro ao perder jogadores que foram convocados por seleções para amistosos na data Fifa. Ao que tudo indica, os questionamentos podem diminuir consideravelmente para o ano de 2020.


Venha fazer o seu FlaCard, o cartão rubro-negro, que você pode usar para jogos, ingressos de shows e muito mais, além de TORNAR O MENGÃO MAIS FORTE!


De acordo com o jornal O Globo, a CBF vai divulgar o calendário do próximo ano nesta quinta-feira (03). Nele, será possível notar algumas mudanças importantes para o futebol o nacional. Os estaduais passarão de 18 para 16 datas, diminuindo assim os campeonatos regionais. Além disso, quando houver convocações para amistosos ou eliminatórias, em data Fifa, as competições nacionais irão parar.

Entretanto, um ponto polêmico será visto no novo calendário: os campeonatos nacionais não irão pausar para a disputa da Copa América, diferentemente do que vinha acontecendo nos últimos anos. Com isso, caso algum clube brasileiro tenha um jogador convocado, o mesmo pode ser desfalque durante cerca de um mês e meio, caso sua seleção chegue à final do torneio continental.

A redução dos Estaduais foi um compromisso firmado pelo novo presidente da CBF Rogério Caboclo. O mandatário afirmou, em sua posse, que iria negociar a diminuição dos regionais. Entretanto, a federação do Rio de Janeiro, FERJ, estuda manter o Campeonato Carioca nos mesmos moldes de 2019, com 17 datas. Ocupando assim, por conta própria, alguma das pausas de data Fifa. O assunto ainda está em debate e será confirmado no arbitral previsto para o fim deste mês, segundo o jornal O Globo.

NOVIDADE NO CALENDÁRIO:

A CBF organizará a Supercopa do Brasil. A criação consiste no enfrentamento dos campeões do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, esta vencida pelo Athletico neste ano. O embate acontece no último fim de semana da pré-temporada, dia 19 de janeiro. Os Estaduais, portanto, terão início nos dias 25 e 26 do mesmo mês. O local do jogo da nova competição ainda vai ser definido pela Confederação e será divulgada posteriormente.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Gostei da ideia. Já era pra anteontem isso! Aí sim agora precisa tirar do papel e por em prática.

  • Tá muito ainda esses estaduais. 14 datas no máximo tá bom.

  • Se por ventura o Flamengo for campeão brasileiro e da libertadores, com isso clube irá para o mundial de clubes que será realizado entre 11 e 22 de dezembro de 2019. Após o Flamengo jogar a final de mundial de 22 de dezembro de 2019, o Flamengo terá que dar 30 dias de férias obrigatório aos seus jogadores. Agora te pergunto CBF, como o Flamengo irá jogar esse jogo da SUPERCOPA dia 19 de janeiro de 2020 se ainda os jogadores estarão de férias?

  • Copa America de novo? que saco
    Outra coisa esses campeonatos regionais falidos não deveriam acabar? Na Europa, Itália, Inglaterra, Espanha, Alemanha, França, Portugal, não existe essa modalidade. Somente campeonatos nacionais ( Brasileirão ) Copas Nacionais ( Copa do Brasil ) Champions League ( Libertadores ) e Eurocopa ( Copa Sulamericana ) Ganharia 18 datas, não haveria necessidade de jogos pelo brasileirão nas quartas-feiras. Enquanto no Brasil alguns times jogam mais de 80 partidas, na Europa jogam no máximo 60

  • Sinceramente, o estadual é só prejuízo pro Flamengo. A CBF deveria usar o estadual como uma forma de classificar times pequenos para a Série D, apenas. Qual a relevância de times como Flamengo, Botafogo, Vasco e Fluminense passarem 2-3 meses jogando contra Bangu, Americano e Madureira? Públicos de 4-5 mil pagantes é uma vergonha pra um time com as proporções do Flamengo.

    Por mim, o estadual seria uma espécie de “Série E”. Isso permitiria que os times grandes pudessem disputar mais jogos contra times do seu tamanho. “AH MAS AÍ PREJUDICA OS TIMES PEQUENOS”. De qualquer forma, quando times pequenos jogam contra times grandes, os estádios continuam vazios! Não adianta nada, apenas prejudica os times grandes. Além disso, a “Série E” dos estaduais poderia ser estendida pelo ano todo, dando mais datas para os times pequenos jogar. E eventualmente encontrarem times maiores na Copa do Brasil.

  • Na minha opinião o Fla deveria usar o estadual pra treino. Imaginem o JJ podendo treinar o time durante esse período fazendo todos os testes com recem contratados e atletas da base.
    O foda é a torcida ficar de boa qdo jogar clássicos.
    Aquela velha história, se ganha, diz q carioca não vale nada, não ganhar diz q o time não ganha nem carioca.
    Estamos em outro patamar e temos q focar em brasileiro, copa do brasil e liberta.

  • Sobre os estaduais ja tava mais que na hora de diminuir eles, sobre as paradas em data Fifa ja tava passando da hora, sobre a continuação das competições durante a copa america, bem cbf né… sobre a supercopa do brasil eu acharia legal que o jogo fosse disputado em Brasília, ja que é campo neutro